Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13293
Tipo do documento: Dissertação
Título: Alterações fonológicas e motoras na dislexia de desenvolvimento
Autor: Lukásová, Katerina
Primeiro orientador: Macedo, Elizeu Coutinho de
Primeiro membro da banca: Schwartzman, José Salomão
Segundo membro da banca: Muszkat, Mauro
Resumo: Dislexia é uma dificuldade de automatizar as habilidades de leitura e escrita, e suas causas estão sendo intensamente estudadas. Alguns dos fatores apontados como subjacentes da dificuldade na leitura são déficits nas habilidades fonológicas, motoras e visuais. Por meio de avaliação dessas manifestações comportamentais, pode-se compreender melhor o déficit e, por conseqüência, ajudar na descoberta de princípios clínicos e pedagógicos mais adequados para os seus portadores. Um dos meios de acessar o processamento de leitura é através do registro de movimentos oculares, que utiliza medidas mais precisas, tais como: número e tempo total de fixações. O presente trabalho objetivou avaliar habilidades fonológicas, motoras e de leitura em crianças com dislexia e crianças entendidas como "bons leitores". Foram avaliadas 10 crianças com dislexia e 10 controles pareados em função de sexo, idade e escolaridade. As crianças foram avaliadas com uma extensa bateria de testes composta por: Teste de Consciência Fonológica, Teste de Motricidade Perdue Pegboard, Teste de Seguimento Ocular, Teste de Sacada Preditiva, Teste de Leitura de Palavras, Teste de Leitura de Pseudopalavras e Teste de Leitura de Sílabas. Os resultados demonstram desempenhos inferiores no grupo de disléxicos em três domínios investigados: fonológico, motor e de leitura. Para habilidades fonológicas, foi encontrado pior desempenho dos disléxicos no nível de manipulação silábica e fonêmica. Em relação às habilidades motoras, foi encontrada alteração em tarefas de movimento ocular relacionada com o lado esquerdo, mas não foi encontrada diferença no teste de Motricidade Perdue Pegboard. Nas habilidades de leitura com o registro de movimento ocular foram encontrados maiores tempos e números de fixações em cima da palavra. Não foi encontrada interação do grupo com as características psicolingüísticas, tais como freqüência, regularidade ou comprimento da palavra. Isso indica não haver diferença no padrão de movimentos oculares em disléxicos durante a leitura. Os resultados indicam a presença do déficit fonológico e motor nos disléxicos. Outros estudos são necessários para investigar correlação entre ambos os déficits e a especificidade com a dislexia.
Abstract: Dyslexia is a difficulty to acquire fluent reading and writing and the causes of this deficit are the object of an intense research. Some of the aspects of the deficit stem from impairment in phonological, motor and visual processing. Through the assessment of these impairments,the core reading deficit can be better understood and new clinical and teaching approaches developed. One of the ways to assess the cognitive processes involved in reading is through register of eye movements during reading since it offers us precise measures like number of fixations and gaze duration. This study aims to assess phonological, motor and reading skills of dyslexic children and normal readers. We assessed 10 children diagnosed for dyslexia and 10 controls with normal readings skills. Controls were matched for sex, age, and school grade. All the children completed a large set of assessment tasks: the Phonological Awareness Test, Perdue Pegboard Test, Eye Pursuit Task, Predictive Saccade Task, Word, Non-real Word and Syllable Reading Task. The result showed impairment for the dyslexic children in all of three assessed skills. In the Phonological Awareness Test, a lower score was found for the syllable and phoneme manipulation. In the motor tasks, a different pattern of eye movement was registered for the leftward saccades, but no differences were observed for the Perdue Pegboard Test. In the reading task, dyslexic children showed longer gaze time and more fixations on each word. No interaction was found for group and characteristics of the stimuli, such as frequency, length and regularity of the words. This indicates that in reading, the eye movements pattern of dyslexic children is similar to the controls. The results showed a presence of phonological and motor deficit in dyslexic children. Further studies are necessary to investigate the correlation of phonological and motor deficit and its specificity for dyslexia.
Palavras-chave: dislexia;  leitura;  consciência fonológica;  motricidade;  movimento ocular;  dyslexia;  reading;  phonological awareness;  motor skills;  eye movements
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: LUKÁSOVÁ, Katerina. Alterações fonológicas e motoras na dislexia de desenvolvimento. 2007. 102 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1602
Data de defesa: 6-Fev-2007
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1602/3/Divulga%C3%A7%C3%A3o%20n%C3%A3o%20autorizada%20pelo%20autor.docx
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.