Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12492
Tipo do documento: Dissertação
Título: A responsabilidade ética do auditor: um estudo exploratório sobre a percepção dos auditores independentes
A responsabilidade ética do auditor: um estudo exploratório sobre a percepção dos auditores independentes
Autor: Felipe, Gustavo Melcher
Primeiro orientador: Imoniana, Joshua Onome
Primeiro membro da banca: Formigoni, Henrique
Segundo membro da banca: Carvalho, Luiz Nelson Guedes de
Resumo: O presente trabalho tem o objetivo de verificar por meio da percepção dos auditores independentes e dos profissionais de ensino que atuam ou atuaram como auditores independentes, quais os principais fatores que afetam a responsabilidade ética do auditor, com base nos códigos de conduta nacionais e internacionais da profissão. Em virtude dos fatores que contribuíram para os recentes escândalos contábeis/financeiros e até mesmo fraudes no mundo dos negócios, é essencial que as atividades profissionais do auditor independente sejam executadas de maneira adequada. Desta forma, o auditor deve observar e manter a postura ética e em concordância com os códigos de conduta da profissão, mitigando assim, os riscos da entidade auditada e protegendo sua imagem. Esse posicionamento também visa evitar que as empresas de auditoria tenham impactos negativos em sua credibilidade e venham a sofrer litígios, inclusive encerrando suas atividades como ocorreu com uma das maiores empresas de auditoria do mundo, a Arthur Andersen. Portanto, para guiar este estudo, o trabalho tem como questão de pesquisa: quais são os principais fatores que impactam a responsabilidade ética do auditor na percepção dos auditores independentes e dos profissionais de ensino? A população estudada foi dos auditores independentes encarregados (semi-sênior/ sênior/supervisor) nas empresas de auditoria intituladas Big Four (PricewaterhouseCoopers, Deloitte Touche Tohmatsu, Ernst & Young Terco e KPMG) localizadas em São Paulo e os profissionais de ensino de faculdades/universidades brasileiras que atuam ou atuaram como auditores independentes. Dentro deste contexto, realizou-se uma pesquisa qualitativa buscando identificar características que contribuíssem para validar o problema e os objetivos da pesquisa. A pesquisa revelou que existem treze fatores que poderiam impactar a responsabilidade ética do auditor, relacionados à: integridade, independência, competência técnica/zelo profissional e confidencialidade. Destes fatores identificados, sete são inerentes à percepção dos auditores independentes, dois são inerentes à percepção dos profissionais de ensino e os outros quatro são comuns em ambas percepções. Neste contexto, sugere-se para futuras pesquisas um aprofundamento no estudo destes fatores,incluindo a elaboração de estudos quantitativos com objetivo de identificar a correlação entre eles. Além disso, torna-se importante verificar o ponto de tangência entre a questão ética e a competência técnica do auditor, uma vez que nas percepções dos auditores independentes e profissionais de ensino alguns fatores não impactam a sua responsabilidade ética. Entretanto, evidências sugerem que poderiam ter correlação com a não identificação de alguns problemas contábeis/financeiros ocorridos no mundo dos negócios. São fatores envolvendo, por exemplo, a adequabilidade da metodologia de auditoria, qualidade dos treinamentos para aprimoramento e manutenção das competências profissionais e efetividade da educação continuada, que nem sempre são de responsabilidade direta de um auditor independente trainee/assistente.
Abstract: The objective of this study is to verify through the perception of independent auditors and educators in Brazilian universities which work or worked as independent auditor, the main factors that affect the auditor s ethical responsibility, based on the national and international auditor profession codes of conduct/ethical guidelines. Taking the stand of the factors that contributed to the recent financial/accounting scandals and even frauds in the world business scenario, it is imperative that the independent auditor s professional activities be performed in a more adequate manner. Therefore, the auditor should observe and maintain an ethical position and should be in compliance with the professional audit codes of conduct/ethical guidelines, therefore, mitigating audited entity s risk and protecting their image. This position also aims to prevent audit firms from embarrassment and a negative impact that generate loss of credibility and litigations, including folding up their activities as it happened to one of the biggest independent audit companies in this era, Arthur Andersen. Therefore, to guide this study, the research question is: what are the main factors that impact the auditor's ethical responsibility in the perception of independent auditors and educators? The studied population consisted of independent auditors (semi-senior/senior/supervising) from the Big Four audit firms (PricewaterhouseCoopers, Deloitte Touche Tohmatsu, Ernst & Young Terco and KPMG) in São Paulo Brazil, and educators in Brazilian universities which work or worked as an independent auditor. In this context, a qualitative analysis was performed, looking for characteristics that contribute to validate the objectives and the research question. The research revealed there are thirteen factors that could impact the auditor s ethic responsibility that are related to integrity, independence, technical competence, professional care and confidentiality. From these identified factors, seven are related to the independent auditors perception, two are related to the educators perception and the other four are common in both perceptions. In this context, it is suggested a deeper look into these factors for future researches, and this should go in line with deductive studies in order to ascertain the correlation between them. Furthermore, it is important to check the point of tangency between the question of ethics and technical competence of the independent auditors, since in the perceptions of the independent auditors and educators, some factors do not impact their ethical responsibility. However, evidences show that this could be related to unlikely mapping of accounting / financial problems occurred in the business scenario. And these are factors involving for instance, the adequateness of the methodology, quality of training to improvement and maintenance of professional skills and effectiveness of continuing education, which are not always the direct responsibility of a junior/assistant independent auditor.
Palavras-chave: auditor independente;  responsabilidade ética;  códigos de conduta;  independent auditor;  ethical responsibility;  codes of conduct
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEIS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Ciências Contábeis
Programa: Controladoria Empresarial
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/876
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12492
Data de defesa: 11-Fev-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/876/1/Gustavo%20Melcher%20Felipe.pdf
Aparece nas coleções:Profissional em Controladoria Empresarial - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.