Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12569
Tipo do documento: Dissertação
Título: Das razões da utilização do EBITDA por profissionais de mercado: uma contribuição prática
Autor: Carvalho, Vinícius José Ribeiro de
Primeiro orientador: Mendonça Neto, Octavio Ribeiro de
Primeiro membro da banca: Oyadomari, José Carlos Tiomatsu
Segundo membro da banca: Pagano, Leonardo
Resumo: Este trabalho buscou entender a utilização do EBITDA por profissionais atuantes no mercado profissional brasileiro. O EBITDA, que despontou na década de 1970 nos Estados Unidos da América como uma ferramenta para medir o desempenho operacional de empresas com pesados investimentos em capital intensivo e/ou empresas altamente alavancadas, devido ao seu sucesso rapidamente se disseminou por todo o mundo como uma importante proxy para fluxos de caixa. No entanto, ao longo dos anos a comunidade acadêmica e profissional, assim como órgãos reguladores e normatizadores, levantaram uma série de críticas e ponderações quanto ao seu uso, possivelmente maiores que suas virtudes. Assim, nasceu a motivação deste trabalho: por que e como profissionais tão gabaritados continuam utilizando o EBITDA em seu dia a dia, apesar de suas fragilidades conceituais? Também teve-se a motivação de discutir um tema pouco aprofundado no Brasil. Trata-se de um trabalho de cunho qualitativo e exploratório, realizado através de entrevista com amostra de profissionais selecionados por conveniência e com os dados analisados pela técnica de análise de conteúdo, com suporte do software ATLAS.ti. Os resultados apontaram que os profissionais da amostra continuam utilizando o EBITDA principalmente pela facilidade de uso e de cálculo, além de entenderem ser uma boa medida de desempenho operacional. No entanto, além das diversas críticas tecidas, apontam também que o utilizam devido a falta de uma boa proxy para fluxo de caixa que tenha custo benefício de utilização semelhante. Por fim, identificamos que uma das razões para sua utilização reside no Isomorfismo Mimético, conforme analisado pela Nova Sociologia Institucional, ou Neo-institucionalismo.
Abstract: This study seeks to understand the utilization of EBITDA by Brazilian market professionals. EBITDA, which emerged in the 1970s in the United States as a tool to measure the operating performance of companies with heavy capital investments and / or highly leveraged companies, due to its success quickly spread throughout the world as an important proxy for cash flows. However, over the years the academic and professional community, as well as regulators and standard-setting bodies, raised a number of criticisms and warnings on its use, possibly greater than its virtues. Thus, was born the motivation of this work: why and how highly skilled and qualified professionals continue utilizing EBITDA in their daily work, despite its conceptual weaknesses? Additionally, there was the motivation to discuss an issue lacking depth in Brazil. This is a qualitative and exploratory study, conducted through interviews with a sample of professionals selected by convenience and the data analyzed by the content analysis technique, with ATLAS.ti software support. The results show that the professionals of the sample continue using EBITDA mainly for ease of use and calculation, and deem it a good measure of operating performance. However, in addition to several criticisms, also showed us that they continue to utilize EBITDA due to the lack of a good proxy for cash flow that has a similar cost-benefit relation. Finally, we identified that one of the probable reasons for its mass utilization lies in Mimetic Isomorphism, as analyzed by the New Institutional Sociology, or Neo-institutionalism.
Palavras-chave: EBITDA;  valuation;  finanças;  múltiplos;  BR GAAP;  IFRS;  CVM;  SEC;  teoria institucional;  nova sociologia institucional;  isomorfismo mimético;  EBITDA;  valuation;  finance;  multiples;  BR GAAP;  IFRS;  CVM;  SEC;  institutional theory;  neo-institutionalism;  mimetic isomorphism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEIS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Ciências Contábeis
Programa: Controladoria Empresarial
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/953
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12569
Data de defesa: 3-Fev-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/953/1/Vinicius%20Jose%20Ribeiro%20de%20Carvalho.pdf
Aparece nas coleções:Profissional em Controladoria Empresarial - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.