Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13786
Tipo do documento: Tese
Título: Linguagem e ensino: identidade e diversidade discursiva em livros didáticos brasileiros e franceses
Autor: Tocaia, Luciano Magnoni
Primeiro orientador: Barros, Diana Luz Pessoa de
Primeiro membro da banca: Hilgert, José Gaston
Segundo membro da banca: Bastos, Neusa Maria Oliveira Barbosa
Terceiro membro da banca: Campos, Norma Discini de
Quarto membro da banca: Archaimbault, Sylvie
Resumo: Esta tese pretende estudar o livro didático para o ensino de língua materna como um discurso, no Brasil e na França, e analisar os diferentes tipos de estratégias discursivas utilizadas pelo enunciador para persuadir o enunciatário, para fazê-lo crer em seu discurso. Entre essas estratégias, visamos a depreender nos discursos analisados temas e figuras que reproduzem nos textos o imaginário social, além de ajudarem a construir a imagem do ator da enunciação, imagem concreta a que se destina o discurso e que orienta o modo de presença do sujeito no mundo. O quadro teórico-metodológico desse estudo é o da semiótica discursiva de linha francesa, tal como proposta por Greimas (1983, 1994), Greimas &Courtés (2011), Barros (2002a, 2008), Fiorin (2008a, 2008b, 2009), e também a noção de gênero discursivo discutida por Bakhtin (2006). Juntam-se a esse quadro teórico principal, noções advindas da Análise do discurso de linha francesa (Maingueneau, 1995, 1997a, 1997b, 2001, 2008), da História das ideias linguísticas (Barros, 2007, 2010, 2011; Leite, 2005) e da Didática de língua materna (Simard, Dufays, Dolz, Garcia-Leblanc, 2010). A escolha dos livros didáticos analisados se deu mediante o critério de vendas de acordo com dados fornecidos, no Brasil, pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, e na França, por editoras. Analisou-se, neste trabalho, em um primeiro momento, para as questões de sintaxe discursiva, uma unidade de cada livro didático, verificando em que medida essa unidade contém as demais; em um segundo momento, para questões de semântica discursiva, voltou-se um olhar às obras em sua totalidade. No cotejo dos livros didáticos analisados, os resultados apontam tanto para duas formas distintas de conceber o discurso do livro didático, no Brasil e na França, quanto para a construção de paradigmas distintos de cultura.
Abstract: This thesis aims at studying, as a discourse, the Brazilian and French primary language-teaching textbook. It will observe different kinds of strategies used by the utterer to persuade the reader and make the latter believe in the former s discourse. Among these strategies, we intend to understand, in the analyzed discourse, themes and figures that reproduce the social imaginary and help in the creation of an image of the actor of enunciation. The concrete image to which the discourse aims traces the way the subject is conceived in the world. The theoretical and methodological bases for this study are grounded in the French discourse semiotics as presented by Greimas (1983, 1994), Greimas & Courtés (2011), Barros (2002a, 2008), Fiorin (2008a, 2008b, 2009) and also the concept of discursive genre as presented by Bakhtin (2006). In addition, it will be taken concepts from French Discourse Analysis (Maingueneau, 1995, 1997a, 1997b, 2001, 2008), History of Linguistic Ideas (Barros, 2007, 2010, 2011; Leite, 2005) and Mother Tongue Didactic (Simard, Dufays, Dolz, Garcia-Leblanc, 2010). The analyzed textbooks were chosen according to a selling criteria provided in Brazil by Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (National Education Development Fund), and by the publishers in France. In the development of this thesis, firstly, we analyzed questions of discursive syntax using a specific chapter in each book, and verifying later if that chapter contains all the others. Secondly, we turned our attention to the whole book observing questions of discursive semantics. In the range of the analyzed books, the results point to two distinct possibilities to conceive textbooks discourse in Brazil and France, as well as the construction of two different paradigms of culture.
Palavras-chave: semiótica discursiva;  ator da enunciação;  manipulação;  tematização e figurativização;  livro didático para o ensino de língua materna;  discursive semiotics;  actor of enunciation;  manipulation;  theme and images;  primary language textbooks
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: TOCAIA, Luciano Magnoni. Linguagem e ensino: identidade e diversidade discursiva em livros didáticos brasileiros e franceses. 2014. 311 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2346
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13786
Data de defesa: 12-Mar-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2346/1/Luciano%20Magnoni%20Tocaia.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Teses - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.