Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12795
Tipo do documento: Dissertação
Título: Anti-humanismo Teórico e ideologia jurídica em Louis Althursser
Autor: Davoglio, Pedro Eduardo Zini
Primeiro orientador: Mascaro, Alysson Leandro Barbate
Primeiro membro da banca: Almeida, Silvio Luiz de
Segundo membro da banca: Caldas, Camilo Onoda Luiz
Resumo: O presente trabalho tem por escopo, a partir de uma interpretação específica daquilo que Kaplan e Sprinker denominaram o legado althusseriano , seu sistema teórico e seus objetos, pensar as relações específicas que ligam os conceitos de ideologia, direito e subjetividade. Assim, empreende uma análise da ideologia em seu sentido teórico e prático, suas conexões com a filosofia, a ciência e a política, para compreender que, enquanto a categoria de Sujeito está irremediavelmente banida da problemática filosófica materialista, ela desempenha na qualidade de conceito científico uma função decisiva no dispositivo do materialismo histórico. Ao longo das páginas vamos descobrindo a conexão existente entre a questão do conhecimento imposta pela filosofia burguesa clássica e as categorias efetivamente em operação na prática jurídica; entre o humanismo de juventude de Marx e as ideologias teórica e prática do Homem, que se constituem sempre na forma do par humanismo-economicismo; e entre a constituição da função imaginária do sujeito pela interpelação ideológica e as práticas da circulação mercantil. Tudo isso vai sendo desvendado através dos instrumentos da ciência e da filosofia marxistas expostos em sua absoluta especificidade nos dois primeiros capítulos, analisados sob a ótica de uma cronologia da sua constituição no interior dos trabalhos de Althusser, o que envolve uma série de aporias, e mobiliza expedientes de leitura cuja inspiração é o próprio autor. Tratase, portanto, ao cabo, de uma tentativa de apreender, a partir da problemática althusseriana desenvolvida, seus possíveis desdobramentos para o pensamento do campo jurídico, sua especificidade histórica e as funções que a ele correspondem na reprodução das relações sociais da produção capitalista.
Abstract: This work aims to think, from a specific interpretation of what Kaplan and Sprinker termed "the Althusserian legacy", his theoretical system and its objects, the specific relations linking the concepts of ideology, law and subjectivity. Thus, undertakes an analysis of ideology in its theoretical and practical senses, its connections with philosophy, science and politics, to understand that while the category of Subject is banned from the materialist philosophical problematic, it plays a decisive function as a scientific concept of historical materialism. Throughout the pages we discover the connection between the question of knowledge imposed by classical bourgeois philosophy and the categories effectively operating in legal practice; between Marx s early humanism and the theoretical and practical ideologies of Man, which appears always as the couple humanism-economism; and between the constitution of the imaginary function of the subject by the ideological interpellation and the commodity circulation practices. All this is unveiled through the tools of Marxists science and philosophy, exposed in its absolute specificity in the first two chapters, analyzed from the perspective of a chronology of its incorporation within the Althusser's work, which involves a number of aporias and mobilizes reading arrangements whose inspiration is the author himself. It is, therefore, at the end, an attempt to apprehend, from Althusser's developed problematic, its possible outcomes for thinking the juridical field, its historical specificity and the functions that correspond to it in the reproduction of social relations of capitalist production.
Palavras-chave: anti-humanismo teórico;  ideologia jurídica;  marxismo;  theoretical anti-humanism;  juridical ideology;  marxism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Direito
Programa: Direito Político e Econômico
Citação: DAVOGLIO, Pedro Eduardo Zini. Anti-humanismo Teórico e ideologia jurídica em Louis Althursser. 2014. 151 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, SP, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1141
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12795
Data de defesa: 1-Ago-2014
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/1141/1/Pedro%20Eduardo%20Zini%20Davoglio.pdf
Aparece nas coleções:Direito Político e Econômico - Dissertações - Direito Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.