Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13478
Tipo do documento: Tese
Título: Trajetórias de mulheres professoras no Instituto Federal de São Paulo (IFSP): campus São Paulo
Autor: Cerqueira, Maria Cristina Rizzetto
Primeiro orientador: Tancredi, Regina Maria Simões Puccinelli
Primeiro membro da banca: Ambrogi, Ingrid Hötte
Segundo membro da banca: Pagotto, Maria Dalva Silva
Terceiro membro da banca: Mizukami, Maria da Graça Nicoletti
Quarto membro da banca: Rosito, Margaréte May Berkenbrock
Resumo: A presente tese surgiu da observação do pequeno número de mulheres que ministram disciplinas técnicas ou tecnológicas em áreas que concentram engenheiros, arquitetos e tecnólogos no Instituto Federal de São Paulo-Campus São Paulo (IFSP). Tal fato levou ao questionamento sobre qual seria o perfil desse grupo e como foram suas trajetórias profissionais sendo mulheres docentes num universo predominantemente masculino. O objetivo geral foi o de analisar as trajetórias profissionais de professoras de disciplinas do ensino técnico e tecnológico sob a ótica delas próprias. A opção metodológica foi por uma abordagem qualitativa com entrevistas abertas e narrativas. Participaram sete professoras que atuavam nas áreas de Mecânica, Construção Civil e Eletrotécnica e que ingressaram entre os anos de 1976 e 1999 no IFSP. Ao entrevistar e retratar parcelas das vidas dessas docentes, de certa forma as incluímos na história da educação visto que foram presenças marcantes como agentes locais e escritoras de uma história real no âmbito da educação profissionalizante. Entre os resultados, foi possível perceber que elas influenciaram os acontecimentos institucionais e a vida de seus alunos com sua atuação. Além disso, foram gestoras em vários níveis e áreas da instituição fazendo parte de equipes administrativas do campus. As professoras realizaram pesquisas nas suas áreas de atuação e estudo. Foi possível compreender como esse grupo de entrevistadas docentes mulheres conquistaram seus espaços profissionais em ambientes onde havia a dominância do sexo masculino. Essa conquista se deu pela forma pioneira com as quais geriram, pesquisaram e atuaram na instituição.
Abstract: The starting point of this thesis was the observation a little number of women teaching technical disciplines in areas such as engineering, architecture and technologies at IFSP Campus Sao Paulo. This fact lead to question the profile of this group and their life stories as women teaching in a masculine environment. Therefore, the main aims was to analyse the professional careers of these women according to their own perspectives. The methodological approach was a qualitative research with open interviews and narratives as data collection. The participants were seven academics who were teaching in areas such as mechanical engineering, construction and electro technology and who started to work at IFSP between 1976 and 1999. In interviewing and portraying parts of the life of these academics, we include them in the history of education, as they are relevant local agents and writers of a real history in the professional education. Among the results, it is possible to observe their influence in the institutional changes as well as in the life of their students. Moreover, they worked as managers in different levels and areas of the institution and were part of administrative teams of the campus. These academics also developed research in their own educational fields. In having the narratives of these academics in evidence, we managed to understand how this group of women win their own professional space in a predominantly male environment. This achievement happened due to the pioneering way they contributed to the management of their institution as well as their research and professional behaviour.
Palavras-chave: educação superior;  trajetórias profissionais de mulheres docentes;  ensino-aprendizagem;  higher educacion;  female teachers professional trajectorie;  teaching-learning
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Educação, Arte e História
Programa: Educação, Arte e História da Cultura
Citação: CERQUEIRA, Maria Cristina Rizzetto. Trajetórias de mulheres professoras no Instituto Federal de São Paulo (IFSP): campus São Paulo. 2014. 144 f. Tese (Doutorado em Educação, Arte e História) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2088
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13478
Data de defesa: 3-Dez-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2088/1/Maria%20Cristina%20Rizzetto%20Cerqueira.pdf
Aparece nas coleções:Educação, Arte e História da Cultura - Teses - CEFT Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.