Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13236
Tipo do documento: Dissertação
Título: Sinais de transtorno reativo de vínculo em crianças abrigadas por meio do desenho da figura humana
Título(s) alternativo(s): Investigation of signs of attachment disorders in sheltered children using human figure drawing
Autor: Melani, Renata Hottum
Primeiro orientador: Fiamenghi Jr, Geraldo Antônio
Primeiro membro da banca: Carvalho, Sueli Galego de
Segundo membro da banca: Stroili, Maria Helena Melhado
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo investigar por meio de desenho da figura humana, sinais de Transtorno de Apego Reativo na Infância em crianças abrigadas. Foram avaliadas 25 crianças (15 do sexo masculino e 10 do feminino), com idades entre 4 a 12 anos, que vivem em um abrigo na região metropolitana de São Paulo. O instrumento utilizado para avaliação foi o Desenho da Figura Humana (DFH) seguindo os 30 indicadores emocionais propostos por Koppitz. Os resultados mostraram que 48% das crianças analisadas têm como característica a timidez, afastamento e falta de agressividade, além de reduzido interesse social, sentimento de imobilidade, desamparo e uma inabilidade de seguir em frente com autoconfiança. Outro indicador que se observou em 44% das crianças foi à agressividade aberta em relação ao ambiente e 40% das crianças apresentam sinais de sentimento de inadequação, ou culpa sobre a incapacidade de agir corretamente ou de agir em geral. Os resultados encontrados sugerem que algumas crianças dessa instituição apresentam indicadores significativos do Transtorno de Apego Reativo. Como os critérios diagnósticos para o transtorno ainda são imprecisos, outras pesquisas sobre o tema envolvendo o desenho ainda são necessárias.
Abstract: This research aimed to investigate signs of Attachment Disorders in sheltered children using the Human Figure Drawing. 25 children (15 males and 10 female), aged 4 to 12 years living in a sheltered home in São Paulo metropolitan area were assessed. The instrument used for assessment was the Human Figure Drawing (HFD), following Koppitz‟s 30 emotional indicators. Results showed that 48% of the assessed children present shyness, withdrawal and lack of aggression, as well as poor social interest, feelings of immobility, despair and inability of going on with self confidence. Another indicator observed in 40% of the children was openly aggression towards the environment and 40% of the children also showed signs of inadequacy or guilt concerning their inability to act correctly or to act in general. Results suggest that some of the children in this sample present significant signs of Attachment Disorder. As diagnosis criteria for the disorder are still lacking precision, more research using the drawing are still needed.
Palavras-chave: transtorno de apego reativo;  desenho da figura humana;  abrigo;  crianças;  attachment disorder;  human figure drawing;  sheltered home;  child
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1545
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13236
Data de defesa: 4-Fev-2010
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1545/1/Renata%20Hottum%20Melani.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Dissertações - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.