Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13361
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cefalometria em crianças e adolescentes com história de exposição ao álcool durante a gestação
Autor: Vieira, Stella Maria Coda Pinto Alves Campos
Primeiro orientador: Brunoni, Décio
Primeiro membro da banca: Schwartzman, José Salomão
Segundo membro da banca: Ciamponi, Ana Lídia
Resumo: A exposição ao álcool durante a gestação é responsável pelo amplo espectro de alterações ocasionadas ao feto, cuja manifestação mais grave é a síndrome fetal alcoólica. O efeito teratogênico do álcool no homem apresenta evidências clínicas caracterizadas por anomalias faciais, atraso no crescimento intrauterino ou após o nascimento, e deficiências relacionadas ao aprendizado e à atenção. O objetivo geral deste estudo foi testar a análise cefalométrica como auxílio diagnóstico dos efeitos fetais do álcool em sujeitos com história de exposição ao álcool durante a gestação. O objetivo específico foi estudar as análises cefalométricas de McNamara e Björk-Jarabak nestes indivíduos. Foram selecionados dez sujeitos com história de ingestão de bebidas alcoólicas pelas respectivas mães no período gestacional. As idades variam de 11 a 18 anos, sendo 5 de cada sexo. Foram mensuradas grandezas lineares e angulares, e comparadas com a norma destas medidas de acordo com padrões cefalométricos das análises de McNamara e Björk-Jarabak. Foram analisados os dados obtidos a partir de cinco medidas lineares (comprimento efetivo da maxila, comprimento efetivo da mandíbula, altura facial anterior e inferior, base anterior do crânio, base posterior do crânio) e quatro medidas angulares (ângulo da sela, ângulo articular, ângulo goníaco, plano superior do ângulo goníaco). As grandezas relacionadas à base do crânio, à altura facial, à mandíbula e ao perfil tegumentar foram avaliadas em conjunto para permitir análise global do crescimento craniofacial. Os dez sujeitos com história de exposição ao álcool no período gestacional mostraram as seguintes medidas com diferença estatística significante em relação à norma: grandezas lineares relacionadas à base posterior do crânio (p= 0,01), comprimento efetivo da mandíbula (p= 0,0009); altura facial antero inferior (p= 0,01) e a grandeza angular plano superior do ângulo-goníaco (p= 0,01).
Abstract: Alcohol consumption during pregnancy is associated with a wide range of effects on birth, from which fetal alcohol syndrome is considered to lead to the most severe phenotypes. The teratogenic effects of alcohol on the human growth represent a spectrum of features on facial anomalies, growth deficiency at intrauterine into postnatal period, attention deficits and poor academic achievements. The aim of the present investigation was to study cephalometry as a diagnostic tool concerning craniofacial disorders in children and adolescents with confirmed mothers' alcohol intake history during the pre natal period. The specific objective was to analyse McNamara and Björk-Jarabak craniofacial parameters of ten children and adolescents who were exposed to alcohol during their mothers' pregnancy. The age of the subjects ranged from 11 to 18 years old, 5 were female. It was measured linear and angular variables compared to previous standards as descrived by McNamara and Björk-Jarabak. For this purpose, five linear measures and four angular parameters were taken into account in order to better describe craniofacial growth changes: maxilla length, mandibular length, anterior facial height, anterior cranial base, posterior cranial base, saddle angle, articular angle, gonial angle, upper gonial angle. Posterior cranial base, anterior facial height, mandibular size and tegumentary profile parameters were analysed as a whole in order to undertake global craniofacial development. The study showed that ten children and adolescents who were exposed to alcohol during their mothers' pregnancy were associated with linear measurements changes relative to posterior cranial base (p=0.01), mandibular size (p= 0.0009), face height (p= 0.01) and upper gonial angle (p= 0.01).
Palavras-chave: álcool;  gestação;  síndrome fetal alcoólica;  cefalometria;  alcohol;  pregnancy;  fetal alcohol syndrome;  cephalometry
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: VIEIRA, Stella Maria Coda Pinto Alves Campos. Cefalometria em crianças e adolescentes com história de exposição ao álcool durante a gestação. 2007. 146 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1672
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13361
Data de defesa: 13-Set-2007
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1672/1/Stella%20Maria%20Coda%20Pinto%20Alves.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.