Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13318
Tipo do documento: Dissertação
Título: Problemas emocionais e comportamentais e uso de serviços educacionais e de saúde em escolares
Título(s) alternativo(s): Emotional and behavioral problems and use of health and education services in scholars
Autor: Seraceni, Mayra Fernanda Ferreira
Primeiro orientador: Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz
Primeiro membro da banca: Paula, Cristiane Silvestre de
Segundo membro da banca: Ribeiro, Wagner Silva
Resumo: As escolas são contextos adequados para o levantamento de problemas de saúde mental e di-ficuldades emocionais e comportamentais em crianças e adolescentes. No Brasil são escassos os estudos que comparam problemas de comportamento de alunos que frequentam escolas públicas e privadas associado ao uso de serviços educacionais e de saúde mental. O estudo teve como objetivo geral realizar em alunos do Ensino Fundamental I de escolas públicas e particular um levantamento de problemas emocionais e comportamentais e fatores potenciais de risco e proteção associados aos mesmos. Foi realizado um estudo de corte transversal e baseado nos objetivos propostos a amostra seguiu critérios de conveniência. A amostra foi composta por 357 alunos na faixa etária de 6 a 12 anos de escolas públicas e particular e seus respectivos pais (176 escolares estavam regularmente matriculados em três escolas públicas do Ensino Fundamental I -EF I do município de Barueri e 181 alunos eram de uma única escola particular da região central da cidade de São Paulo). Os instrumentos de coleta de dados foram: a) Questionário para caracterização sociodemográfica e uso de serviços de saúde; b) Inventário de Comportamentos para Crianças e Adolescentes entre 6 e 18 anos (CBCL/6-18); c) Registro de desempenho acadêmico dos participantes mediante a identificação da média escolar anual nas disciplinas de português e matemática. Para as análises de dados foram realizadas análises descritivas mediante uso de tabelas de frequências simples e tabelas cruzadas; análises de variância para comparação de médias de escores brutos das escalas do CBCL/6-18 entre os grupos; análises de correlação para verificação de possíveis associações entre variáveis de caracterização da amostra com os escores brutos de problemas emocionais e comportamentais, indicadores de competências sociais e escolares, assim como, os indicadores de caracterização sociodemográfica e o uso de serviços educacionais e de saúde e uma técnica de regressão logística para determinar a probabilidade ou desfecho de uma criança ser classificada como limítrofe/clínica nas escalas de problemas de comportamento externalizantes, internalizantes e totais do CBCL/6-18 a partir dos fatores preditores: gênero da criança, idade da criança, tipo de escola, idade do cuidador informante, classificação socioeconômica familiar, médias em matemática e português e escores brutos das escalas de competências para realização de atividades, socialização e desempenho escolar do CBCL/6-18. Os principais resultados indicam problemas emocionais e comportamentais em ambos os grupos de participantes. Observa-se de modo geral que os pais cuidadores de crianças das escolas públicas perceberam um maior número de problemas de comportamento em seus filhos quando comparados aos informantes da escola particular. Quanto as variáveis escolares média de desempenho acadêmico nas disciplinas de matemática e português e o desempenho escolar avaliado pelo CBCL/6-18 houve entre os grupos resultados similares indicando que os participantes parecem não apresentar problemas de aproveitamento escolar. Observa-se que de acordo com percepção dos pais em relação à existência de problemas de comportamento internalizantes (Particular=38,10%; Pública=30,70%) foi maior se comparada aos externalizantes (Particular=15,50%; Pública=15,30%). Os dados mostram que crianças que não apresentam dificuldades emocionais e comportamentais fazem maior uso de serviços de psicologia quando comparadas ao grupo que apresenta escores limítrofe/clínico na escala total de problemas emocionais e comportamentais do CBCL/6-18. Em ambos os grupos o modelo de regressão logística que foi gerado permitiu verificar associações concomitantes entre competências nas áreas escolar e social e idade do cuidador com o desfecho problemas emocionais e comportamentais das crianças. Conclui-se que a identificação dessas associações concomitantes evidenciam a necessidade de ações de saúde mental que sejam focadas na promoção de habilidades sociais e no monitoramento e remediação de dificuldades de desempenho escolar destas crianças. Sendo assim, são ações que poderão ser desenvolvidas nos próprios lócus escolares mediante palestras de orientação sobre o manejo de problemas emocionais e comportamentais ou estratégias de intervenções e acompanhamentos necessários aos escolares.
Abstract: Schools are appropriate contexts for the investigation of mental health, emotional and behavioral problems in children and adolescents. In Brazil there are few studies that compare behavioral problems in students of mainstraim public and private schools associated with the use of educational and mental health facilities. The present study had the objective of investigating emotional and behavioral problems, as well as its associated risk and protection factors, in Elementary Schools students from private and public mainstream schools. A cross-sectional study was made and based on the proposed objectives the sample attended convenience criteria. The sample was composed of 357 students, age range 6 to 12 years old, from public and private schools and their respective parents (176 are students from three public schools in Barueri and 181 students from one private school in Sao Paulo downtown). Data collection instruments were: a) questionnaire with social-demographic data and information on the use of health services; b) Child Behavior Checklist for ages 6 to 18 (CBCL/6-18); c) recording of academic performance through the identification of annual average grades in Portuguese and Mathematics. Descriptive analysis were carried out through the use of simple frequency tables and crossed tables; analyses of variance for the comparison of average scores in CBCL/6-18 between groups; correlation analysis for the verification of possible associations among variables of sample characterization with scores of emotional and behavioral problems, social and academic competences indicators, as well as indicators of social-demographic characterization and use of educational and health services and a technique of logistic regression to determine the probability or result of a child to be classified as border-line/clinical in the scales of externalizing, internalizing or total behavioral problems on CBCL/6-18 based on predictive factors: gender, age, school (public or private), caretaker s age, socioeconomic classification, average grade in Mathematics and Portuguese and scores in the scales of competences for performing activities, socialization and academic performance on CBCL/6-18. The main results indicate emotional and behavioral problems in both groups. Observa-se de modo geral que os pais cuidadores de crianças das escolas públicas perceberam um maior número de problemas de comportamento em seus filhos quando comparados aos informantes da escola particular. It was observed that parents of children enrolled in public schools perceive a greater number of behavioral problems in their children compared to parents of children enrolled in private schools. In terms of academic variables, both groups achieved similar results in average grade in Portuguese and Mathematics and academic performance assessed by CBCL/6-18, what indicates that participants do not present problems in this area. It was observed that according to parental perception concerning the existence internalizing behavioral problems (Private=38,10%; Public=30,70%) was greater if compared to externalizing (Private=15,50%; Public=15,30%). Data show that children that do not present emotional and behavioral difficulties according to the caretaker s report use more psychological services compared to the group that present borderline/clinic scores in the total scale of emotional and behavioral problems of CBCL/6-18. In both groups logistic regression model has allowed the verification of concomitant associations among academic and social competences and the caretaker s age with the result of emotional and behavioral problems of children. We concluded that the identification of these concomitant association enhance the need of mental health strategies focused on the promotion of social abilities and monitoring and management of academic difficulties of these children. Thus, such actions can be developed in the school locus though workshops and lectures with orientations on the management of emotional and behavioral problems or intervention strategies and necessary follow-up.
Palavras-chave: problemas emocionais e comportamentais;  crianças e adolescentes;  pais;  serviços de saúde;  ensino fundamental;  emotional and behavioral problems;  child and teenager;  parents;  health services;  elementary schools
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: SERACENI, Mayra Fernanda Ferreira. Emotional and behavioral problems and use of health and education services in scholars. 2013. 74 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1628
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13318
Data de defesa: 12-Dez-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1628/1/Mayra%20Fernanda%20Ferreira%20Seraceni.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.