Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13826
Tipo do documento: Dissertação
Título: A oralidade como estratégia de interação na escrita: o caso do jornal Agora São Paulo
Autor: Pandorf, Analu
Primeiro orientador: Hilgert, José Gaston
Primeiro membro da banca: Pinto, Elisa Guimarães
Segundo membro da banca: Silva, Luiz Antonio da
Resumo: Este trabalho tem como objetivo o estudo da oralidade na escrita. Para investigar o tema, o objeto de nosso estudo será constituído pelo jornal Agora São Paulo, da empresa jornalística Folha da Manhã S/A. Partimos da hipótese de que esse jornal, em função de seu público-leitor, constrói seus textos com características que lembram recursos próprios das comunicações orais. Em outras palavras, assume-se que formas específicas de diagramação e determinadas escolhas linguístico-discursivas na elaboração dos textos desse jornal lembram estratégias de construção das interações face a face. Embora o objeto de estudo seja o jornal Agora São Paulo, paralelamente a sua análise será também focalizado o jornal Folha de S. Paulo, da mesma empresa jornalística. O motivo desse enfoque é, na comparação dos dois jornais, dar maior evidência aos traços de oralidade no primeiro. Os objetivos da pesquisa são: identificar os recursos linguístico-discursivos usados para atribuição de oralidade ao jornal Agora São Paulo; apontar as possíveis razões que levariam esse jornal a marcar seus textos com traços de oralidade e, por consequência, o jornal Folha de S. Paulo a evitar esses traços ou a inseri-los com menos frequência em seus textos; e, por fim, definir, com base na presença de um grau maior ou menor de oralidade nos textos dos dois jornais, o perfil dos leitores desses jornais, particularmente o dos leitores do jornal Agora São Paulo. A fundamentação teórica para o desenvolvimento desse estudo busca-se na teoria da enunciação. A enunciação é o ato de produção de um enunciado (texto) realizado por um enunciador (autor), que, por meio desse produto (o texto), se comunica com um enunciatário (leitor). No enunciado, isto é, no texto, estão inscritas as estratégias usadas pelo enunciador para agir sobre o enunciatário. Na perspectiva da enunciação, a oralidade revela-se em textos enunciativos, isto é, naqueles em que vêm projetadas as marcas do eu, aqui e agora do ato da enunciação. A ausência dessas marcas ou o seu apagamento caracterizam os textos enuncivos que, em princípio, não evocam traços de oralidade. A realização do presente estudo poderá contribuir para melhor compreender as razões e as funções do recurso a estratégias de oralidade na construção de textos escritos e, assim, ajudar o professor em seu trabalho de orientar os alunos na análise e interpretação de textos.
Abstract: This work has as objective the study of orality in writing. To investigate this subject, the object of our study will be constituted by the newspaper Agora São Paulo, from the journalistic enterprise Folha da Manhã S/A. Our hypothesis is that this newspaper, in terms of its readership, builds their texts with features reminiscent of our resources of oral communications. In other words, we assume that specific forms of layout and determined linguistic-dicoursive choices in the elaboration of texts remind the construction of face to face interactions. Although the object of this study is the newspaper Agora São Paulo, along with its analysis, it is also focused on the newspaper Folha de S. Paulo, from the same journalistic enterprise. The reason of this approach, when comparing both newspapers, is to give more evidence to the traces of orality in the first. The research objectives are: to identify the linguistic and discoursive resources used for the atribution of the orality in the newspaper Agora São Paulo; to point out the possible reasons that would lead this newspaper to mark its texts with traces of orality and, consequently, the newspaper Folha de S. Paulo to prevent these traits or to insert them less frequently in their texts; and, finally, to define, based on the presence of a greater or lesser degree of orality in the texts of both newspapers, the profile of the readers of these newspapers, particularly the readers of the newspaper Agora São Paulo. The theoretical basis for the development of this study aims on the theory of enunciation. The enunciation is the act of producing an utterance (text) made by a speaker (author), who, through this product (the text), communicates with an enunciatee (reader). In the statement, that is, in the text, there are the strategies used by the speaker to act over the enunciatee. In the view of enuncaition, the orality revealed in enunciative texts, that is, those in which there are traces of me, here and now in the act of enunciation. The absence of these traits or erasures features the text that, in principle, does not evoke traces of orality. The completion of this study may contribute to better understand the reasons and functions of the use of oral strategies in the construction of written texts and thereby help the teacher in the effort to guide students in analyzing and interpreting texts.
Palavras-chave: oralidade;  enunciação;  enunciado;  interação;  texto;  texto jornalístico;  Agora São Paulo;  Folha de S. Paulo;  orality;  enunciation;  interaction;  text;  journalistic text;  Agora São Paulo;  Folha de S. Paulo
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::TEORIA E ANALISE LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2102
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13826
Data de defesa: 16-Abr-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2102/1/Analu%20Pandorf.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Dissertações - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.