Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13923
Tipo do documento: Dissertação
Título: O dia em que matamos James Cagney: da versão impressa a uma versão digital
Autor: Costa, Thiago Pereira da
Primeiro orientador: Lajolo, Marisa Philbert
Primeiro membro da banca: Guimarães, Alexandre Huady Torres
Segundo membro da banca: Albieri, Thaís de Mattos
Resumo: O trabalho O Dia em Que Matamos James Cagney: da versão impressa a uma versão digital tem por objetivo produzir um e-book multimidiático a partir do conto O dia em que matamos James Cagney , de Moacyr Scliar, originalmente publicado no livro de estreia do autor gaúcho, O carnaval dos animais (1968), e, posteriormente, incluído em diferentes antologias. A escolha desse conto justifica-se por ele tematizar - por meio de uma narrativa que focaliza uma sessão de cinema reações de espectadores face a um filme. Tendo como hipótese a possibilidade de estabelecermos paralelos entre diferentes linguagens, a transposição do conto scliariano para um e-book permitirá discutir limites e possibilidades da linguagem digital como suporte da literatura. As opções para o produto digital aqui proposto fundamentaram-se em uma análise do texto que levou em consideração: a) sua possível filiação ao gênero fantástico e b) a recepção de uma narrativa cinematográfica encenada pela estória.
Abstract: In this dissertation, O Dia em Que Matamos James Cagney: from a printed to a digital version, our aim is to create a multimedia e-book from the short story O Dia em Que Matamos James Cagney by Moacyr Scliar, originally published in the author s debut book, O carnaval dos animais (1968) and later included in different anthologies. The choice for this tale is justified because it has a narrative that focuses in the audience reactions in face of a film screening as a theme. Having as hypotheses the possibility to establish parallels between different languages, the transposition of the Scliar s tale to an e-book will permit us to discuss the limits and possibilities of the digital language as a medium to literature. The options to the digital product proposed here are based on the text analysis of the short story, and for that, we have considered: a) its possible connection to the fantastic gender; b) the reception of the cinematographic narrative held in the story.
Palavras-chave: e-book;  hipermídia;  literatura;  transposição;  linguagens;  e-book;  hypermedia;  literature;  transposition;  languages
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: COSTA, Thiago Pereira da. O dia em que matamos James Cagney: da versão impressa a uma versão digital. 2015. 146 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2201
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13923
Data de defesa: 5-Mai-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2201/1/Thiago%20Pereira%20da%20Costa.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.