Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13317
Tipo do documento: Dissertação
Título: Interpretação de textos, com figuras de linguagem em sua composição, por alunos do ensino fundamental com transtornos do espectro do autismo
Título(s) alternativo(s): Interpretation of texts with figures of speech in its composition by students of elementary education with autism spectrum disorder
Autor: Gonçalez, Andresa Liberato
Primeiro orientador: D´antino, Maria Eloisa Famá
Primeiro membro da banca: Capovilla, Alessandra Gotuzo Seabra
Segundo membro da banca: Araujo, Ceres Alves de
Resumo: Estudos científicos apontam a dificuldade de compreensão de metáfora por pessoas com Transtornos do Espectro do Autismo, o que nos leva a indagar sobre a compreensão de outras figuras de linguagem por parte deste grupo de sujeitos. O tema estudado refere-se à compreensão de figuras de linguagem por alunos com Transtornos do Espectro do Autismo (TEA) que cursam o Ensino Fundamental, visando verificar se os participantes do estudo compreendem o significado de determinadas figuras de linguagem Hipérbole e Onomatopeia contextualizadas em textos narrativos, poemas e história em quadrinhos. Definir a compreensão destas duas figuras de linguagem pode contribuir de modo significativo para o desenvolvimento escolar de pessoas com TEA, principalmente na área de Códigos e Linguagens, sobretudo na disciplina de Língua Portuguesa, como descrito no documento norteador Currículo Oficial do Estado de São Paulo (2008). Um Protocolo de Atividade Pedagógica foi elaborado e aplicado em 09 alunos com TEA, do Ensino Fundamental, na faixa etária de 10 a 14 anos e em 18 alunos na mesma faixa etária e sem diagnóstico de TEA, pareados por série escolar com o grupo experimental. Para os alunos com TEA, a aplicação ocorreu em dois momentos distintos, primeiramente eles responderam ao Protocolo sem nenhum auxílio. Posteriormente, o Protocolo foi lido pela pesquisadora e respondido oralmente pelos alunos. Os resultados foram semelhantes em ambas as aplicações. Os alunos com TEA apresentaram um desempenho inferior ao grupo controle em algumas questões, todavia, em âmbito geral, os resultados foram similares entre os dois grupos, o que nos leva a inferir que os alunos analisados compreendem tais figuras de linguagem no contexto que lhes fora apresentado. Tal condição pode dever-se a exposição desses alunos a situações de comunicação permeadas por estas figuras, tais como diálogos com colegas de escola e professores, textos do cotidiano escolar, livros paradidáticos e também através da mídia e em contextos lúdicos, como jogos eletrônicos, o que pode indicar a que este grupo estudado fora adequadamente estimulado em relação a este tipo de conteúdo escolar.
Abstract: Scientific studies show the difficulty of understanding a metaphor for people with Autism Spectrum Disorders, which leads us to question the understanding of other figures of speech by this group of subjects. The topic in question refers to the understanding of figures of speech for students with Autism Spectrum Disorders (ASD) who attend elementary school to verify whether the study participants understand the meaning of certain figures of speech - Hyperbole and Onomatopoeia - contextualized in narrative texts, poems and comics. Set the understanding of these two figures of speech can significantly contribute to the school development of people with ASD, especially in the area of codes and languages so, especially in the discipline of Portuguese, as described in the guiding document "Currículo Oficial do Estado de São Paulo" (2008). A Protocol for Educational Activity was developed and implemented for 09 students with ASD, the elementary school, aged 10-14 years and 18 students of the same age and without ASD, matched by grade with the experimental group. For students with ASD, the application occurred at two different times, first they responded to the protocol without any assistance. Subsequently, the protocol was read by the researcher and answered orally by the students. The results were similar in both applications. Students with ASD showed less than the control group performance on some issues, however, the general framework, the results were similar between the two groups, which leads us to infer that the students analyzed include such figures of speech in the context that had them presented. This condition may be due to exposure of these students to communication situations permeated by these figures, such as conversations with classmates and teachers, texts everyday school, textbooks and books also through the media and in recreational settings such as video games, which may indicate that this group studied had been adequately stimulated regarding this type of educational content.
Palavras-chave: transtornos do espectro do autismo;  educação;  língua portuguesa;  figuras de linguagem;  Autism Spectrum Disorder;  Education;  Portuguese Language;  figures of speech
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: GONÇALEZ, Andresa Liberato. Interpretation of texts with figures of speech in its composition by students of elementary education with autism spectrum disorder. 2014. 100 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1627
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13317
Data de defesa: 21-Fev-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1627/1/Andresa%20Liberato%20Goncalez.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.