Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13648
Tipo do documento: Dissertação
Título: Portinari e um projeto político-cultural modernista
Autor: Colar, Denise
Primeiro orientador: Feijó, Martin Cezar
Primeiro membro da banca: Araujo, Paulo Roberto Monteiro de
Segundo membro da banca: Bastos, Mônica Rugai
Resumo: O presente trabalho propõe-se a apresentar um estudo sobre Cândido Portinari, sua construção inconsciente de um projeto político-cultural modernista no Brasil, sua trajetória artística e militância política no período de 1930 a 1945. Sabe-se que os ideais do movimento modernista brasileiro influenciaram a política cultural nacional. Portinari, nesse contexto, representa plasticamente os ideais políticos-culturais do período: busca por uma identidade nacional, valorização da pesquisa estética e atualização da inteligência de vanguarda. Neste sentido, esta dissertação preocupa-se em apresentar, sucintamente, a vida, a obra e a militância de Cândido Portinari; seu comportamento ambíguo frente ao governo Vargas; a peculiaridade estética aplicada em suas obras, por vezes, vinculada às questões políticas. O corpus deste estudo é o mural Tiradentes (1948-49). Analisado crítica e formalmente, a obra é considerada por esta autora uma síntese simbólica de um projeto político-cultural modernista idealizado por Cândido Portinari. Para o desenvolvimento da pesquisa, à luz de autores especialistas das artes e do período modernista, norteiam esta pesquisa quatro questionamentos: É possível identificar traços fundamentais da construção de um projeto político-cultural de Portinari? Se essa construção existe, como se delimita e qual sua importância? Qual a relação que se estabeleceu entre o governo Vargas e artistas intelectuais do período modernista? Quanto e como a estética de Portinari interferiu em seu inconsciente projeto político-cultural? As análises realizadas permitiram uma visão mais acurada do que viria a ser um projeto político-cultural realizado inconscientemente por Portinari. Foi possível concluir que o artista, por meio de suas produções artísticas e sua militância política, desempenhou um importante papel na construção de uma política cultural voltada para a realidade nacional. Portinari conseguiu unir os ideais modernistas aos seus anseios pessoais e criou uma estética inovadora, permitindo a construção de uma história não oficial dos temas nacionais.
Abstract: El presente trabajo propone presentar un estudio sobre Cândido Portinari, su construcción inconsciente de un proyecto político cultural modernista en l Brasil, su trayectoria artística y militancia política en el período de 1930 hasta 1945. Se sabe que los ideales del movimiento modernista brasileño influenciaron la política cultural nacional. Portinari, en este contexto representa plásticamente los ideales político-culturales del período: la búsqueda de una identidad nacional, la valorización de la investigación estética y la actualización de la inteligencia de vanguardia. En este sentido, esta disertación se preocupa en presentar, resumidamente la vida, la obra y la militancia de Cândido Portinari; su comportamiento ambiguo frente al gobierno Vargas; la peculiaridad estética aplicada en sus obras, a veces, vinculada a las cuestiones políticas. El corpus del estudio es el mural Tiradentes (1948-49). Analizado crítica y formalmente, la obra es considerada en esta disertación, una síntesis simbólica de un proyecto político-cultural modernista idealizado por Cândido Portinari. Para el desenvolvimiento de la investigación la luz de los autores especialistas de las artes y del período modernista, nortea esta pesquisa cuatro cuestiones: ¿Es posible identificar trazos fundamentales de la construcción de un proyecto político-cultural de Portinari? ¿Si esa construcción existe, como se limita y cuál es su importancia? ¿Cuál la relación que se estableció entre el gobierno Vargas y los artistas intelectuales del período modernista? ¿Cuánto y como la estética de Portinari interfirió en su inconsciente proyecto político-cultural? Los análisis realizados permitieron una visión más profunda de lo que sería un proyecto político-cultural realizado inconscientemente por Portinari. Fue posible concluir que el artista, por medio de sus producciones artísticas y su militancia política, desempeñó un importante papel en la construcción de una política cultural dirigida a la realidad nacional. Portinari consiguió unir los ideales modernistas a sus deseos personales y creó una estética innovadora, permitiendo la construcción de una historia no oficial de los temas nacionales.
Palavras-chave: Portinari;  política cultural;  modernismo;  estética;  nacionalismo;  Portinari;  política cultural;  modernismo;  estética;  nacionalismo
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Educação, Arte e História
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: COLAR, Denise. Portinari e um projeto político-cultural modernista. 2008. 159 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1971
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13648
Data de defesa: 12-Fev-2008
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1971/1/Denise%20Colar.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.