Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13771
Tipo do documento: Tese
Título: Comunicação, língua e discurso: uma análise terminológica discursiva de um dicionário de especialidade
Autor: Araújo, Marcelo Marques
Primeiro orientador: Neves, Maria Helena de Moura
Primeiro membro da banca: Bastos, Neusa Maria Oliveira Barbosa
Segundo membro da banca: Alves, Ieda Maria
Terceiro membro da banca: Petter, Margarida Maria Taddoni
Quarto membro da banca: Barros, Diana Luz Pessoa de
Resumo: Esta pesquisa propõe uma análise terminológica de algumas definições contidas no Dicionário de Comunicação (Barbosa & Rabaça, 2008), a fim de contrapor termos do dicionário com o seu uso, em textos da especialidade. Além disso, as análises comparam os termos da língua especializada, ocorrentes no Jornal Meio & Mensagem, com o tratamento dado a eles pelo Dicionário de Comunicação, pelo Dicionário de Administração e Finanças (Sandroni, 2008), pelo Dicionário de usos da língua inglesa English Language Dictionary (de Collins Cobuild, 2006), pelo Dicionário de usos do português (de Francisco Borba e colaboradores, 2002) e pelo Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (2009). Essa comparação foi fundamental para se analisarem os discursos dos dicionários de especialidade, dos dicionários de usos, do dicionário geral da língua e do Jornal Meio & Mensagem, no sentido de, pela contraposição entre as relações de sentidos formalmente estabelecidas e o uso efetivo, mostrar que os dicionários de especialidade se beneficiariam de uma metodologia que definisse as entradas, com base no uso. Para a fundamentação teórica foi elaborada uma proposta de aplicação de uma análise terminológica discursiva, baseada nos procedimentos teórico-metodológicos da Terminologia e da Análise do Discurso. Na Terminologia, com base em Felber (1984), Cabré (1993), Barros (2004), Finatto (2001), Kleiber (1990), Bugueño Miranda e Farias (2011), Sager (1993), Alves (1999, 1994, 1990), Felber (1984), Neves (2010, 2006, 2002), foram descritos os procedimentos de análise dos termos de um dicionário terminológico de especialidade, e também discutiu-se a problemática da definição lexicográfica e terminográfica. Além disso, foi exposto um recorte da teoria semântica aplicada à análise terminológica e também realizou-se uma discussão sobre homonímia e polissemia. O embasamento teórico na Análise do Discurso está respaldado em Pêcheux (1995, 1990, 1988), Maingueneau (2006, 2002, 1998, 1997), Foucault (1995) e Authier-Revuz (1998, 1992, 1982), ao desenvolverm os conceitos de formação discursiva, interdiscurso, universo, campo e espaço discursivo, sentidos, silenciamento, heterogeneidades e não coincidências do dizer. A pesquisa trabalhou com a hipótese de que os dicionários de especialidade devem construir as definições das entradas com base no uso dos termos em ambientes naturais de ocorrência. Os resultados alcançados comprovaram que há deslizamentos, apagamentos, silenciamentos e deslocamentos de sentidos entre o discurso do dicionário especializado, o discurso dos dicionários gerais e o discurso da Comunicação observado nos usos.
Abstract: This research proposes a terminological analysis of some definitions in the Dictionary of Communication (Barbosa & Rabaça 2008) in order to oppose the dictionary terms with its use in specialty texts. In addition, the analysis compares the terms of the specialized language, occurred in the Meio & Mensagem Newspaper, with the treatment given to them by the Dictionary of Communication, the Dictionary of Administration and Finance (Sandroni, 2008), by the Dictionary of the English language uses " English Language Dictionary "(Collins Cobuild, 2006), Dictionary of the uses of Portuguese (Francisco Borba et al, 2002) and the Houaiss Dictionary of the Portuguese Language (2009). This comparison was instrumental in analyzing the speeches of specialty dictionaries, dictionaries of uses, the general dictionary of the language and the Meio & Mensagem Newspaper, in the sense that, for the contrast between the meaning relations formally established and the effective use, showing that specialty dictionaries benefited from a methodology that defined the inputs, based on usage. For the theoretical framework was drawn up a proposal for application of a discursive analysis terminology, based on theoretical and methodological procedures of Terminology and Discourse Analysis. In the Terminology, on the basis of Felber (1984), Cabré (1993), Barros (2004), Finatto (2001), Kleiber (1990), and Bugueño Miranda and Farias (2011), Sager (1993), Alves (1999, 1994, 1990), Felber (1984), were described the analysis procedures of the terms of a terminological dictionary of expertise, and also was discussed the problematic lexicographical and terminographic definition. In addition, it was exposed a clipping of the semantic theory applied to the analysis of terminology and also held a discussion of homonymy and polysemy. The theoretical background in Discourse Analysis is backed up by Pecheux (1995, 1990, 1988), Maingueneau (2006, 2002, 1998, 1997), Foucault (1995) and Authier-Revuz (1998, 1992, 1982), when dealing with concepts of discursive formation, interdiscourse, universe, space and discursive field, meanings, silence, and heterogeneity and non-coincidences of the saying. The study worked with the hypothesis that the specialty dictionaries must build definitions of the entries based on the use of the terms occurring in natural environments. The results demonstrated that there are slidings, deletions, silences and shifts of meaning between the discourse of specialized dictionary, the discourse of general dictionaries and the discourse of communication observed in the uses.
Palavras-chave: comunicação;  terminologia;  análise do discurso;  funcionalismo;  communication;  terminology;  discourse analysis
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Letras
Programa: Letras
Citação: ARAÚJO, Marcelo Marques. Comunicação, língua e discurso: uma análise terminológica discursiva de um dicionário de especialidade. 2011. 238 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2331
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13771
Data de defesa: 18-Ago-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2331/1/Marcelo%20Marques%20Araujo.pdf
Aparece nas coleções:Letras - Teses - CCL Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.