Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13216
Tipo do documento: Tese
Título: A família como modelo: concepções e expectativas parentais sobre aprendizagem infantil
Autor: Nogueira, Carmen Silvia de Souza
Primeiro orientador: Capovilla, Alessandra Gotuzo Seabra
Primeiro membro da banca: Carreiro, Luiz Renato Rodrigues
Segundo membro da banca: Cavalini, Santuza Fernandes Silveira
Terceiro membro da banca: Mota, Monica Maria de Angelis
Quarto membro da banca: Sprovieri, Maria Helena Siqueira
Resumo: Esta pesquisa qualitativa buscou analisar a modalidade de aprendizagem familiar de crianças com queixa escolar, identificando a modalidade de aprendizagem dos pais e filhos para conhecer o posicionamento subjetivo dos mesmos enquanto ensinantes a nortear o vínculo estabelecido com o filho em relação ao aprender. Partimos do pressuposto de que a aprendizagem não se inicia na escola, e sim no ambiente em que a criança nasce e se desenvolve, sendo que muitas de suas atitudes no ambiente exterior ao familiar reproduzem padrões de aprendizagem dos próprios pais que, por sua vez, também revelam os modelos que tiveram em suas relações com os genitores. Para tanto o eixo teórico concentrou-se nos autores que consideram a aprendizagem como fruto não somente de potencialidades cognitivas, mas também decorrente das relações que se estabelecem com um outro significativo, neste caso com os pais, enquanto figuras ensinantes. Nossa concepção de aprendizagem, portanto, é a de que a mesma é um processo vincular, é-se herdeiro de legados familiares que perpassam a construção da subjetividade, e cada um possui peculiaridades em seu desenvolvimento, embora pertencente ao mesmo universo biológico. Os instrumentos para coleta dos dados foram entrevistas semidirigidas e a produção gráfica de desenhos projetivos Par Educativo e Família Educativa de Visca (2009), ampliando, porém, sua abrangência, ao imbricar a família atual e a de origem dos pais, fechando uma avaliação conjunta para o núcleo familiar. Os resultados encontrados permitiram verificar as semelhanças e diferenças dos pais em relação à aprendizagem deles e do filho como também os modelos trazidos de suas famílias de origem. A análise singularizada de cada família, o entendimento do lugar do saber nestes núcleos, os papéis e funções parentais associados com as demandas dos filhos bem como as projeções da geração precedente sobre as crianças confluíram na identificação de um modelo de aprendizagem. O conhecimento dos modelos familiares lançou luz quanto ao alcance que os pais têm para auxiliar nas novas conquistas do filho. Ao identificarmos as concepções e modalidades de aprendizagem dos pais e como contribuem para os enfrentamentos escolares do filho possibilitamos que um processo interventivo futuro junto a eles contemple os pontos de facilidade e dificuldade para lidar com o filho em seu processo de escolarização.
Abstract: This qualitative study analyzes the modality of learning among the families who received complaints from the school. This is done by identifying the modality of learning of the parents in order to understand their subjective position as teachers in nurturing the bond established with their children in relation to education. We assume that learning does not begin in school, but in the environment in which the child is born and raised, and many of children s attitudes outside the family environment reproduce their parents learning patterns, which in turn reveal the models they had in their relationships with their own parents. To that end, the theoretical axis focuses on authors who consider learning to be a result of not only cognitive potentiality, but also of the relationships established with a significant other, in this case with the parents as teaching figures. Our conception of learning, therefore, is that it is a binding process, shaped by the family legacy that underlies the construction of subjectivity, with each member having peculiarities in their development, albeit belonging to the same biological universe. The instruments for data collection were semi-structured interviews and graphic production of Peer Teaching and Family Teaching projection drawings from Visca (2009), amplified to measure the overlap between the current family and the parental family, thereby creating a joint assessment for the household. The data revealed the similarities and differences of parents in relation to their own and their child s learning, as well as the models brought from their own family backgrounds. The customized analysis of each family, the understanding of the place given to learning in these nuclei, the parental roles and functions associated with the children s needs, as well as the projections of the previous generation on the children, all converged with the identification of a learning model. The knowledge of family models shed light on the scope available to parents as they assist the child s achievements. By identifying parents concepts and modes of learning and the way they contribute to how children meet the challenge of school, we enable a future collaborative intervention process which takes into account points of ease and difficulty to guide the child through its education.
Palavras-chave: aprendizagem;  queixa escolar;  modelo de aprendizagem;  par educativo;  família educativa;  learning;  school complaint;  learning model;  peer teaching;  family teaching
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA DO ENSINO E DA APRENDIZAGEM
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: NOGUEIRA, Carmen Silvia de Souza. A família como modelo: concepções e expectativas parentais sobre aprendizagem infantil. 2014. 134 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1775
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13216
Data de defesa: 11-Fev-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1775/1/Carmen%20Silvia%20de%20Souza%20Nogueira.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Teses - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.