Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13699
Tipo do documento: Dissertação
Título: O retorno dos devices reprimidos: uma análise comparativa entre a pré-história do cinema e o início da tecnologia móvel
Autor: Silva, Carlos Eduardo Santos da
Primeiro orientador: Almeida, Jane Mary Pereira de
Primeiro membro da banca: Salinas, Fernando de Jesus Giraldo
Segundo membro da banca: Hoff, Tânia Márcia Cezar
Resumo: Com o objetivo de entender melhor o telefone celular enquanto device de conteúdo cinematográfico, ou simplesmente cine mobile, na tentativa de vislumbrar possibilidades de futuro para este novo meio, esta dissertação compara-o com as origens do cinema, com os primeiros passos efetivos na ilusão do movimento, mais especificamente com o Mutoscópio. Essa comparação não se limita aos dois aparatos tecnológicos representantes desses dois períodos históricos tão distintos. Os produtos, sequência de fotogramas, no caso do mutoscópio, e filmes, no caso dos celulares, e seus contornos, os cenários socioculturais das duas épocas também serão confrontados numa tentativa de se encontrar paralelos e divergências entre esses dois devices de imagem em movimento. Para ajudar na compreensão da dimensão desses possíveis paralelos e divergências, bem como para iluminar o caminho de possibilidades envolvendo o cinema e o celular. Foram entrevistados dois especialistas, cada um em uma área distinta do conhecimento (uma cineasta e um empresário do setor de telefonia). No final, mais importante do que a perguntas respondidas são as novas perguntas que apareceram e que retroalimentarão a discussão.
Abstract: With the objective of better understanding the cell phone as a device for cinematographic contents, or simply cine mobile, and in an attempt to get a glimpse of future possibilities for this new medium, this essay compares it with the origins of cinema, the very first actual steps of the illusion of movement, and more specifically with the Mutoscope. And this comparison is not limited to these two technological devices that are representative of two distinct historical periods. The products, a sequence of photograms in the mutoscope s case, and movies in the cell phone s case, and their contours, as well as the socio-cultural background of both ages, shall also be compared, in an attempt to find parallels and divergences between these two devices for moving pictures. In order to help understanding the scope of such possible parallels and divergences, as well as to shed light on the path of possibilities forcinema and mobile telephony, two experts were interviewed, each from a distinct area of expertise (one is a filmmaker, the other is a businessman in the telephony industry). Ultimately, the new questions that are asked are more important than the questions that are answered, for it is the former ones that will further fuel the debate.
Palavras-chave: cinema;  portabilidade;  mutoscópio;  telefone celular;  cinema;  portability;  mutoscope;  cell phone
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::FUNDAMENTOS E CRITICA DAS ARTES::HISTORIA DA ARTE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Educação, Arte e História
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2051
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13699
Data de defesa: 2-Mar-2010
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2051/1/Carlos%20Eduardo%20Santos%20da%20Silva.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.