Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13512
Tipo do documento: Dissertação
Título: Wassily Kandinsky: Do espiritual na arte e a proposta da sonoridade interior
Autor: Guedes, Ângelo Dimitre Gomes
Primeiro orientador: Azevedo, Wilton Luiz de
Primeiro membro da banca: Held, Maria Sílvia Barros de
Segundo membro da banca: Gabrielli, Lourdes Malerba
Resumo: A relação entre os códigos visual, sonoro e verbal é um tema que sempre fascinou diversos artistas e pesquisadores. Wassily Kandinsky (1866-1944) foi responsável por um dos mais conceituados trabalhos nesse campo. Poesia, sinestesia e sensibilidade são características marcantes desde a sua infância. No final do século XIX e início do século XX, a arte apresentava sinais de ruptura com o modelo de representação do mundo exterior. Em meio a esse cenário, Kandinsky buscou o conteúdo interior/espiritual de uma obra de arte: a sonoridade interior. Por meio dela, formas exteriores distintas podem atingir a mesma ressonância na alma do espectador. Em seu livro Do Espiritual na Arte , publicado em 1914, Kandinsky expôs os principais conceitos concernentes à sonoridade interior. O autor parecia profetizar novos rumos à Arte, nos quais os valores externos seriam reduzidos e a sonoridade interior amplificada. Esta dissertação apresenta uma reflexão sobre todo esse cenário. Aponta o trajeto percorrido por Kandinsky no desenvolvimento de sua linguagem, concentrando-se em assuntos concernentes a relações intercódigos. Expõe os principais conceitos apresentados no livro Do Espiritual na Arte . Apresenta a Arte Monumental, conceito criado por Kandinsky, no qual diversos códigos são relacionados. Analisa recortes da composição cênica A sonoridade amarela , exemplo de Arte Monumental. Apresenta um ensaio artístico criado pelo autor da presente dissertação, no qual são relacionados elementos dos códigos visual, sonoro e verbal, por meio da sonoridade interior
Abstract: The relationship between the visual, sonorous and verbal codes is a subject that has fascinated many artists and researchers. Wassily Kandinsky (1866-1944) has been responsible for one of the most respected works in this field. Poetry, synesthesia and sensitivity are hallmarks since his childhood. In the late nineteenth and early twentieth centuries, art showed signs of breaking with the representation of the outside world model. In this scenario, Kandinsky sought the inner/spiritual content of the art work: the inner sonority. Through inner sonority, different outward forms can achieve the same resonance in the soul of the viewer. In his book "Concerning the Spiritual in Art", published in 1914, Kandinsky set out the main concepts related to inner sonority. The author seemed to predict new directions for art, in which external values would be reduced and inner sonority amplified. This dissertation presents a reflection on this scenario. It points out the path traveled by Kandinsky in the development of his language, focusing on issues concerning relations between codes. It also sets out the main concepts presented in his book , presents the Monumental Art, concept created by Kandinsky, in which several codes are related, brings an analysis of parts of the scenic composition "The Yellow sound", that is an example of the Monumental Art. And finally, it presents an art essay written by the author of this dissertation, in which elements of visual, sonorous and verbal codes are related through inner sonority
Palavras-chave: Kandinsky;  sonoridade interior;  do espiritual na arte;  códigos visuais;  códigos sonoros;  códigos verbais;  cores;  sons e palavras;  sinestesia;  Kandinsky;  inner sonority;  concerning the Spiritual in Art visual;  sonorous and verbal codes;  color;  sounds and words;  synesthesia
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Educação, Arte e História
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: GUEDES, Ângelo Dimitre Gomes. Wassily Kandinsky: Do espiritual na arte e a proposta da sonoridade interior. 2011. 90 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1814
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13512
Data de defesa: 18-Ago-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1814/1/Angelo%20Dimitre%20Gomes%20Guedes.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.