Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13593
Tipo do documento: Dissertação
Título: O uso da bicicleta como forma sustentável de mobilidade urbana e promoção da qualidade de vida: um olhar sobre a cidade de Atibaia (SP)
Autor: Silva, Eduardo Boero de Souza e
Primeiro orientador: Sanchez, Petra Sanchez
Primeiro membro da banca: Sato, Maria Ines Zanoli
Segundo membro da banca: Nieto, Regis
Resumo: A adoção da bicicleta como importante meio de transporte cotidiano, gera inúmeros ganhos sociais, ambientais e econômicos. Destacam-se: a melhoria da qualidade do ar, a redução dos congestionamentos e a prática regular de atividade física que beneficia a qualidade de vida e a saúde humana. Com esse entendimento a presente pesquisa objetivou fazer um diagnóstico sobre a utilização de bicicletas na cidade de Atibaia (SP) e refletir a respeito do papel da educação ambiental e da educação para o trânsito de essência metodológica interdisciplinar na conscientização dos cidadãos, enfatizando um trânsito seguro e ambientalmente sustentável. A metodologia utilizada foi a qualitativa do tipo exploratória, com um estudo de caso na referida cidade. Contou com a participação de professoras de uma escola de educação infantil e ensino fundamental, de ciclistas e motoristas. Os dados foram obtidos por meio da observação sistemática e de entrevistas com a aplicação de questionários específicos. Para a análise, utilizou-se a técnica de tratamento e tabulação por categorias, segundo Bardin. Pelos resultados, verificou-se que as professoras entendem que a educação ambiental é fundamental para a construção de conhecimentos e de valores voltados à prática da solidariedade no trânsito e ao respeito ao meio ambiente, motivo pelo qual trabalham a temática com seus alunos por meio de projetos e, nas disciplinas, de forma transversal. Para os ciclistas e motoristas, os benefícios e riscos da adoção da bicicleta estão bem claros, porém, desconhecem alguns itens de segurança que são obrigatórios para a circulação das bicicletas e, com isso, colocam em risco a integridade física dos usuários. Constatam-se condições inseguras na própria ciclovia estudada, o que leva a concluir que a implantação da infraestrutura já projetada pelas autoridades para a atual ciclovia deveria levar em conta o incentivo à utilização das bicicletas e, assim, propiciar melhor qualidade de vida e sustentabilidade ambiental aos ciclistas, motoristas e pedestres. Ações em parceria com as escolas da região, voltadas para a inserção da educação ambiental com ênfase na educação para o trânsito, no ensino formal ou não formal, são essenciais para a conscientização da população.
Abstract: The use of the bicycle as an important vehicle of daily transport generates social, environmental and economic gains, including improvement of air quality, reducing traffic jams and regular physical activity that benefits the quality of life and human health. The present research aimed to make a diagnosis on the use of bicycles in the city of Atibaia, São Paulo, and road safety user educate on the role of environmental education and education for transit - of interdisciplinary methodological essence on the awareness of citizens, emphasizing a safe and environmentally sustainable transit. The methodology used was qualitative exploratory type, based in a case study in the city mentioned above. We had the participation of teachers from elementary education, cyclists and drivers. Data were collected through systematic observation and interviews with the implementation of specific questionnaires, and we analyzed employing the technique of processing and tabulation categories, according to Bardin. The results, showed that teachers understand that environmental education is fundamental for building knowledge and values related to the practice of solidarity when in transit and respect for the environment, reason is why they work this theme with their students through projects and, in the disciplines, transversely. For cyclists and drivers, the benefits and risks of adopting bike are clear, however, unaware of some safety items that are required for the movement of bicycles and thereby endanger the physical safety of users. We can notice unsafe conditions studied in bike lane itself, which leads to the conclusion that the implementation of infrastructure already projected by the authorities for the current bike lane should consider encouraging the use of bicycles and thus provide a better quality of life and environmental sustainability cyclists, motorists and pedestrians. Actions in partnership with schools in the region, aimed at the inclusion of environmental education with emphasis on traffic education in formal and non-formal education, are essential to public awareness.
Palavras-chave: bicicletas;  mobilidade urbana;  educação ambiental;  interdisciplinar;  bicycles;  urban mobility;  environmental education;  interdisciplinary
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Educação, Arte e História
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: SILVA, Eduardo Boero de Souza e. O uso da bicicleta como forma sustentável de mobilidade urbana e promoção da qualidade de vida: um olhar sobre a cidade de Atibaia (SP). 2014. 161 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1901
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13593
Data de defesa: 2-Jun-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1901/1/Eduardo%20Boero%20de%20Souza%20e%20Silva.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.