Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13891
Tipo do documento: Dissertação
Título: Uma leitura do jornal Imprensa Evangélica a partir do romance Lucila
Autor: Nogueira, André Carreiro
Primeiro orientador: Ferreira, João Cesário Leonel
Primeiro membro da banca: Nogueira, Paulo Augusto de Souza
Segundo membro da banca: Guimarães, Alexandre Huady Torres
Resumo: O objetivo principal desta pesquisa é identificar a formação do leitor protestante brasileiro da segunda metade do século XIX, especificamente, da capital da República naquela época, o Rio de Janeiro. Para isso, pretendemos resgatar elementos que expliquem a utilização de uma narrativa ficcional pelo jornal Imprensa Evangélica, do século XIX. Basearemo-nos na história da leitura, particularmente, em Roger Chartier, para mostrarmos que essa a relação entre texto e leitor produz efeitos não só para a história da leitura, mas também para qualquer estudo que se preocupe com este assunto. Além disso, o trabalho buscará mostrar de que modo o jornal se utilizou deste recurso e como se configurou sua receptividade e aceitação pelos leitores protestantes residentes no Brasil. Dentro do contexto do leitor carioca, analisaremos a possibilidade do encontro deste com uma estratégia evangelística dos missionários protestantes enviados ao Brasil, a partir da utilização de uma obra literária por um jornal protestante. Isso faz do Imprensa Evangélica e de Lucila objetos fundamentais para nossa compreensão sobre a formação do leitor protestante brasileiro, representando o corpus desta pesquisa. O Imprensa Evangélica reuniu informações raras sobre a formação do protestantismo no Brasil. A partir da configuração periódica do jornal, com sua textualidade e diagramação, um dos objetivos do trabalho é verificar a possibilidade de estabelecer a imagem de um leitor protestante da segunda metade do século XIX. O Imprensa Evangélica foi um periódico religioso, em suas páginas havia anúncios, comunicados e notícias diversas, inclusive sobre fatos internacionais. Por ser administrado e dirigido por cristãos protestantes, o Imprensa Evangélica trouxe ao leitor brasileiro daquela época artigos e assuntos ligados à religião protestante, a sua doutrina e prática de fé. Além disso, o trabalho pretende unir argumentos científicos que mostrem a utilização da ficção dentro do jornal, se realmente foi uma maneira de convencer o leitor que estava acostumado a seguir o periódico por fidelidade à informação religiosa confiável.
Abstract: The main objective of this research is to identify the formation of the Protestant Brazilian player the second half of the nineteenth century, specifically, the capital of the Republic at the time, the Rio de Janeiro. For this, we intend to redeem elements that explain the use of a fictional narrative by Evangelical Press newspaper, nineteenth century. Basearemo us in the history of reading, particularly in Roger Chartier, to show that the relationship between text and reader produces effects not only for the history of reading, but also for anyone who cares to study this subject. In addition, the paper aims to show how the newspaper used this feature and how to set up your receptivity and acceptance by readers Protestants living in Brazil. Within the context of the Rio player, we will analyze the possibility of this encounter with an evangelistic strategy of Protestant missionaries sent to Brazil, from the use of a literary work by a Protestant newspaper. This makes the Evangelical Press and Lucila objects fundamental to our understanding of the formation of the Protestant Brazilian player, representing the corpus of this research. The Evangelical Press rare gathered information about the formation of Protestantism in Brazil. From the periodic setting of the newspaper, with its textuality and layout, one of the goals of this work is to verify the possibility to establish the image of a Protestant reader of the second half of the nineteenth century. The Evangelical Press was a religious periodical, had ads on their pages, news releases and several, including on international events. Why be administered and directed by Protestant Christians, the Evangelical Press brought Brazilian readers that era articles and topics related to the Protestant religion, its doctrine and practice of faith. Moreover, the work aims to unite scientific arguments that show the use of fiction in the newspaper, if it really was a way to convince the reader that was used to follow the journal by fidelity to religious information reliable.
Palavras-chave: narrativa ficcional;  imprensa;  leitor protestante;  fictional narrative;  press;  protestant reader
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: NOGUEIRA, André Carreiro. Uma leitura do jornal Imprensa Evangélica a partir do romance Lucila. 2013. 101 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2169
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13891
Data de defesa: 9-Abr-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2169/1/Andre%20Carreiro%20Nogueira.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.