Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12937
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise de explosões solares em 45 e 90 GHz observadas por POEMAS com medidas de polarização
Autor: Silva, Douglas Félix da
Primeiro orientador: Válio, Adriana Benetti Marques
Primeiro membro da banca: Raulin, Jean Pierre
Segundo membro da banca: Costa, Joaquim Eduardo Rezende
Resumo: A explosão solar é caracterizada por uma súbita liberação de energia, de origem magnética, a qual acelera as partículas produzindo emissão em todo o espectro eletromagnético e promovendo o aquecimento do plasma. Acredita-se que uma fração destas partículas não térmicas aceleradas são injetadas em campos magnéticos bipolares. A emissão de radiação proveniente dos eventos na faixa rádio é devida à aceleração das partículas energéticas associada ao movimento em espiral que fazem em torno dos arcos magnéticos. Medidas de temperatura de brilho circularmente polarizada à direita e à esquerda em três explosões solares nas frequências de 45 e 90 GHz apresentaram graus de polarização circular que alcançaram de 5 a 40 % e opostos em 45 e 90 GHz, sempre sendo invertidos para os eventos estudados. Uma interpretação desses resultados pode estar associada com a assimetria de intensidade do campo nos pés do arco magnético. O objetivo do trabalho é estudar a configuração do campo magnético e a distribuição de energia das partículas aceleradas em explosões solares na faixa rádio. Para o estudo das explosões, utilizamos as observações do sistema de telescópios POEMAS (POlarização da Emissão Milimétrica da Atividade Solar), que monitora o Sol em 45 e 90 GHz com medidas de polarização. As observações em rádio foram complementadas em micro-ondas, utilizando os dados da Rede de Radio Telescópios Solares (RSTN), de 1 a 15 GHz, e em altas frequências (212 e 405 GHz) pelo Telescópio Solar Submilimetrico (SST). Na faixa de raio X foram utilizados dados dos telescópios FERMI e RHESSI; enquanto do Solar Dynamics Observatory (SDO) foram obtidas imagens em 171 Å e magnetogramas das região ativas. Para estudar a interação entre as partículas e campo magnético foi aplicado o modelo desenvolvido por Simões (2009). Foram realizadas simulações numéricas que produziram fontes em 45 e 90 GHz num arco magnético em três dimensões, cujas fontes apresentaram máximos de intensidade em polaridades opostas de um arco dipolar. As simulações também reproduziram qualitativamente o grau de polarização observado em cada um dos eventos e também o espectro rádio. Assim, por meio da simulação, obtivemos as possíveis localizações das fontes em 45 e 90 GHz com intensidades predominantes em polaridades opostas e grau de polarização invertido.
Abstract: Solar flares are characterized by a sudden release of energy, of magnetic origin, that accelerates particles producing emission throughout the entire electromagnetic spectrum and plasma heating. It is believed that a fraction of these accelerated particles are injected into bipolar magnetic fields. Radiation from these events at radio wavelengths is due to the acceleration of the energetic particles that spiral around magnetic loops. Thus masurements of right and left circularly polarized brightness temperature of three flares at the frequencies of 45 and 90 GHz yield degrees of circular polarization that reached 5 to 40 % and were opposites at 45 and 90 GHz, always being reversed for the events. The interpretation of these results may be associated with the asymmetry of the field strength of magnetic loop legs. The objective of this work is to study the magnetic field configuration and energy distribution of accelerated particles in solar flares. For the study of these solar flares, we use the observations of the telescopes POEMAS (POlarization Emission of Millimeter Solar Activity), that monitor the Sun at 45 and 90 GHz with circular polarization. Observations in radio were complemented with microwaves, using data from the Radio Solar Telescope Network (RSTN) at 1-15 GHz, and high frequency emission, at 212 and 405 GHz, observed by the Solar Submillimeter Telescope (SST). X-ray data were obtained from FERMI and RHESSI telescopes; and the Solar Dynamics Observatory (SDO) provided images at 171 Å and magnetograms of the active regions. To study the interaction between the particles and magnetic field we applied the model developed by Simões (2009). Numerical simulations were performed and produced sources at 45 and 90 GHz in a three dimensional magnetic loop with maximum intensity in opposite polarities of a dipole loop. The simulations also reproduced the degree of polarization and radio spectra observed in each event. Thus, by means of the simulations, we obtained the location of 45 and 90 GHz sources with predominant intensities in opposite magnetic polarities and with reversed degree of polarization.
Palavras-chave: explosões solares;  arco magnético assimétrico;  polarização;  solar flares;  asymmetric magnetic loops;  polarization
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Engenharia
Programa: Ciências e Aplicações Geoespaciais
Citação: SILVA, Douglas Félix da. Análise de explosões solares em 45 e 90 GHz observadas por POEMAS com medidas de polarização. 2016. 72 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1310
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12937
Data de defesa: 28-Jan-2016
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1310/1/DouglasFelixdaSilva.pdf
Aparece nas coleções:Ciências e Aplicações Geoespaciais - Dissertações - CRAAM

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.