Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13314
Tipo do documento: Dissertação
Título: Afetividade nas interações mãe-bebê prematuro no primeiro contato físico
Autor: Tropiano, Ligia Maria da Costa Canellas
Primeiro orientador: Assis, Silvana Maria Blascovi de
Primeiro membro da banca: Carvalho, Sueli Galego de
Segundo membro da banca: Caromano, Fátima Aparecida
Resumo: O objetivo deste estudo foi descrever como os bebês prematuros se comportam intersubjetivamente na relação com suas mães nas primeiras semanas de vida. Para compreender as interações entre as díades mãe-bebê optou-se por uma metodologia qualitativa e descritiva de pesquisa. Participaram do estudo 4 díades compostas por mães primigestas e seus bebês recém-nascidos prematuros de 28 a 35 semanas, internados na UTI neonatal de uma instituição hospitalar pública da Grande São Paulo, 2 do sexo masculino e 2 do sexo feminino. Os dados foram coletados a partir da filmagem da primeira interação entre a díade ocorrida no colo da mãe, com duração entre 15 a 30 minutos. Após esse registro os comportamentos das díades mãe-bebê foram descritos e categorizados, de acordo com as categorias intersubjetivas propostas por Fiamenghi (1999) e Fiamenghi et al. (2010). Os resultados obtidos partir das descrições das interações das díades demonstrou que os bebês prematuros apresentam comportamentos intersubjetivos frente ao contato com sua mãe. Observou-se emoções positivas demonstradas por sorrisos, expressões de aconchego, sincronia, timing e empatia de sentimentos, atendendo às categorias de interação, convite e imitação (negociadoras) e curiosidade e simpatia (emocionais), baixa frequência de emoções negativas e nenhum comportamento agressivo por parte das mães. Os resultados desta pesquisa podem reforçar a necessidade da abordagem de humanização com os prematuros bem como a inserção da família e o treinamento e conscientização de toda a equipe multidisciplinar. Sugere-se continuidade do estudo com pesquisa de grupo.
Abstract: The aim of this study is to describe how premature babies behave intersubjectively in the relationship with their mothers during the first weeks of their lives. In order to understand the dyadic interaction between mother and baby, a qualitative and descriptive approach to research has been adopted. Four dyads comprised of primigravida women and their newly-born premature babies took part in the study. The babies had been born prematurely after 28 to 35 weeks of gestation and admitted to the neonatal intensive-care unit of a public hospital in the greater São Paulo. Two were female and two male. The data was collected from the filming of the first dyadic interaction in the mother s arms, lasting between 15 to 30 minutes. After that first registry, the dyadic behaviors between mother and baby were described and categorized following the intersubjective categories suggested by Fiamenghi (1999) and Fiamenghi et al. (2010). The results from the descriptions of the dyadic interactions showed that the prematurely-born babies establish an intersubjective relationship with their mother. There are positive emotions expressed through smiles, signs of coziness, synchrony, timing and empathy of feelings, falling into the category of (negotiating) interaction, invitation and imitation and (emotional) curiosity and friendliness; low frequency of negative feelings; and no aggressive behavior on the part of the mother. The outcome of this research may reinforce the need to adopt a humanizing approach to the prematurely-born babies; the need of inclusion of the family; and training and awareness of the whole multidisciplinary team. We suggest continuing this study by research using group.
Palavras-chave: prematuridade;  intersubjetividade;  multidisciplinar;  premature;  intersubjective;  multidisciplinary
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL::RELACOES INTERPESSOAIS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1624
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13314
Data de defesa: 10-Jun-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1624/1/Ligia%20Maria%20da%20Costa%20Canellas%20Tropiano.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.