Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13510
Tipo do documento: Dissertação
Título: A questão do reconhecimento na construção da identidade docente à luz de Charles Taylor
Autor: Silva, Maria Alice Moreira
Primeiro orientador: Araujo, Paulo Roberto Monteiro de
Primeiro membro da banca: Ambrogi, Ingrid Hötte
Segundo membro da banca: Boto, Carlota Josefina Malta Cardozo dos Reis
Resumo: Esta dissertação de Mestrado investigou a problemática da construção da identidade docente analisando as possibilidades de reconhecimento do trabalho do professor nas organizações escolares, em especial das escolas públicas, tendo como referencial teórico o filósofo canadense Charles Taylor. Nas organizações escolares, onde estão presentes as relações de poder existem, como desdobramentos das mesmas, aspectos relativos à autoridade, hierarquia (frutos de sua organização burocrática) que se manifestam através de leis, decretos e papéis a que se submetem os participantes do processo educativo. Para Taylor, o reconhecimento é fundamental para a construção da identidade, o que não ocorre no isolamento, mas no espaço de interlocução e com a contribuição significativa dos interlocutores Desta maneira, ancorados nos ensinamentos taylorianos sobre reconhecimento e construção de uma identidade, e sem perder de vista as organizações escolares onde se encontra o professor, esta dissertação investigou as condições em que o trabalho docente ocorre com a perspectiva de entender se existem possibilidades de os pressupostos de Taylor serem, com relação à construção da identidade, confirmados ou não. Estes foram os motivos pelos quais fomos levados a analisar os conceitos de organização escolar, reconhecimento, identidade e trabalho docente com o objetivo de criar um arcabouço teórico que nos permitisse adentrar no universo escolar e, na perspectiva de entender o que ocorre em seu interior, encontrar respostas para esta pesquisa. Para a realização deste trabalho foi muito importante o encontro que tivemos com Charles Taylor, em Montreal, no Canadá, em setembro 2010, porque a partir de seus argumentos produzimos as considerações finais desta dissertação
Abstract: This master degree thesis investigated the problematic one of the construction of the teaching identity analyzing the possibilities of recognition of the work of the professor to at the school organizations, having as theoretical the Canadian philosopher Charles Taylor. At the school organizations, where the relations of power are present, as unfoldings of these relations, relative aspects to the authority, hierarchy (fruits of its bureaucratic organization) that they are disclosed through laws, decrees and papers the one that if the participants of the educative process submit. For Taylor, the recognition is basic for the construction of the identity, what it does not occur in the isolation but in the space of interlocution and with the significant contribução of the interlocutors. In this way, anchored in estimated taylorianos on recognition and the construction of an identity, and without losing of sight the pertaining to school organizations where if it finds the professor, this dissertação investigated if the conditions where the teaching work occurs, in the pertaining to school organizations, could have been important for the recognition or not the recognition and construction of the identity of this professional reasons for which to analyze the concepts pertaining to school organization, recognition, identity and teaching work with the objective to create one theoretical framework to enter into the pertaining to school universe and to understand what it occurs in its interior, to find answers for this research. In this work, for the joints of the final considerações, the meeting that we had in Montreal, Canada, with Charles Taylor, in September of 2010, was very important
Palavras-chave: reconhecimento;  identidade;  relações de poder;  organizações escolares;  recognition;  identity;  relations of power;  school organizations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Educação, Arte e História
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: SILVA, Maria Alice Moreira. A questão do reconhecimento na construção da identidade docente à luz de Charles Taylor. 2011. 115 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1812
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13510
Data de defesa: 4-Fev-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1812/1/Maria%20Alice%20Moreira%20Silva1.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Dissertação - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.