Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12370
Tipo do documento: Dissertação
Título: Joint ventures internacionais: relações entre aprendizagem interorganizacional, capacidade relacional e desempenho - um estudo de caso no setor alimentício brasileiro
Autor: Mattar, Jorge Luis
Primeiro orientador: Bataglia, Walter
Primeiro membro da banca: Silva, Adilson Aderito da
Segundo membro da banca: Hoffmann, Valmir Emil
Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo avaliar as relações entre aprendizagem interorganizacional, a capacidade relacional e o desempenho das joint ventures internacionais (JVIs) no setor de alimentos no Brasil. Em um contexto de negócios moldados pela competitividade e eficiência organizacional, em um mundo cada vez mais interconectado, JVIs se tornaram uma importante força nas estratégias globais das empresas multinacionais. Apesar dos potenciais benefícios sinérgicos esperados, as JVIs são inerentemente formas organizacionais instáveis, uma vez que os incentivos à competição entre os parceiros são contraditórios com a cooperação entre eles. As JVIs são reconhecidamente veículos de aprendizagem inter oganizacional influenciados pelo desenvolvimento da capacidade de gestão da aliança, ou seja, a capacidade relacional. A aprendizagem interorganizacional explora as dinâmicas envolvidas com a aprendizagem colaborativa e competitiva entre os parceiros para gerar vantagem competitiva. Escolheu-se o setor de alimentos no Brasil em função de sua relevância para os objetivos da pesquisa, destacando-se a rápida evolução tecnológica do processo produtivo, a abertura comercial brasileira e o aumento da concorrência, especialmente pela entrada de grandes empresas multinacionais no setor. O estudo adota a metodologia qualitativa a partir da estratégia de estudo de casos múltiplos, envolvendo os gestores que participam da gestão de duas JVIs selecionadas. Os dados foram coletados via seis entrevistas com três executivos seniores de cada JVI e foram tratados se utilizando a técnica de análise categorial temática com categorias definidas a-priori. Os resultados obtidos corroboram com a literatura existente ao confirmar que nas JVIs direcionadas aos resultados o desempenho é avaliado pelo conjunto de métricas objetivas e, longevidade ou término das JVIs não deve ser utilizado como indicadores de desempenho. Ratifica que JVIs representam um importante canal de transferência de conhecimento entre organizações, influenciado pela natureza competitiva entre os parceiros, sendo que a natureza competitiva não é só função da sobreposição nos segmentos de atuação, mas também das diferenças em dimensões e agendas estratégicas entre eles. A existência da capacidade relacional nas JVIs, por sua vez, através de modelos de governança efetivos, favorece a aprendizagem interorganizacional e contribui para um melhor desempenho destas JVIs. Quanto às contribuições para a prática da gestão, este estudo, através das proposições apresentadas, oferece um portfólio de conhecimento para organizações e gestores interessados na formação ou que necessitam aumentar seu entendimento sobre as dinâmicas envolvidas nesta forma organizacional. As limitações identificadas neste estudo, relacionadas ao tipo de aliança estudada, setsetor da economia e restrição geográfica, implicam em oportunidades para futuras pesquisas.
Abstract: This research aimed to evaluate the relations amongst inter organizational learning, relational capability and performance of international joint ventures (IJVs), in the Brazilian food industry. In a business context shaped by competitiveness and organizational efficiency, within an increasingly interconnected world, IJVs have become a major force of multinational enterprises global strategies. Despite bringing potential synergistic benefits, the IJVs are inherently unstable organizational forms as the incentives for competition are contradictory with cooperation between the joint ventures partners. IJVs represent a vehicle for inter organizational learning which is influenced by their ability to manage alliances, known as relational capability. The Brazilian food industry was chosen because it provides a rich source of data relevant to this research s goals, mainly because of its rapid technological evolution as well as due to opening the country s boundaries to international trade. This has enhanced the industry s competitiveness primarily due to the entry of large multinational companies. A qualitative methodology with multiple case studies approach was adopted. Data were collected through six interviews with three senior executives of each IJV and handled using the thematic category content analyses technique with a priori categorization. The results corroborates with the existing literature by confirming that in IJVs oriented towards (financial) results, performance is evaluated through a set of objective measures and that IJV longevity or its termination shall not be used as performance indicators. It reinforces that, IJVs represent an important inter companies knowledge transfer channel influenced by its partners competitiveness, knowing that competitiveness is not only defined by the business activity overlap but also by the different dimensions and strategic agendas between the partners. The evidence of relational capability in the JVIs through effective governance models, promotes inter organizational learning and contribute to improve the IJVs performances. With regards to the managerial contribution the research s outputs offers a broader portfolio of knowledge for enterprises and managers interested either in acquiring or strengthening their know-how on this field. The limitations identified in this study are related to the type of alliances (IJV), the sector of the economy (food industry) and the geographical restriction, which all represents opportunities for future research.
Palavras-chave: joint ventures internacionais;  aprendizagem interorganizacional nas JVIS;  capacidade relacional nas JVIS;  desempenho das JVIS;  international joint ventures;  inter-organizational learning in IJVS;  relational capability in IJVS;  performance of IJVS
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Citação: MATTAR, Jorge Luis. Joint ventures internacionais: relações entre aprendizagem interorganizacional, capacidade relacional e desempenho - um estudo de caso no setor alimentício brasileiro. 2015. 171 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/656
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12370
Data de defesa: 10-Ago-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/656/1/Jorge%20Mattar%20%282%29.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.