Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13660
Tipo do documento: Dissertação
Título: O jogo infantil e a brincadeira numa abordagem sociocultural
Autor: Funicelli, Ana Cláudia dos Santos
Primeiro orientador: Stori, Norberto
Primeiro membro da banca: Sanchez, Petra Sanchez
Segundo membro da banca: Cherobim, Mauro
Resumo: A presente dissertação é o produto de uma pesquisa sobre a aplicação de jogos e brincadeiras na educação infantil. Elementos encontrados em todas as sociedades, são integrantes do conjunto de valores que transpassam gerações, carregam divertimento e prazer, exemplos de conduta e padrões de comportamento. O objetivo deste estudo é verificar como a aplicação do jogo e da brincadeira interfere no processo de ensino-aprendizagem, auxiliando a assimilação de conteúdos e a formação do conhecimento de crianças em idade pré-escolar. A contextualização do jogo como fenômeno social, defendida por teóricos da Pedagogia, não permite a mera visão simplista do jogo caracterizado pelo lazer e entretenimento. É necessária abordagem madura, em que panoramas socioculturais destaquem a relevância da ludicidade na assimilação de conteúdos. Cabe ao professor a adequada aplicação destes instrumentos na sala de aula. Sua atuação é delineadora do processo de formação do conhecimento. Impulsionada por jogos compatíveis com sua idade, a criança desenvolve a criatividade e interage com o mundo ao seu redor, compreendendo situações diversas e transformando-se em agente de seu próprio desenvolvimento.
Abstract: This present dissertation is the product of a research about the application of games and jokes in the childlike education. Elements found in all the societies, healthy integral of the worthy assembly that cross generations, carry enjoyment and please, examples of conduct and standards of behavior. The objective of this study is going to verify like the application of the game and of the joke interferes in the trial of education-learning, helping the assimilation of contents and the formation of the knowledge of infants in preschool age. The contextualization of the game as social phenomenon, defended by theoreticians of the Education, does not permit to mere simplistic vision of the game characterized by the leisure and entertainment. It is necessary mature approach, in that sociocultural panoramas detach the relevance of playful in the assimilation of the contents. Falls to teachers to adequate application of these instruments in the classroom. His action is eyeliner of the trial of formation of the knowledge. Is stimulated by compatible games with his age, the infant develops the creativity and interacts with the world to the its around, understanding diverse situations and transforming itself in agent of its own development.
Palavras-chave: jogo e brincadeira;  ensino-aprendizagem;  lúdico na sociedade;  play and joke;  education-leaning;  playful in the society
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Educação, Arte e História
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: FUNICELLI, Ana Cláudia dos Santos. O jogo infantil e a brincadeira numa abordagem sociocultural. 2008. 121 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1991
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13660
Data de defesa: 11-Nov-2008
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1991/1/Ana%20Claudia%20dos%20Santos%20Funicelli.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.