Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13642
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorCarvalho, Francione Oliveirapt_BR
dc.date.accessioned2016-03-15T19:43:17Z-
dc.date.accessioned2016-07-19T23:06:23Z-
dc.date.available2008-09-17pt_BR
dc.date.available2016-07-19T23:06:23Z-
dc.date.issued2008-01-22pt_BR
dc.identifier.citationCARVALHO, Francione Oliveira. As imagens da cultura negra utilizadas em sala de aula como reflexo da identidade do professor: um estudo sobre a prática e a formação dos professores de História, Arte e Língua Portuguesa. 2008. 263 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.por
dc.identifier.urihttp://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1960-
dc.identifier.urihttp://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13642-
dc.description.abstractCharles Taylor`s multiculturalist discussion about identity is the starting point for this research, which investigates how the human actions and the teacher`s moral positions turns out to interfere into the way the negroes issue are taught in schools. It`s focused upon the analysis of images and afro-brazilian themes brought to classes by professors who teach history, arts and portuguese in the city of São Paulo and its metropolitan region. The research tries to explain how the multicultural issues interfere in the law, through positive political actions. It also doubts the meaning of culture and the way it affects schools and teacher`s background. In addition, this work presents the different manners negroes are viewed in didatic books and how their identity was built in Brazil through the arts, the press and the political debate. The investigation concludes that teacher`s ability to think themselves as individuals is largely determined by their interactions and social experiences. The perception those teachers have about themselves depends on cognitive structures, similar interestings and other qualifications, which happen in a scenario raised by different social groups interactions. It`s exactly that perception the resposable for so different choices inside the culture, made by so different teachers. To sum up, it turns out to prove that the way information is selected is directly connected to the values which guide their lives.eng
dc.description.sponsorshipFundo Mackenzie de Pesquisapt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Presbiteriana Mackenziepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectidentidade do professorpor
dc.subjectcultura afro-brasileirapor
dc.subjectimagenspor
dc.subjectescolapor
dc.subjectteacher`s identityeng
dc.subjectafro-brazilian cultureeng
dc.subjectimageseng
dc.subjectschooleng
dc.titleAs imagens da cultura negra utilizadas em sala de aula como reflexo da identidade do professor: um estudo sobre a prática e a formação dos professores de História, Arte e Língua Portuguesapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.publisher.departmentEducação, Arte e Históriapor
dc.publisher.programEducação, Arte e História da Culturapor
dc.publisher.initialsUPMpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANASpor
dc.description.resumoA partir da discussão multiculturalista do filósofo Charles Taylor sobre a questão da identidade, essa pesquisa investiga como as ações humanas e os posicionamentos morais dos professores interferem na abordagem que fazem do negro no cotidiano escolar. Concentra-se na análise das imagens e dos temas afro-brasileiros utilizados pelos professores de História, Arte e Língua Portuguesa da cidade de São Paulo e região metropolitana. Procura esclarecer como as questões multiculturais interferiram no Direito, através das políticas de ações afirmativas e problematiza o conceito de cultura e o espaço que ela tem na escola e na formação dos professores. Aborda as representações dos negros nos livros didáticos e de como a sua identidade foi construída no Brasil através da arte, da imprensa e do debate político. A investigação constata que a capacidade dos professores de se pensar como indivíduo é amplamente determinada por suas interações e experiências sociais. A percepção que eles possuem deles mesmos depende de estruturas cognitivas, afinidades comuns e outras qualificações inscritas num cenário que surge das interações com os diversos grupos sociais. É justamente essa percepção que faz com que diferentes professores façam diferentes tipos de seleção no interior da cultura e comprova que o modo pelo qual a informação é selecionada está ligada às crenças e valores que orientam suas vidas.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6262224578426097por
dc.contributor.advisor1Araujo, Paulo Roberto Monteiro dept_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9520043604080391por
dc.contributor.referee1Contier, Arnaldo Darayapt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4480300676683430por
dc.contributor.referee2Sant´anna, Maria Clotilde Perez Rodrigues Baironpt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/3579570829993136por
dc.thumbnail.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/retrieve/4254/Francione%20Oliveira%20Carvalho.pdf.jpg*
dc.bitstream.urlhttp://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1960/1/Francione%20Oliveira%20Carvalho.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.