Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13019
Tipo do documento: Tese
Título: Um modelo para avaliar a validade da hipótese de mistura homogênea em sistemas epidemiológicos
Autor: Turnes Junior, Pericles do Prado
Primeiro orientador: Monteiro, Luiz Henrique Alves
Primeiro membro da banca: Mustaro, Pollyana Notargiacomo
Segundo membro da banca: Berlinck, José Guilherme de Souza Chaui Mattos
Terceiro membro da banca: Cruz, Jose Jaime da
Quarto membro da banca: Schimit, Pedro Henrique Triguis
Resumo: Muitos modelos epidemiológicos são escritos em termos de equações diferenciais ordinárias (EDO). Essa abordagem baseia-se no pressuposto de mistura homogênea; ou seja, a estrutura topológica da rede de contatos sociais, estabelecida pelos indivíduos da população, não é relevante para prever o avanço do patógeno em estudo. Neste trabalho, é proposto um modelo epidemiológico formulado em termos de EDO e de autômato celular probabilista (ACP) para estudar a propagação de doenças contagiosas que não conferem imunidade. As variáveis de estado desse modelo são as porcentagens de indivíduos suscetíveis, de indivíduos infectados e de espaço vazio. Mostra-se que esse sistema dinâmico pode apresentar bifurcações de Hopf e transcrítica. O modelo é , então, usado para avaliar a validade da hipótese de mistura homogênea, usando dados relacionados à transmissão de gonorreia, vírus da hepatite C, vírus da imunodeficiência humana e obesidade.
Abstract: There are many epidemiological models written in terms of ordinary differential equations (ODE). This approach is based on the homogeneous mixing assumption; that is, the topological structure of the network of social contacts, established by the individuals in the population, is not relevant to forecast the propagation of the studied pathogen. In this work, an epidemiological model formulated in terms of ODE and probabilistic cellular automata (PCA) is proposed to study the spread of contagious diseases that do not conferimmunity. The state variables of this model are the percentages of susceptible individuals, infected individuals and empty space. It is shown that this dynamical system can experience Hopf and transcritical bifurcations. Then, this model is used to evaluate the validity of the homogeneous mixing assumption, by using real data related to the transmission of gonorrhea, hepatitis C virus, human immunodeficiency virus and obesity.
Palavras-chave: autômato celular probabilista;  bifurcação;  epidemiologia;  equação diferencial ordinária;  sistemas dinâmicos;  bifurcation;  dynamical systems;  epidemiology;  ordinary differential equation;  probabilistic cellular automaton
Área(s) do CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Engenharia Elétrica
Programa: Engenharia Elétrica
Citação: TURNES JUNIOR, Pericles do Prado. Um modelo para avaliar a validade da hipótese de mistura homogênea em sistemas epidemiológicos. 2014. 79 f. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1524
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/13019
Data de defesa: 29-Jul-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1524/1/Pericles%20do%20Prado%20Turnes%20Junior.pdf
Aparece nas coleções:Engenharia Elétrica - Teses - EE Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.