Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13261
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação de funções executivas, desatenção e hiperatividade em crianças: testes de desempenho, relato de pais e de professores
Autor: Martoni, Alana Tosta
Primeiro orientador: Capovilla, Alessandra Gotuzo Seabra
Primeiro membro da banca: Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz
Segundo membro da banca: Nascimento, Monalisa Muniz
Resumo: As funções executivas, que agregam os processos de memória de trabalho, flexibilidade cognitiva, planejamento, controle inibitório e atenção seletiva, são cruciais para a adaptação do indivíduo às rotinas do cotidiano, sendo também a base para o desenvolvimento de novas habilidades. Alterações nesses diferentes aspectos das funções executivas têm se mostrado relacionadas a vários transtornos, como o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), e podem ser identificadas precocemente, ainda em idade pré-escolar. As funções executivas podem ser observadas em diferentes ambientes, como em casa e na escola, entretanto pais e professores tendem a ter relatos divergentes acerca do comportamento de determinada criança. Sendo assim, o objetivo dessa pesquisa foi verificar a relação entre o desempenho de crianças em testes de atenção seletiva / controle inibitório e os relatos de pais e professores sobre sinais de desatenção/hiperatividade e sobre funcionamento executivo, bem como verificar a progressão dessas medidas com o aumento das séries. Participaram 137 crianças do Ensino Infantil e Fundamental I da grande São Paulo, bem como seus pais e professores. Para avaliar as habilidades de controle inibitório e atenção seletiva, foi aplicado o Teste de Stroop versão computadorizada para pré-escolares. Os pais e professores responderam o Inventário de Funcionamento Executivo Infantil (IFEI) e o MTA-SNAP-IV. Análises de Kruskal-Wallis mostraram que os desempenhos das crianças aumentaram com a progressão da escolaridade. A correlação entre os relatos de pais e de professores tendeu a ser significativa, porém baixa, sugerindo tendência de divergência entre tais relatos, sendo que os pais tenderam a apontar mais sintomas avaliados pelo MTA-SNAP-IV e os professores mais dificuldades nas habilidades do IFEI. De modo geral, os desempenhos do Teste de Stroop estiveram mais relacionados aos relatos dos professores do que ao relato dos pais. Tal estudo corroborou a importância de ouvir diferentes informantes ao trabalhar com crianças pequenas e sugere que, nesse caso específico, o relato dos professores foi mais próximo ao desempenho da criança do que o relato dos pais.
Abstract: The executive functions, which aggregates the working memory processes, cognitive flexibility, planning, inhibitory control and selective attention, are crucial to the adaptation of the individual to the routines of daily leif, being also the bases to the development of new abilities. Changes in these different aspects of the executive functions have shown to be related to various disorders, such as the Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD), and they can be identified fairly early on, in preschool age. The executive functions can be observed in different environments, such as at home and at school, however, parents and teachers tend to have differing reports about the performance and/or behavior of certain child. Thus, the objective of this research was to verify the relationship between performance in tests of selective attention/inhibitory control and parents and teachers reports about symptoms of inattention/hyperactivity and executive functioning. As well as verifying the progression of these measures with the school grade increase.137 children studying in nursery, preschool, elementary and junior high school in Grande São Paulo , as well as their parents and teachers have participated. In order to assess the inhibitory control and the selective attention abilities, the Computerized Stroop Test has been applied to preschoolers. Their parents and teachers have answered the Behavior Rating Inventory of Executive Function (BRIEF) and the MTA-SNAP-IV. Kruskal-Wallis analysis have shown that the children s performances have increased with the school progression. The correlation between the reports of parents and teachers has tended to be significant, but low, suggesting trend in difference between such reports, once the parents have tended to point to more symptoms assessed by the MTA-SNAP-IV and the teachers more difficulties in the BRIEF abilities. In general, the StroopTest performances were more related to the teachers than to the parents reports. Such study corroborated the importance of listening to different informants by working with small children, and it suggests that, in this specific case, the teachers reports were closer to the child performance than the parents reports.
Palavras-chave: neuropsicologia;  desenvolvimento infantil;  educação infantil;  neuropsychology;  children development;  nursery school and preschool
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: MARTONI, Alana Tosta. Avaliação de funções executivas, desatenção e hiperatividade em crianças: testes de desempenho, relato de pais e de professores. 2012. 110 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1570
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13261
Data de defesa: 16-Fev-2012
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1570/1/Alana%20Tosta%20Martoni.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.