Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13896
Tipo do documento: Dissertação
Título: Gelidez jornalística, sangue literário: uma análise de In cold blood
Autor: Santos, Rafael Fonseca
Primeiro orientador: Bridi, Marlise Vaz
Primeiro membro da banca: Guimarães, Alexandre Huady Torres
Segundo membro da banca: Rapucci, Cleide Antonia
Resumo: Este trabalho analisa a obra In Cold Blood, de Truman Capote, como primeiro grande romance do Novo Jornalismo ou jornalismo literário. Sumariamente, Capote publicou seus escritos em quatro partes na revista The New Yorker, em 1965. Dada a enorme repercussão, no ano seguinte foi compilado em um único volume e publicado em livro. Nesta dissertação, o leitor se deparará com uma análise acerca do que é o Novo Jornalismo, bem como sua relação com a literatura. São discutidas questões acerca do ficcional dentro de reportagens e da realidade dentro da literatura. Esquadrinha-se a narrativa, expondo suas características jornalísticas e literárias que corroboram para a grandeza da obra. Ainda no âmbito narrativo, o leitor poderá encontrar um estudo acerca da sociedade norte-americana e de que maneira Truman a apresenta e discute em sua obra. Verifica-se de que maneira Capote constrói suas personagens, como ele se utiliza de técnicas literárias para dar vida às pessoas reais dentro de sua obra e, particularmente, como ele descortina a personagem Perry Smith, um assassino frio apresentado como efeito de uma sociedade mentirosa.
Abstract: This dissertation analyzes the work In Cold Blood, by Truman Capote, as the first great novel of the New Journalism or literary journalism. Summarily, it was published in four parts in The New Yorker magazine, in 1965. Given the huge repercussion, in the following year, it was compiled into a single volume and published as a book. In this dissertation, the reader will be faced with an analysis of what is the New Journalism, as well as its relationship with literature. Some issues about fiction inside reports and reality inside literature are discussed. The narrative is analyzed, exposing its journalistic and literary characteristics which contribute to the greatness of the book. Still as part of the narratives, the reader can find a study about North-American society and how Truman shows and discusses it in his book; and how Capote builds his characters, the way he uses literary techniques to give life to people in his work, and, particularly, how he presents the character Perry Smith, a cold killer presented as the effect of a liar society.
Palavras-chave: Truman Capote;  novo jornalismo;  In cold blood;  jornalismo literário;  Truman Capote;  new journalism;  In cold blood;  literary journalism
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURAS ESTRANGEIRAS MODERNAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: SANTOS, Rafael Fonseca. Gelidez jornalística, sangue literário: uma análise de In cold blood. 2013. 79 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2174
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13896
Data de defesa: 22-Ago-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2174/1/Rafael%20Fonseca%20Santos.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.