Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12933
Tipo do documento: Dissertação
Título: O estudo das explosões solares simpatéticas e sua observação em frequências SUB-THz
Autor: Escate, Maria Victoria Gutierrez
Primeiro orientador: Kaufmann, Pierre
Primeiro membro da banca: Válio, Adriana Benetti Marques
Segundo membro da banca: Fauth, Anderson Campos
Terceiro membro da banca: Szpigel, Sérgio
Quarto membro da banca: Fernandes, Francisco Carlos Rocha
Resumo: Explosões solares simpatéticas são eventos que ocorrem quase simultaneamente, em regiões ativas distintas. Este trabalho apresenta o estudo de duas explosões solares que ocorreram no dia 8 de março de 2011, nas regiões ativas NOAA 11163 (N17W91) e 11165 (S20W91), entendidas como um evento simpatético característico. A maior explosão ocorreu na região sul, precedida por uma explosão menor na região norte, 5 minutos antes. Ambas detecções foram observadas em raios-X duros pelo satélite RHESSI. A primeira explosão também foi detectada pelo SST na RA do hemisfério norte. Imagens do SDO/AIA em EUV de alta cadência exibem um flash rápido e distinto, coincidente com a detecção do SST. As observações mostram que existem conexões magnéticas em grande escala entre as duas regiões ativas. Isso nos permitiu estudar três possíveis agentes de ativação entre as duas regiões ativas, sendo investigados, então, os seguinte mecanismos de ativação: (i) ondas hidrodinâmicas, ao longo da grande estrutura magnética coronal; (ii) ondas de choque do tipo Moreton, e, (iii) eco de plasma.
Abstract: Sympathetic solar flares are events occurring nearly simultaneously at distinct active regions with physical connection between them. Two flares that occurred on March 8, 2011 in active regions NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration) 11163 (N17W91) and AR 11165 (S20W91) is being studied. The larger flare occurred in the Southern region and was preceded by a smaller flare in the Northern region, about 5 minutes before. Both events were observed by RHESSI. The first explosion was detected by SST in the AR of north hemisphere, in two stages. There are also EUV SDO high cadence images that exhibit a distinct rapid flash coinciding with the SST burst as well as clear large scale magnetic connections between the two active regions. Three possible flare triggering agents from the Northern region towards the Southern region are being investigated: (a) hydrodynamic waves along the large coronal interconnecting magnetic structure, (b) surface Moreton-like shock waves, (c) plasma echoes.
Palavras-chave: explosões solares simpatéticas;  regiões ativas;  ondas magneto-hidrodinâmicas (MHD);  sympathetic flares;  active regions;  wave magnetohydrodynamics (MHD)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Engenharia
Programa: Ciências e Aplicações Geoespaciais
Citação: ESCATE, Maria Victoria Gutierrez. O estudo das explosões solares simpatéticas e sua observação em frequências SUB-THz. 2015. 70 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1306
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12933
Data de defesa: 18-Jun-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1306/1/MARIA%20VICTORIA%20GUTIERREZ%20ESCATE.pdf
Aparece nas coleções:Ciências e Aplicações Geoespaciais - Dissertações - CRAAM

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.