Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13928
Tipo do documento: Dissertação
Título: O exame das rotulações em textos de opinião
Autor: Benega, Laís Quinquio
Primeiro orientador: Neves, Maria Helena de Moura
Primeiro membro da banca: Hilgert, José Gaston
Segundo membro da banca: Leite, Marli Quadros
Resumo: Este trabalho tem como objetivo verificar o uso de estratégias referenciais, especialmente a rotulação, na estruturação de artigos de opinião. Por haver espaço, nesse tipo de texto, para expressão da opinião e de avaliações do autor, analisa-se a atuação da rotulação como estratégia referencial e de coesão argumentativa. Para tanto, o estudo baseia-se na teoria Funcionalista, que vê no uso da língua o objetivo de estabelecer uma comunicação efetiva entre os participantes, segundo a situação de uso, consideradas as determinações sociais ligadas ao contexto de produção. Procurou-se observar semelhanças e diferenças entre os textos da amostra, além das escolhas lexicais mais significativas no contexto. A análise partiu do levantamento dos sintagmas referenciais dos textos, com foco nos sintagmas de núcleo lexical e na possível carga avaliativa presente nesse núcleo. Verificou-se que, entre os sintagmas nominais encontrados, prevalecem rotulações em posição de início de parágrafo, que retomam situações narradas em porções anteriores do texto constituindo termo avaliativo de carga negativa. Percebeu-se, ainda, que os textos apresentavam rotulação com carga avaliativa desde o título, e esse uso pode ativar determinados campos semânticos convergentes com a proposta argumentativa a ser desenvolvida no texto. Há distinção no uso de termos avaliativos em textos de jornalistas e de profissional de outra área, visto que nestes se observa carga avaliativa nas escolhas dos termos predicações e das rotulações. Verificou-se que a rotulação realmente contribui para a condução da linha argumentativa do texto, não apenas por reforçar o posicionamento do autor, mas também por exigir do leitor que, a partir do rótulo de carga negativa, reconstrua o referente a que o rótulo se refere.
Abstract: This study aims to verify the usage of referential strategies, focusing on the labeling strategy and how it works organizing opinion articles. As there is space, in this type of text, for the author to express his or her opinion or review, there is opportunity to analyze the performance of labeling as a reference and argumentative cohesion strategy. For that, the study is based on the Functionalist theory, which sees in language usage the aim of developing effective communication between speakers, taking into account the production situation, as well as the social determinants related to the production context. We tried to observe similarities and differences between the sample texts, as well as the most significant lexical choices in the context. The analysis started from the search for referential noun phrases on texts, emphasizing the phrases with a lexical core and the possible evaluative meaning present in this core. It was found that there is a large use of labeling on the chosen texts, mainly in paragraph beginnings, working as a negative evaluation term to resume situations narrated in earlier portions of the text. It was also noticed that the texts showed labeling occurrences with evaluative meaning even in the title, and this use may activate certain semantic fields converging with the proposed argument to be developed in the text. There is a difference in the use of evaluative terms in journalists‟ texts and the ones written by a professional from another area, since in these ones we can observe the choice for evaluative predications terms and labeling. This usage contributes to the conduction of the argumentation, not only to reinforce the author's position, but also to require the reader to rebuild the referent to which the label refers to.
Palavras-chave: funcionalismo;  referenciação;  rotulação;  artigos de opinião;  functionalism;  referentiation;  labeling;  opinion articles
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: BENEGA, Laís Quinquio. O exame das rotulações em textos de opinião. 2015. 78 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2206
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13928
Data de defesa: 20-Mar-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2206/1/Lais%20Quinquio%20Benega.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.