Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13207
Tipo do documento: Tese
Título: Avaliação de habilidades matemáticas de alunos com Transtornos do Espectro do Autismo
Autor: Fonteles, Daniel Sá Roriz
Primeiro orientador: Mazzotta, Marcos José da Silveira
Primeiro membro da banca: Capovilla, Alessandra Gotuzo Seabra
Segundo membro da banca: Vasconcelos, Maria Lúcia Marcondes Carvalho
Terceiro membro da banca: Amiralian, Maria Lucia Toledo Moraes
Quarto membro da banca: Oliveira, Paulo de Tarso
Resumo: Na atualidade existem estudos que defendem a ideia de que os indivíduos com Síndrome Asperger/Autismo de Alto Funcionamento apresentam certas habilidades matemáticas acima da média das pessoas com Transtornos de Espectro do Autismo (TEA) ou mesmo das pessoas sem deficiência. Hans Asperger, quando descreveu a síndrome que hoje leva o seu nome observou que seus pacientes apresentavam certas dificuldades nas capacidades relacionadas a cálculos aritméticos. A presente pesquisa buscou conhecer melhor as habilidades matemáticas de indivíduos com TEA, tendo em vista tratar-se de uma área ainda pouco explorada, sobretudo no Brasil. Para isso investigou-se as habilidades matemáticas de 20 pessoas com TEA, com idades entre 7 e 23 anos. A medição das habilidades em pauta foi feita através da utilização de instrumento de uma Atividade de Matemática validada para crianças da 1ª à 4ª série (Seabra et al., 2009). Um estudo de natureza qualitativa e quantitativa foi conduzido, no qual houve registro detalhado, por escrito, das sessões de aplicação da Atividade de Matemática, assim como foram conduzidos testes estatísticos não-paramétricos para a verificação da interação entre as variáveis do estudo. Procedeu-se a comparação dos grupos Autismo, Asperger e Sem Deficiência, dentre outras variáveis obtidas a partir do estudo dos prontuários. Os resultados sugerem que o desempenho dessas pessoas foi compatível com o nível de desempenho de crianças da 1ª série de uma escola pública de São Paulo; e que os alunos com Transtornos do Espectro do Autismo que frequentaram escola regular tenderam a apresentar melhores resultados na Atividade de Matemática. Outras considerações apontam para novas pesquisas a serem desenvolvidas visando métodos promissores de ensino de Matemática.
Abstract: Currently, there are studies which advocate higher mathematical abilities in individuals with Autism Spectrum Disorders (ASD), namely Asperger Syndrome/High Functioning Autism, sometimes even declaring that these individuals do have an above average performance when compared to neurotypicals. When Hans Asperger first described the syndrome that takes his name, he observed that some of his patients exhibited some difficulties concerning the ability to perform arithmetic operations. The present research aims to better understand mathematic abilities of people with ASD, mainly because this area is still open and yet little explored, especially in Brazil. In order to do that, mathematical abilities of 20 ASD students, aging from 7 to 23 years, were investigated using an Arithmetic Test validated for children from 1st to 4th grade of the Brazilian school system (SEABRA et al., 2009). An exploratory study of qualitative and quantitative nature was performed, with detailed written record of each Arithmetic Test session, and the use of non-parametric statistics to verify possible interactions between variables. Comparison between Autism, Asperger and Normal Students groups were made, besides other variables taken from students files considered during this research. Results suggest that ASD students had similar performance to 1st graders of a public school in the State of São Paulo; and that ASD students who have had inclusive experiences in regular schools tend to get higher scores in the Arithmetic Test. Other considerations indicate that further research is needed to accomplish better ways to Mathematics teaching.
Palavras-chave: autismo;  asperger;  TEA;  habilidades matemáticas;  aritmética;  autism;  asperger;  ASD;  mathematical abilities;  arithmetic
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Psicologia
Programa: Distúrbios do Desenvolvimento
Citação: FONTELES, Daniel Sá Roriz. Avaliação de habilidades matemáticas de alunos com Transtornos do Espectro do Autismo. 2012. 261 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1766
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13207
Data de defesa: 3-Out-2012
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1766/1/Daniel%20Sa%20Roriz%20Fonteles.pdf
Aparece nas coleções:Distúrbios do Desenvolvimento - Teses - CCBS Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.