Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12267
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estratégias de aprendizagem informal e a aprendizagem dos profissionais de enfermagem - um estudo correlacional em hospitais
Autor: Conte, Daniela de Lima
Primeiro orientador: Bido, Diógenes de Souza
Primeiro membro da banca: Godoy, Arilda Schmidt
Segundo membro da banca: Souza, Cesar Alexandre de
Resumo: As organizações se esforçam em planejar processos de aprendizagem formais e cada vez mais reconhecem a importância da aprendizagem informal, apesar da dificuldade de explicitar de forma quantitativa sua contribuição ao desempenho organizacional. A partir de Pantoja (2004), vários pesquisadores têm estudado estratégias de aprendizagem informal (EAI) e seus antecedentes. A principal contribuição deste trabalho é utilizar as EAI como preditoras da aprendizagem individual dos profissionais de enfermagem, ou seja, um contexto profissional ainda não pesquisado, e a possibilidade de avaliar a validade preditiva das EAI, que são: reprodução, reflexão intrínseca, reflexão extrínseca, busca de ajuda em material escrito, busca de ajuda interpessoal e aplicação prática. As estratégias foram mensuradas por um instrumento com trinta e três afirmativas. As EAI foram utilizadas como preditoras da aprendizagem individual, mensuradas por 18 itens, sendo consideradas variáveis latentes de segunda ordem, com as seguintes dimensões: frequência, importância da aprendizagem individual e estoque de aprendizagem individual. Os dados foram coletados em quatro hospitais e analisados de forma dicotômica (público x privados), e participaram dessa pesquisa 486 respondentes (enfermeiros e técnicos de enfermagem). A análise dos dados foi realizada pela modelagem em equações estruturais com estimação por mínimos quadrados parciais, permitindo a avaliação do modelo de mensuração (validade convergente, discriminante e confiabilidade) e do modelo estrutural (significância dos coeficientes estruturais e tamanho do efeito R2). No ambiente público, as variáveis latentes apresentaram variância média extraída entre 0,47 e 0,76 (validade convergente), a raiz quadrada da variância média extraída foi superior às correlações entre as variáveis latentes (validade discriminante) e a confiabilidade composta superior a 0,71. No ambiente privado, as variáveis latentes apresentaram variância média extraída entre 0,56 e 0,76 (validade convergente), a raiz quadrada da variância média extraída foi superior às correlações entre as variáveis latentes (validade convergente) e a confiabilidade composta superior a 0,83. Quanto ao modelo estrutural, no hospital público, foi observado que, na percepção desses profissionais, há alguma possibilidade de aprendizagem individual (média = 7,41 e desvio padrão = 2,17, numa escala de 1 a 10). Mas apenas a estratégia ajuda interpessoal apresentou influência significativa com a aprendizagem individual. Nos hospitais privados, foi observado que também existe essa percepção da aprendizagem individual (média = 8,83 e desvio padrão = 1,08, numa escala de 1 a 10). E todas as estratégias apresentaram relação significante com a aprendizagem individual, exceto a reprodução, que apresentou relação negativa com a aprendizagem individual (coeficiente estrutural = - 0,358, p < 0,01). Esses resultados podem ser explicados do ponto de vista prático pela situação atual das organizações: o hospital público teve recentemente sua administração trocada, um novo modelo de gestão está sendo implantado, principalmente no corpo de enfermagem, que vem afetando os seus processos de trabalho e, consequentemente, seus processos de aprendizagem. Os hospitais privados apresentam um modelo de gestão do corpo de enfermagem bem consolidado. Estão presentes nesse ambiente selos de acreditação em qualidade e os processos de aprendizagem dos profissionais de enfermagem também são fortemente estimulados pela organização.
Abstract: Organizations strive to plan formal learning processes and increasingly recognize the importance of informal learning, although it is difficult to explain quantitatively their contribution to organizational performance. From Pantoja (2004), several researchers have studied informal learning strategies (ILS) and its antecedents. The main contribution of this work is to use the ILS as predictors of individual learning of nursing professionals. In other words, a professional context not yet researched and the possibility of evaluating the predictive validity of the ILS: reproduction, intrinsic reflection, extrinsic reflection, seeking help with written material interpersonal help and practical application. These strategies were measured by an instrument containing thirty-three statements. The following ILS were used as predictors of individual learning, measured by 18 items, and it was considered as second-order latent variables with the following dimensions: the frequency, the importance of individual learning and the stock of individual learning. The data was collected in four hospitals and analyzed in a dichotomic way (public vs. private). In this study, 486 respondents participated (nurses and technical nursing). The data analysis was performed by means of structural equation modeling with partial least squares estimation, allowing the evaluation of the measurement model (convergent validity, discriminant and reliability) and the structural model (significance of the structural coefficients and effect size - R2). In public environment, the latent variables had average variance extracted between 0,47 and 0,76 (convergent validity), the square root of the average variance extracted was greater than the correlations between the latent variables (discriminant validity) and composite reliability was above 0,71. In private environment, the latent variables had average variance extracted between 0,56 and 0,76 (convergent validity), the square root of the average variance extracted was greater than the correlations between the latent variables (convergent validity) and composite reliability was above 0 , 83. As for the structural model, the public hospital showed that, in the perception of these professionals, there is some possibility of individual learning (mean = 7,41 and SD = 2,17 on a scale of 1 to 10). But only the strategy interpersonal help had significant influence on individual learning. In private hospitals, it was observed that there is also this perception of individual learning (mean = 8,83 and SD = 1.08 on a scale of 1 to 10). Furthermore, all strategies have a significant relationship with the individual learning, except reproduction, which showed negative relationship with individual learning (structural coefficient = - 0,358, p <0.01). These results can be explained from the practical point of view of the organizations current situation. The public hospital had recently changed its management, for a new management model is being implemented, especially in the nursing staff, which has affected the work processes of professionals and, consequently, their learning processes. Private hospitals already have a well established management model for the nursing staff. Seals in quality and accreditation processes of learning of nursing professionals were present in this process, and are also strongly encouraged by the organization
Palavras-chave: aprendizagem informal;  estratégias de aprendizagem informal;  aprendizagem dos profissionais de enfermagem;  modelagem em equações estruturais;  informal learning;  informal learning strategies;  learning of professional nursing;  structural equation modeling
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/552
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12267
Data de defesa: 15-Dez-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/552/1/Daniela%20de%20Lima%20Conte.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.