Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12958
Tipo do documento: Dissertação
Título: Utilização de microesferas ocas de vidro na aditivaçăo de concreto.
Autor: Silva, Laureano
Primeiro orientador: Munhoz Junior, Antonio Hortêncio
Primeiro membro da banca: Zandonadi, Alexandre Romildo
Segundo membro da banca: Diaz, Francisco Rolando Valenzuela
Resumo: O presente trabalho sobre a Utilização de Microesferas Ocas de Vidros na aditivaçăo de concreto objetiva obter e caracterizar concreto contendo microesferas de vidros ocas, avaliando o efeito da adição de micro esferas de vidros ocas como aditivo em traços de concreto, de forma a avaliar sua fluidez e propriedades mecânicas para verificar se mantém ou aumentam a resistência à compressão, sem alterar a viabilidade econômica. O uso e aplicação das microesferas ocas de vidro vêm comprovando o grande benefício desta adição ao concreto. A adição de microesferas ocas de vidro indicou que o Slump aumenta em até 100% dependendo dos agregados utilizados e do percentual adicionado, ou seja, ocorre um aumento substancial na trabalhabilidade do concreto com pequena adição de microesferas ocas de vidro (1,0% em média), podendo ser utilizado para bombeamento em grandes alturas, por exemplo; observou-se que com baixas relações água/cimento, manteve sua resistência à compressão axial e sem a necessidade de utilização de grandes variedades e quantidades de aditivos redutores de água. Evidenciou-se com os experimentos uma redução de aglomerantes correspondendo a cerca de 15%. Os benefícios em termos de redução seguem também no que tange a redução de aditivos superplastificantes, redução de água; diminuindo as chances de fissura por retração, maior conforto térmico devido à baixa condutividade térmica da microesferas ocas de vidro, pois exerce o mesmo beneficio da incorporação de micro bolhas de ar no concreto. E este conforto térmico ou condutibilidade térmica é devido ao ar aprisionado nas esferas transmitir o calor por condução, apresentando o ar baixíssima condutividade térmica. Os estudos indicam ainda que realmente essas propriedades podem ser melhoradas com a utilização das microesferas ocas de vidro. E essa melhoria pode ser observada na indústria petroquímica, quando as microesferas ocas de vidro são aplicadas em revestimentos de tubulações para isolamento térmico.
Abstract: This work on the use of hollow microspheres of glass in concrete additives objective to obtain and characterize concrete containing glass hollow microspheres, evaluating the effect of adding hollow glass micro spheres as additives for concrete mixtures, to indicate that its fluidity and mechanical properties and check if maintains or increases the compressive strength without affecting the economic feasibility. The use and application of hollow glass microspheres have proved the great benefit of this addition to the concrete. The addition of hollow glass microspheres indicate that the Slump increases up to 100%, ie, there is a substantial increase in the workability of concrete with addition of small amount of hollow glass microspheres (1.0% average), may be used for pumping at great heights, eg, at low water / cement ratio while maintaining its resistance to axial compression and without the necessity of using large amounts and varieties of water-reducing additives. It was proven with experiments for caking reduction corresponding to about 15%. Which leads us to conclude that the benefits in terms of reduction also follows in terms of reducing superplasticizers additives, water reduction, decreasing the chances of shrinkage cracks, greater thermal comfort due to the low thermal conductivity of hollow glass microspheres, and has the same benefit from the incorporation of micro air bubbles in concrete. And this thermal comfort or thermal conductivity is due to air trapped in the spheres transmit heat by conduction, with the air very low thermal conductivity.The studies also indicate that indeed these properties can be improved by the use of hollow glass microspheres. And this improvement is observed in the petrochemical industry, where the hollow glass microspheres are applied in coatings for thermal insulation of pipes.
Palavras-chave: concreto;  microesferas ocas de vidro;  concrete;  hollow glass microspher
Área(s) do CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Engenharia de Materiais
Programa: Engenharia de Materiais
Citação: SILVA, Laureano. Utilização de microesferas ocas de vidro na aditivaçăo de concreto.. 2013. 109 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Materiais) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1333
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12958
Data de defesa: 18-Abr-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1333/1/Laureano%20Silva.pdf
Aparece nas coleções:Engenharia de Materiais - Dissertações - EE Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.