Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12390
Tipo do documento: Dissertação
Título: Exploration e exploitation na estratégia de diversificação da indústria sucroalcooleira paulista
Autor: Santos, Fábia Maria Silva Lins dos
Primeiro orientador: Popadiuk, Silvio
Primeiro membro da banca: Vidal, Patricia Gonçalves
Segundo membro da banca: Stal, Eva
Resumo: Tradicionalmente, o setor sucroalcooleiro é um produtor de commodities e raramente inova sua carteira de produtos, embora algumas pesquisas demonstrem que firmas dentro do setor têm usado estratégia(s) de diversificação destas carteiras para buscar crescimento. Para atingir esta(s) estratégia(s), as firmas fazem escolhas entre: prospectar conhecimento novo (exploration) ou aproveitar competências não utilizadas (exploitation). O uso do conhecimento é característico dos sistemas setoriais de inovação devido à interação entre seus atores e instituições. Através de um estudo exploratório, mediante a aplicação de estudo multicasos e pesquisa de múltipla estratégia (quantitativa e qualitativa), buscou-se verificar qual dos processos exploration ou exploitation predomina na estratégia de diversificação das firmas sucroalcooleiras. As principais contribuições deste estudo relacionaram-se a três objetivos específicos: (1) identificar características de diversificação presentes nas usinas estudadas; (2) caracterizar os processos de exploration e exploitation nessas usinas; (3) apresentar argumentos que suportem o pressuposto de que o setor sucroalcooleiro é um sistema setorial de inovação. Os resultados apontaram que oito entre nove usinas pesquisadas apresentaram algum tipo de diversificação, de acordo com a classificação de Penrose (1959). Todas as usinas apresentaram participação no sistema setorial em menor ou maior grau e processos voltados à exploitation, mas observou-se que a pontuação em exploration pode ser um fator que explica a busca pela diversificação produtiva. As usinas com valores altos em exploration foram aquelas que apresentaram uma carteira de produtos diferenciada e também nas quais observou-se uma interação maior com universidades e entidades de pesquisa, buscando a prospecção do conhecimento. Espera-se que o presente estudo possa apoiar futuras pesquisas sobre geração de conhecimento em firmas voltadas a estratégias de diversificação.
Abstract: Traditionally, the sugar cane sector is commodities industry and rarely innovate its portfolio, although researches have shown that some firms inside the sector have been using portfolio diversification strategies in the search of growth. Inside these strategies, the firms have made choices to: prospect new knowledge (exploration) or take advantage of not utilized competencies (exploitation). The use of knowledge is part of sectoral systems of innovation due to actors and institutions interaction. Using an exploratory and multicase and multistrategy study, this project wants to verify which processes exploration or exploitation is predominant on diversification strategy of sugar cane firms. The main contribution of this study are related to three main objectives: (1) identify characteristics of diversification in the sugar cane plants; (2) distinguish the processes of exploration and exploitation in these plants; (3) present evidences that support the presupposition of sugar cane sector being a sectoral systems of innovation. The results have shown that, from a total of nine firms, eight of them developed diversification strategies, related to Penrose (1959) classification of diversification. All of them participated in the sectoral systems of innovation, interacting in major or minor degree. All researched firms presented process related to exploitation, but their punctuation in exploration may explain their search for diversification. The high punctuation at exploration of some firms suggests it may be an explanation of their differentiated portfolio. Furthermore they showed intensive interaction with universities and research entities, in the search for new knowledge. These findings where consistent with the main objective defined in this project. It is expected that the present study might support future researches upon knowledge generation in firms oriented to diversification strategies.
Palavras-chave: conhecimento;  exploration;  exploitation;  diversificação;  sucroalcooleiro;  açúcar;  álcool;  exploration;  exploitation;  knowledge;  diversification;  sugar cane industry;  sugar;  alcohol;  ethanol
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Citação: SANTOS, Fábia Maria Silva Lins dos. Exploration e exploitation na estratégia de diversificação da indústria sucroalcooleira paulista. 2007. 182 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/676
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12390
Data de defesa: 16-Ago-2007
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/676/1/Fabia%20Maria%20Silva%20Lins%20dos%20Santos.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.