Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13793
Tipo do documento: Tese
Título: Discurso e prática docente no ensino superior: discussão e encaminhamentos
Autor: Chaves, Luci Fumiko Matsu
Primeiro orientador: Vasconcelos, Maria Lúcia Marcondes Carvalho
Primeiro membro da banca: Iannone, Leila Rentroia
Segundo membro da banca: Bridi, Marlise Vaz
Terceiro membro da banca: Pinto, Elisa Guimarães
Quarto membro da banca: Brito, Regina Helena Pires de
Resumo: Esta pesquisa, de abordagem qualitativa, tem o propósito de estudar discurso e prática pedagógica por meio da análise dos discursos de professores do ensino superior - bacharéis em sua formação inicial e da observação de sua prática docente. Para isso, foram realizadas entrevistas semiestruturadas e observação participante Notas de Campo e Recorte das Impressões Docentes, daí sendo constituído o corpus deste trabalho. O apoio teórico teve como base principal as obras de Paulo Freire (1976, 2001 e 2005) e a teoria da Análise de Discurso Crítica (ADC) Análise de Discurso Textualmente Orientada (ADTO) de Fairclough (2008), compreendendo discurso como um dos elementos das práticas sociais aqui analisadas. Os textos foram analisados a partir de dois eixos norteadores: a percepção e a expectativa dos docentes, e pelas categorias de análise: Discurso Progressista; Discurso Tradicional; Discurso das Políticas Educacionais; Discurso da Qualidade; Discurso Mercadológico e Discurso da Transformação. As análises da pesquisa revelaram o distanciamento existente entre as percepções do discurso docente e sua prática pedagógica. O sujeito docente possui um Discurso Progressista e, contraditoriamente, realiza uma prática tradicional. Percebe-se, também, que o processo de adesivar um discurso que não é o seu, mas que o professor assume como tal, é influenciado pela cultura institucional e pela pluralidade discursiva a que ele (a) é exposto em sua realidade cotidiana de trabalho, com reflexos na constituição de sua identidade docente. Propõe-se, assim, que haja o confronto entre o dito e o feito, ressignificando o fazer pedagógico; que o Discurso Progressista anteriormente adesivado seja, de fato, internalizado, sem o qual não se alcançará a qualidade no ensino superior. A tese aqui defendida é a de que o posicionamento a favor da educação dialógica - prática pedagógica intencional e transformadora - só será possível se o sujeito docente internalizar o discurso progressista ao invés de, simplesmente, repeti-lo mecanicamente.
Abstract: This research, of a qualitative approach, aims to study the discourse and pedagogic practice by analyzing the discourses of professors holding a bachelor s degree as their initial qualification and observing their teaching practice. For this purpose, semi-structured interviews and a participant observation were conducted Field Notes and Excerpts of professors impressions, constituting, then, the corpus of this paper. The theoretical support was primarily based on the works by Paulo Freire (1987, 2001 and 2005) and the Critical Discourse Analyses (CDA) Textually Oriented Discourse Analysis (TODA) by Fairclough (2008), understanding discourse as one of the elements of the social practices analyzed herein. The texts were analyzed by two fundamental axes: perception and expectation the teacher; and categories of analysis: progressive discourse; traditional discourse; discourse on educational polices; discourse on quality; marketing discourse and transformational discourse. The analyses of the research have unveiled the distance existing between the perceptions of a professor s discourse and his/her pedagogic practice. Professors have a progressive discourse and, contradictorily, perform a traditional practice. It is also noted that the process adesivar of a discourse that is not his/hers, but that is assumed by the professor as such, is influenced by the institutional culture and the plurality of the discourse to which he/she is exposed in his/her daily working routing, which reflects in the constitution of his/her identity as a professor. Therefore this research proposes that there must be a comparison between what is said and what is done, resignifying the pedagogic practice and that the progressive discourse previously taken in possession actually be internalized, without which the quality in higher education will not be achieved. The thesis defended herein is that the positioning in favor of a dialogical education purposeful and transformational practice will be possible only if the professor internalizes the progressive discourse rather than repeating it mechanically.
Palavras-chave: discurso;  prática pedagógica;  ensino superior;  cultura;  educação dialógica;  discourse;  pedagogic practice;  higher education;  culture;  dialogical education
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: CHAVES, Luci Fumiko Matsu. Discurso e prática docente no ensino superior: discussão e encaminhamentos. 2014. 204 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2353
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13793
Data de defesa: 28-Nov-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2353/1/Luci%20Fumiko%20Matsu%20Chaves.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Teses - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.