Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12415
Tipo do documento: Dissertação
Título: A inovação e seus reflexos no crescimento do atacado de auto-serviço
A inovação e seus reflexos no crescimento do atacado de auto-serviço
Autor: Costa, Kenia Arruda Martins da
Primeiro orientador: Zilber, Moisés Ari
Primeiro membro da banca: Popadiuk, Silvio
Segundo membro da banca: Brito, Luiz Artur Ledur
Resumo: Este trabalho trata dos reflexos da inovação no crescimento do atacado de auto-serviço, especificamente entre os que comercializam alimentos, bebidas, higiene e limpeza. Conforme autores como Cantwell (2002), Porter (1991), Ansoff (1977), Penrose (1949), Schumpeter (1947) entre outros, a inovação é um importante fator para o crescimento da empresa que depende de um melhor desempenho e de uma posição privilegiada junto ao setor de sua atuação. A pesquisa foi realizada em 8 empresas, localizadas em São Paulo e Minas Gerais, pois esses dois estados em conjunto detêm em relação à participação no faturamento do atacado de auto-serviço, respectivamente 86,81% e 10,60% segundo dados da ABAD (2005). A pesquisa foi feita dentro do enfoque exploratório qualitativo, buscando uma compreensão mais ampla de como a inovação introduzida pelos atacadistas de auto-serviço é percebida e se ocorre reflexo no crescimento da empresa. Os dados coletados foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo, que permitiu a identificação de 6 categorias e 29 códigos associados. As empresas são receptíveis a inovação, pois ela permite o crescimento, melhores desempenhos e a redução de custo. Entretanto, as empresas não possuem departamentos ou funções internas com o objetivo único de inovar e suas fontes para inovar são: concorrentes, clientes, fornecedores e funcionários. Os problemas identificados pelas empresas para promover a inovação são, a quebra dos paradigmas, o custo do aprendizado, as incertezas sobre o retorno do investimento, e a burocracia para implantar as mudanças. O crescimento para as empresas pesquisadas envolve a abertura de loja, a expansão geográfica e pode ser decorrente, além da inovação, da habilidade gerencial e do investimento na empresa.
Abstract: This study analyses the consequences of innovation in the growth of the cash-and-carry wholesale market, specifically regarding the companies that deals with food, beverages, hygiene and cleaning products. According to authors such as Cantwell (2002), Porter (1991), Ansoff (1977), Penrose (1949), Schumpeter (1947) among others, the innovation is an important factor to the growth of a company that depends on a better performance and on a prominent position in its field of action. This research was accomplished by interviewing managers of 8 companies, located in São Paulo and Minas Gerais, since these two states represent, in this market, a revenue share of, respectively, 86,81% and 10,60%, according to ABAD s data (2005). It was conducted a qualitative research, in order to get a wider comprehension of how innovations introduced by cash-and-carry wholesalers are noticed and if it generate reflexes in the companies growth. The data collected were analyzed through content analysis technique and it had allowed the identification of 6 categories and 29 associated codes. Companies are open to innovation, since it allows growth, a better performance and cost reduction. However, these companies do not have departments or internal functions with the single objective of seeking innovations and its sources to innovation are: competitors, customers, suppliers and employees. The problems identified for these companies to promote innovation are: paradigm breaking, learning cost, lack of conviction that an investment will generate return, and the bureaucracy to implement changes. The growth for the researched companies involves opening of new stores and geographical expansion. The growth, besides innovation, can be also an outcome to the company investment and of its managerial ability.
Palavras-chave: inovação;  crescimento;  atacado;  atacado de auto-serviço;  innovation;  growth;  wholesale;  cash-and-carry warehouse
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Citação: COSTA, Kenia Arruda Martins da. A inovação e seus reflexos no crescimento do atacado de auto-serviço. 2006. 152 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/703
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12415
Data de defesa: 11-Out-2006
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/703/1/Kenia%20Arruda%20Martins%20da%20Costa.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.