Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13438
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação de escrita na dislexia do desenvolvimento: teste de nomeação de figura por escrita (TNF1.1-escrita)
Autor: Affonso, Maria José Cícero Oger
Primeiro orientador: Macedo, Elizeu Coutinho de
Primeiro membro da banca: Capovilla, Alessandra Gotuzo Seabra
Segundo membro da banca: Gonçalves, Maria de Jesus
Resumo: A dislexia do desenvolvimento é o distúrbio mais comum entre os transtornos de aprendizagem apresentados por escolares. Estudos nesta área têm priorizado a avaliação de leitura, ainda que já tenham sido evidenciadas dificuldades com a escrita automática de letras e nomeação automática, resultando em problemas de ortografia. Problemas ortográficos ainda têm sido pouco valorizados no diagnóstico da dislexia, em parte, pela escassez de instrumentos disponíveis para avaliação da escrita. Um instrumento que possibilita a avaliação da competência de escrita por meio de computador é o Teste de Nomeação de Figuras por Escrita (TNF1.1-Escrita). O objetivo do presente estudo foi analisar o padrão de resposta de disléxicos em tarefa de nomeação de figura por escrita. Foram analisados 15 disléxicos, de ambos os sexos, com idades variando de 8 a 12 anos, provenientes de escolas públicas e particulares do estado de São Paulo. Além disso, dois grupos contrastantes de leitores normais foram usados como comparação: Grupo Controle por Idade composto por 15 crianças sem problema de leitura, pareados por sexo, idade e tipo de escola com as crianças disléxicas; e Grupo Controle por nível de leitura: composto por 15 leitores mais novos, pareados com os disléxicos pelo sexo, tipo de escola e desempenho de leitura. Resultados das análises quantitativas indicam que a pontuação total dos participantes com dislexia no TNF1.1-Escrita foi significativamente menor do que a dos participantes do grupo Controle por idade; não foi observada diferença significativa na pontuação total no TNF1.1-Escrita dos participantes com dislexia dos participantes do grupo Controle por nível de leitura; crianças do grupo Controle por nível de leitura foram mais lentas do que os participantes com dislexia e dos Controles por idade. Nas análises dos tipos de erros, foram observadas diferenças significativas entre disléxicos e os dois grupos de participantes controles para os seguintes tipos de erros: Correspondência unívoca grafema-fonema, Omissão de segmentos e Correspondência fonema-grafema independente de regras, sugerindo dificuldades tanto fonológicas quanto ortográficas. Análise do padrão de respostas em provas de nomeação por escrita possibilita uma maior compreensão das estratégias e dificuldades de escrita de pessoas com o diagnóstico de dislexia.
Abstract: Developmental dyslexia is the most common learning difficulties by school students. Studies in this area have given priority to reading assessment, even though difficulties with automatic letter writing and naming have been evidenced, resulting in spelling problems. Spelling problems have been overseen in dyslexia diagnosis partially due to the lack of instruments available to assess writing. An instrument that allows the assessment of writing competence through a computer is the Written Picture Naming Test (WPNT1.1-Writing). The purpose of this study is to analyze the answer´s patterns of dyslexics in naming figures by writing. Fifteen dyslexics, males and females, were analyzed, with ages ranging from 8 through 12 years from public and private schools in the State of São Paulo. In addition, two groups contrasting normal readers have been used as comparison: Control Group by Age made up of 15 children with no reading problems, paired up by gender, age and type of school with dyslexic children; and a Control Group by reading level: made up of 15 younger readers, paired up with dyslexics by gender, type of school and reading performance. Results of quantitative analyses suggest that: total score of participants with dyslexia at WPNT1.1-Writing was significantly lower than that of participants in the control group by age; a significant difference was not observed in total score at WPNT1.1-Writing of participants with dyslexia compared with participants in the Control Group by reading level; children of the Control group by reading level were slower than participants with dyslexia and those of the Control group by age. Analisys of errors types, shows significant differences between dyslexics and participants of the two control groups for the following types of mistakes: grapheme-phoneme univocal correspondence, omission of segments and phoneme-grapheme correspondence regardless of rules, this finds suggests both phonological and orthographical difficulties. Analysis of answer´s patterns in written naming tests provides greater understanding of writing strategies and difficulties of people with the dyslexia diagnosis.
Palavras-chave: escrita;  dislexia;  erros ortográficos;  dyslexia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Tipo de acesso: Acesso Embargado
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1754
Data de defesa: 5-Fev-2010
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1754/3/Divulga%C3%A7%C3%A3o%20n%C3%A3o%20autorizada%20pelo%20autor.docx
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.