Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13390
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da empatia em pessoas com transtorno invasivo do desenvolvimento e um grupo controle através de respostas de identificação de emoções frente a expressões faciais
Avaliação da empatia em pessoas com transtorno invasivo do desenvolvimento e um grupo controle através de respostas de identificação de emoções frente a expressões faciais
Autor: Vinic, Alessandra Aronovich
Primeiro orientador: Schwartzman, José Salomão
Primeiro membro da banca: Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz
Segundo membro da banca: Langhi, Celi
Resumo: Os Transtornos Invasivos do Desenvolvimento (TID) são um grupo de condições caracterizadas pelo início na primeira infância de atrasos e déficits no desenvolvimento das habilidades sociais, comunicativas e comportamentais. O prejuízo da capacidade de empatia vem sendo apontado como um aspecto característico do endofenótipo dos TID. O presente estudo avaliou e comparou empatia em pessoas com TID e um grupo controle, através de tarefa de julgamento de expressões faciais básicas, contidas no Baralho da Empatia, instrumento desenvolvido pela pesquisadora. Foram avaliados 7 participantes com TID, do sexo masculino, com idades entre 6 e 15 anos, com QI mínimo de 70 (Wisc III) e que preenchiam critérios para diagnóstico de TID (DSM IV). Foram pareados por idade, sexo e inteligência com indivíduos com desenvolvimento normal. O grupo com TID errou significativamente mais que o controle, no julgamento de expressões faciais nas fotos (p< 0,001), nos desenhos (p=0,007) e nos dois testes quando analisado o desempenho total (p< 0,001). Houve diferença significativa entre controle e TID nas expressões de dúvida (p=0,031) e nojo (p=0,005) no Baralho de Desenhos, e nas Fotos, na expressão de nojo (p=0,018), sempre com maior índice de erros do grupo TID. Quando analisado o desempenho nas Fotos e Desenhos juntos, aparece diferença estatisticamente significante entre expressões de dúvida (p=0,012), nojo (p<0,001) e surpresa (p=0,006). Os resultados obtidos reforçam achados de pesquisas anteriores sobre o prejuízo da capacidade de empatia em pessoas com TID.
Abstract: Invasive Development Disorders (IDD) are a group of conditions characterized by the onset of lags and impairments in the development of social, communication and behavioral skills during infancy. The empathy capacity prejudice has been indicated as an endophenotype characteristic of IDD. The present study evaluates and compares empathy in people with IDD and a control group through a task of judging basic facial expressions that are contained in an Empathy Card-deck, an instrument developed by the researcher. Seven male participants with IDD, aged between 6 and 15 years, a minimum IQ of 70 (Wisc III) and all fulfilling criteria for IDD diagnosis (DSM IV) were evaluated. The IDD group erred significantly more than the control group in judging the card-deck of basic facial expression photos (p< 0.001), in the card-deck of drawings (p=0.007) and in both tests when the total performance was analyzed (p< 0.001). There was a significant difference between the control and IDD groups in the expression of doubt (p=0.031) and disgust (p=0.005) in the Drawings Card-deck, and in the expression of disgust (p=0.005) in the Photo Card-deck, always with a greater error index for the IDD group. When analyzing the performance in Photos and Drawings together, there is a statistically significant difference between expressions of doubt (p=0.012), disgust (p<0.001) and surprise (p=0.006). The results obtained reinforce the findings of previous studies about empathic capacity prejudice in individuals with IDD.
Palavras-chave: empatia;  TID (Transtorno Invasivo do Desenvolvimento);  faces;  empathy;  IDD (Invasive Development Disorders);  faces
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: VINIC, Alessandra Aronovich. Avaliação da empatia em pessoas com transtorno invasivo do desenvolvimento e um grupo controle através de respostas de identificação de emoções frente a expressões faciais. 2008. 98 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1703
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13390
Data de defesa: 28-Ago-2008
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1703/1/Alessandra%20Aronovich%20Vinic.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.