Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13523
Tipo do documento: Dissertação
Título: O museu florestal Octávio Vecchi: trajetória e contribuição para a história ambiental brasileira
Autor: Priedols, Elisabete
Primeiro orientador: Sanchez, Petra Sanchez
Primeiro membro da banca: Stori, Norberto
Segundo membro da banca: Rampazzo, Loris Graldi
Resumo: Este trabalho se dedica a resgatar a trajetória do Museu Florestal Octávio Vecchi desde a sua idealização, analisando o pensamento ambiental disseminado em seus oitenta anos de existência. Vista a escassez de abordagens anteriores sobre o assunto, este estudo de caso exploratório-descritivo caracteriza-se pelo uso e análise de documentos, entrevistas e observação direta. Permeando a história da instituição, destacam-se personagens que, direta ou indiretamente, contribuíram para diversificar o seu legado de maneira interdisciplinar. Inaugurado em 1931 na cidade de São Paulo, o museu foi criado para fins científicos e para o estudo da silvicultura brasileira. Mas, no início desta investigação, ficou evidente a ênfase dada à dimensão educacional e à propagação de uma cultura ambiental. Tomando como fio condutor um dos níveis sugeridos por Donald Worster para se escrever a História Ambiental, a análise, tanto dos documentos quanto das entrevistas realizadas, partiu do olhar holístico no discurso dos frequentadores do museu, procurando detectar a conscientização ambiental. Conclui-se que, pela relevância da produção de conhecimentos e construção de significados ambientais visando o reflorestamento de São Paulo e do Brasil, em meio à disseminação de uma cultura de florestas , a instituição e seu idealizador poderiam constar como referências para a história ambiental brasileira como objeto de estudo e como fonte de pesquisa, vislumbrando futuros trabalhos acadêmicos e literários
Abstract: This work is dedicated to retrieve the path of the Forest Museum "Octavio Vecchi" since its conception by analyzing the environmental concern spread in its eighty years of existence. Since there is lack of previous approaches, this exploratory and descriptive case study is characterized by document analysis, interviews and direct observation. Stand out characters interposed in the institution's history, who helped directly or indirectly to interdisciplinarily diversify its legacy. Iniciating in 1931, in Sao Paulo, the museum was created for scientific purposes and for the study of forestry in Brazil. It became clear at the beginning of this investigation the museum special concern on educational aspects and spreading of an environmental culture. Following the path levels suggested by Donald Worster to write Environmental History, the analysis of both documents and interviews started from a holistic look at the museum visitors speech searching for environmental awareness. We conclude that the relevance of this institution and its founder in the production of knowledge and construction of environmental concerns in order to reforest São Paulo and Brazil amid the spread of a culture of forests , would be included as references to Brazilian environmental history and be object of study and source of research, aiming at future academic and literary works
Palavras-chave: Museu Florestal Octávio Vecchi;  pensamento ambiental;  história ambiental;  Vecchi, Octávio (1878-1932);  Forest Museum Octávio Vecchi;  environmental thinking;  environmental history;  Vecchi, Octávio (1878-1932)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Educação, Arte e História
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: PRIEDOLS, Elisabete. O museu florestal Octávio Vecchi: trajetória e contribuição para a história ambiental brasileira. 2011. 188 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1825
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13523
Data de defesa: 8-Ago-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1825/1/Elisabete%20Priedols.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.