Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13615
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ver aquele que vê: um olhar poético sobre os visitantes em museus e exposições de arte
Autor: Demarchi, Rita de Cassia
Primeiro orientador: Martins, Mirian Celeste Ferreira Dias
Primeiro membro da banca: Rizolli, Marcos
Segundo membro da banca: Duarte, Marcos Nepomuceno
Terceiro membro da banca: Rizzi, Maria Christina de Souza Lima
Quarto membro da banca: Christov, Luiza Helena da Silva
Resumo: Reflexões teóricas e imagens/ fotografias abordam nesta pesquisa o complexo território que envolve os visitantes e os museus de exposições de arte, no Brasil e no exterior. Com base nas metodologias de pesquisa em arte (Róldan & Marin-Viadel, 2012), imagens individuais ou compostas como foto-ensaios são consideradas uma forma de conhecimento e impulsionam o estudo e a reflexão. Além do diálogo entre as imagens, a experiência vivida e o pensamento de estudiosos de diferentes áreas, inclui-se a leveza da poesia e das metáforas, além de reflexões derivadas da arte contemporânea e da história da arte. São discutidas algumas questões acerca da paisagem contemporânea que podem dificultar o encontro do sujeito com a arte, tais como o excesso, o espetáculo, o consumo, a velocidade, o turismo, que constituem o que foi nomeado de penumbra e alimentam as atitudes dos visitantes sujeitos fugidios. Tanto para o visitante, quanto para a pesquisadora, a fim de desvelar em meio à penumbra e as ambivalências, ao labirinto e ao crepúsculo, há que se ter a abertura para a experiência estética, terreno do peregrino. Abertura que inspira a pesquisa como uma trajetória de peregrinação em busca de compreensão da complexidade dos fenômenos e o trabalho poético de captura das imagens - flagrantes nas exposições. A pesquisa de cunho fenomenológico adota como referencial teórico autores que abordam reflexões sobre a contemporaneidade tais como: Calabrese (1988), Bauman (2001); e autores que valorizam a sensibilidade e a experiência, entre eles: Bachelard (1988), Dewey(2010), Merleau-Ponty(1975), Ferreira Santos (2005), Maffesoli (1998).
Abstract: Theoretical reflections and images/photographies approach in this research the complex domain which involves the visitors and art exhibition museums in Brazil and abroad. Based on research methodologies in Arts (Róldan & Marin-Viadel, 2012), single images or compound as photoshoots are considered a mode of knowledge and foster studies and reflections. Apart from the dialogue among images, the experience lived and the thought of scholars from different areas, the lightness of poetry and metaphors is also included in this work as well as reflections from contemporary art and Art history. Some issues concerning the contemporary scenario which can impede the meeting between the individual and art are discussed, such as excess, spect cle, consumerism, speed, tourism. These issues constitute what was named as penumbra and nourish the attitudes of the fugitive subject visitors. There must be both for the visitor and the researcher an openness for the aesthetical experience, land of the pilgrim, in order to unveil penumbra, ambivalence, maze and twilight. This openness inspires the research as a path of pilgrimage in order to search for the understanding of the complexity of phenomena and the poetic work of capturing the images shots at the exhibitions. This research of phenomenological nature adopts the theoretical framework of authors who reflect upon contemporaneity, such as Calabrese (1988), Bauman (2001); as well as authors who value sensibility and experience, such as Bachelard (1988), Dewey(2010), Merleau-Ponty(1975), Ferreira Santos (2005), Maffesoli (1998).
Palavras-chave: arte;  museus;  exposições de arte;  fotografia;  poética;  experiência estética;  art;  museums and art exhibitions;  photography;  poetics;  aesthetical experience
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Educação, Arte e História
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: DEMARCHI, Rita de Cassia. Ver aquele que vê: um olhar poético sobre os visitantes em museus e exposições de arte. 2015. 157 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1925
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13615
Data de defesa: 24-Fev-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1925/1/Rita%20de%20Cassia%20Demarchi.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.