Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12263
Tipo do documento: Dissertação
Título: Verificação do modelo da Pecking Order Theory na estrutura de capital das empresas listadas brasileiras através das componentes do déficit financeiro
Autor: Correa, Glauber Marques
Primeiro orientador: Nakamura, Wilson Toshiro
Primeiro membro da banca: Basso, Leonardo Fernando Cruz
Segundo membro da banca: Sheng, Hsia Hua
Resumo: A forma de financiamento das empresas tem sido objeto de estudo, com maior enfoque, desde a publicação do artigo de Modigliani e Miller em 1958, no qual afirmavam que, sob determinadas circunstâncias, o valor da empresa não era afetado pela sua estrutura de capital. A partir desse artigo pioneiro, muitos estudos foram efetuados, permitindo o surgimento de diversas teorias que pretendem explicar como as empresas buscam o seu nível adequado de financiamento. Dentre essas teorias, destaca-se a Pecking Order, também denominada Hierarquia das Fontes. Trata-se de uma importante proposta que visa explicar as decisões de financiamento e as estruturas de capital das empresas. Pressupondo-se a assimetria de informação entre gestores e investidores (uma vez que os gestores sabem mais acerca das perspectivas, riscos e valores das suas respectivas empresas do que os investidores externos), Myers e Majluf (1984) afirmam que a formação da estrutura de capital por parte das empresas está baseada em uma hierarquia de fontes denominada como Pecking Order Theory, na qual o investimento é financiado, em primeiro lugar, por fundos gerados internamente (principalmente lucros reinvestidos); em seguida, por novas emissões de títulos de dívida; e finalmente, por novas emissões de ações.Utilizando um Modelo de Dados em Painel, através do agrupamento das empresas segundo seu tamanho, rentabilidade e crescimento, esse artigo propõe-se a verificar se o financiamento do déficit financeiro das empresas brasileiras listadas na BMF&BOVESPA segue as previsões da Pecking Order Theory.Os resultados obtidos demonstram que nenhuma das amostras apresentou aderência às previsões da Teoria, sendo que a amostra de grandes empresas foi a que mais se aproximou dessa condição. Também se verificou um nível baixo de emissão secundária de ações, indicando que pode haver outras formas de financiamento do déficit financeiro que não apenas dívida e emissão de ações.
Abstract: The way companies are financed has been an object of study, mainly after the 1958 theorem from Modigliani e Miller was published, in wich the authors stated that,under certain circumstances, a company´s value is unaffected by how it is financed capital structure irrelevance hypothesis. Thereafter, there have been many studies on the subject, enabling the emergence of several theories that intend to explain how companies search for their optimal capital structure.Among those theories, there is the very influential Pecking Order, also called Hierarchy of Sources Structure. It is an important proposal that aims to explain the decisions concerning funding and the capital structures of companies. Assuming the asymmetry of information between managers and investors (since managers know more about the prospects, risks, and values of their respective companies than external investors). Myers and Majluf (1984) claim that the formation of capital structure by companies is based on a hierarchy of sources called Pecking Order Theory, in wich the investment is financed primarily by internally generated funds (mainly reinvested); then for new issues of debt securities; and finally, for new issues of shares.This paper, by using a data template in which companies are grouped according to their size, profitability and growth, aims to verify if in financing the financial debt of Brazilian companies listed on BMF&BOVESPA the expected results of the Pecking Order Theory will be present.The results show that none of the samples showed adherence to the predictions of theory, and the sample of large companies was the one closest to this condition. There was also a low level of a secondary emission of shares, indicating that may be other ways of funding the financial shortfall that not only debt and equity.
Palavras-chave: estrutura de capital;  déficit financeiro;  pecking order theory;  capital structure;  financial deficit
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/548
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12263
Data de defesa: 22-Dez-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/548/1/Glauber%20Marques%20Correa.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.