Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12391
Tipo do documento: Dissertação
Título: Processo de tomada de decisão do investidor individual brasileiro no mercado acionário nacional: um estudo exploratório enfocando o efeito disposição e os vieses da ancoragem e do excesso de confiança
Autor: Gomes, Felipe Bogéa
Primeiro orientador: Barros, Lucas Ayres Barreira de Campos
Primeiro membro da banca: Basso, Leonardo Fernando Cruz
Segundo membro da banca: Silveira, Alexandre Di Miceli da
Resumo: Uma das vertentes de estudos de finanças comportamentais é a identificação de como as emoções e os erros cognitivos podem influenciar o processo de decisão de investidores. Trabalhos de psicologia experimental e finanças comportamentais evidenciaram o uso de heurísticas e dos vieses decorrentes destas no processo decisório dos agentes participantes do mercado financeiro. A presente pesquisa tem como objetivo conhecer e obter maiores informações sobre possíveis falhas cognitivas exibidas pelo investidor individual brasileiro durante seu processo decisório, relacionando seus resultados empíricos às teorias de finanças comportamentais. Assim, este trabalho se propôs a responder as seguintes perguntas: há evidências do efeito disposição e dos vieses da ancoragem com ajustamento insuficiente e do excesso de confiança no processo decisório do investidor brasileiro? De que maneira tais comportamentos poderiam estar relacionados com características pessoais dos investidores? Para a análise do processo decisório dos investidores foi desenvolvido um instrumento de pesquisa específico. O instrumento é um questionário composto por 38 perguntas, sendo 27 relacionadas às falhas cognitivas e 11 às características pessoais dos investidores. O contato com os investidores foi possível através de uma parceria com o Instituto Nacional dos Investidores (INI). O Instituto convidou seus associados, por email, a participar da pesquisa, indicando um sítio da internet. Cada investidor interessado acessou voluntariamente o sítio da internet e preencheu o questionário on-line. Foi utilizada uma amostra não probabilística, composta por investidores localizados em diferentes estados do Brasil. Após a exclusão dos questionários não válidos, obteve-se uma amostra de 512 indivíduos. Os resultados encontrados evidenciaram a ocorrência do efeito disposição e dos vieses da ancoragem com ajustamento insuficiente e do excesso de confiança, mas não constataram associações entre estes e as características pessoais dos investidores. A presença dessas falhas cognitivas em investidores tem sido documentada em diferentes países e situações. Todavia no Brasil, até onde sabemos, ainda não havia sido verificada sua presença em uma amostra composta por investidores atuantes no mercado acionário nacional. Portanto, os resultados obtidos contribuem no sentido de confirmar as evidências encontradas em outros países, mostrando que os investidores brasileiros também estão sujeitos a tais comportamentos. A não verificação das relações entre as falhas cognitivas e as características dos investidores permite sugerir a utilização de outras variáveis em trabalhos futuros, pois uma parte da literatura encontra evidência destas relações para algumas características específicas. Embora o instrumento de pesquisa empregado careça de validação formal, acreditamos que ele contribui na direção de se estabelecer um instrumento simples, de fácil aplicação e capaz de identificar falhas cognitivas possivelmente prejudiciais aos investidores brasileiros.
Abstract: Among the fields of study of behavioral finance is the identification of how emotions and cognitive errors can influence the decision process of investors. Published works in experimental psychology and behavioral finance indicated the use of heuristics behavio rs and their consequent biases in the decision process of agents participating in the financial market. The current research aims to recognize possible cognitive illusions shown by the Brazilian individual investor in their decision process, and also wishes to obtain more information about these biases, relating the empirical results to the theories of beha vioral finance. With that in mind, this thesis proposes to answer the following questions: is there evidence of the disposition effect and of the biases of anchoring with insufficient adjustment and overconfidence in the decision process of the Brazilian investor? How could these behaviors be related to personal traits of investors? In order to analyze the decision process of investors, a specific research instrument was developed. It is a questionnaire composed of 38 questions, 27 of which relating to biases and 11 to personal traits of investors. The contact with the investors was made possible through a partnership with the National Institute of Investors (INI in the Portuguese acronym). The Institute invited its associates to participate in the research through email and indicated the website where the questionnaire was available. In this way, each investor accessed the website and filled out the questionnaire on line. A non-probabilistic sample was used, made up of investors from different states in Brazil. After the exclusion of non-valid questionnaires, there remained a sample of 512 individuals. The results of this research are evidence of the presence of the disposition effect, of anchoring with insufficient adjustment and of overconfidence, but they do not prove their connection to the personal characteristics of investors. The presence of cognitive illusions has been documented in several countries and situations. However, in Brazil, as far as we know, their presence in a sample made up of investors participating in the Brazilian stock market had not been identified yet. Therefore, the results obtained contribute to confirm evidence from other countries, showing that the Brazilian investor is also subject to such behavior. The failure to verify the relationship of the cognitive errors with the characteristics of investors permits us to suggest the use of other variables in future works since part of the literature finds evidence of these relationships in certain specific characteristics. Although the research instruments lack formal validation, they contribute to the establishment of simple, easily applicable instruments that may identify cognitive illusions detrimental to Brazilian investors.
Palavras-chave: ancoragem;  excesso de confiança;  efeito disposição;  finanças comportamentais;  anchoring;  overconfidence;  disposition effect;  behavioral finance
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Citação: GOMES, Felipe Bogéa. Processo de tomada de decisão do investidor individual brasileiro no mercado acionário nacional: um estudo exploratório enfocando o efeito disposição e os vieses da ancoragem e do excesso de confiança. 2007. 124 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/677
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12391
Data de defesa: 9-Ago-2007
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/677/1/Felipe%20Bogea%20Gomes.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.