Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13244
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da atenção em crianças do ensino fundamental I: comparação de procedimentos tradicionais e computadorizados
Autor: Lellis, Vera Rocha Reis
Primeiro orientador: Carreiro, Luiz Renato Rodrigues
Primeiro membro da banca: Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz
Segundo membro da banca: Miranda, Mônica Carolina
Resumo: A atenção pode ser compreendida enquanto conjunto de processos neurais que possibilitam a seleção adequada de informações do ambiente e que por isso orientam respostas adaptativas. Desse modo, seu estudo é necessário para a compreensão dos processos cognitivos e de como suas alterações se expressam por dificuldades adaptativas, tais como as observadas em casos de Transtorno de Déficit de Atenção e/ou Hiperatividade (TDAH). O objetivo deste estudo foi o de fazer uma avaliação neuropsicológica e comportamental centrada na análise do processo atencional de 78 crianças do Ensino Fundamental I, matriculadas em uma escola particular e com idade entre 6 e 11 anos. Foram empregados testes tradicionais de realização em lápis e papel e testes computadorizados para avaliação da atenção. Os instrumentos utilizados foram: WISC-III; Wisconsin; Atenção Concentrada (AC e TECON) e Atenção Difusa (TEDIF). Na avaliação comportamental foi utilizada a Escala Comportamental (CBCL/6 18) aplicada aos pais. Para os professores foram empregadas a Escala de Sinais de Desatenção e Hiperatividade (Benczik), além de Escala Comportamental (TRF). Os testes computadorizados avaliaram a orientação voluntária e automática, o direcionamento temporal e a manutenção da atenção. Foram comparados os resultados dos instrumentos computadorizados com os resultados dos testes tradicionais de respostas em lápis e papel e com as escalas comportamentais e de sinais de desatenção e hiperatividade. Não foram observados nos participantes indicadores de problemas de comportamento relato dos pais (CBCL) ou pelos professores (TRF). Os resultados dos testes tradicionais relacionados à Atenção Concentrada (AC, TECON-1 e TECON -2, TEDIF-1 e TEDIF-3) demonstram aumento significativo de acertos e pontos em função da escolaridade. Já nos testes computadorizados houve uma diminuição sistemática do tempo de reação em função do aumento da escolaridade. Entretanto, à medida que a escolaridade aumenta há uma diminuição das diferenças entre a condição válida e inválida, tornando os participantes mais eficientes em perceber estímulos fora dos locais indicados. Outro fator que apresentou diferença significativa foi quanto ao tempo de reação para a condição aonde pista alvo vêm na mesma posição (condição ipsolateral) é menor do que o tempo de reação para a condição na qual a pista e o alvo vêm em lados opostos (condição contralateral). No teste Wisconsin é possível verificar que com o aumento da escolaridade há uma diminuição no número de ensaios administrados e também um aumento de número de categorias completadas bem como diminuição no total de erros e de número de respostas perseverativas, e que tal fato se correlaciona com a diminuição do tempo de reação nos testes computadorizados, demonstrando que as habilidades avaliadas por cada um desses testes também estão correlacionadas.
Abstract: Attention can be understood as a group of neural processes that allow an adequate selection of information from the environment, in this way orienting adaptive responses. Thus, its study is made necessary so that cognitive processes and how their alterations express themselves through adaptive difficulties can be comprehended, such as it is observed in cases of Attention Deficit Disorder and/or Hyperactivity (ADDH). This study aims at performing a neuropsychological and behavioral evaluation, centered in the analysis of the attentional process of 78 junior high children, enrolled in a private school, with ages between 6 and 11. Traditional manuscript tests and computer-based tests were employed for the evaluation of attention. The instruments used were: WISC-III; Wisconsin; Focused Attention (AC and TECON) and Diffuse Attention (TEDIF) In behavioral evaluation the Behavioral Scale (CBCL/6-18), applied to parents, was used. For the teachers, the Signs of Disattention and Hyperactivity Scale (Benzic) was employed, along with the Behavioral Scale (TRF). The computer-based tests evaluated the voluntary and automatic orientation, temporal direction an attention management. The results from the computer-based instruments were compared to the results from the traditional pencil and paper tests, along with the behavioral and the Signs of Disattention and Hyperactivity scales. No indicators of behavioral problems were observed, and there was no report from either parents (CBCL) or teachers (TRF) on that matter. The results of the traditional tests related to Focused Attention (FC, TECON-1 and TECON-2, TEDIF 1 and TEDIF-3) showed significantly higher scores and points related to schooling. The computer-based tests, on the other hand, showed a systematic lowering of the reaction time related to the increase in schooling. However, as schooling increases, there is a decrease in the differences between the valid and the invalid conditions, making participants more efficient in perceiving stimuli outside the indicated location. Another factor that presented significant difference was the Clue Target relation factor, in which it is possible to observe that the reaction time for the condition in which the target and the clue come from the same side (ipsolateral condition) is lower than the reaction time for the condition in which the target and the clue come from opposite sides (contralateral condition). With the Wisconsin test is possible to verify that with the increase in schooling there is a decrease in the number of tests administered and also an increase in the number of categories completed, as well as a decrease on the total amount of errors and the number of preservative answers, and that this fact correlates with the decrease in the reaction time in computer-based tests, demonstrating that the skills that were evaluated by each one of this tests are also correlated.
Palavras-chave: atenção;  avaliação neuropsicológica;  TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e/ou Hiperatividade);  testes computadorizados;  testes tradicionais;  attention;  neuropsychological evaluation;  ADDH (Attention Deficit Disorder and/or Hyperactivity);  computer-based tests;  traditional tests
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1553
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13244
Data de defesa: 23-Fev-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1553/1/Vera%20Rocha%20Reis%20Lellis.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.