Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12259
Tipo do documento: Dissertação
Título: Segmentação de empresas de serviços de informática: uma análise sob a ótica de ecologia organizacional
Autor: Palmaka, Ricardo Presz
Primeiro orientador: Meirelles, Dimária Silva e
Primeiro membro da banca: Basso, Leonardo Fernando Cruz
Segundo membro da banca: Kon, Anita
Resumo: Classificar coisas é a base para que seja possível estudar as diferenças entre estas coisas; é uma forma de armazenar dados e permitir as buscas pelas informações. Assim ocorre na biologia, área de estudo em que a classificação de organismos é de indiscutível importância. Inspirada na biologia, a teoria de Ecologia Organizacional tem se preocupado com a classificação de organizações. Muitas das pesquisas sobre organizações utilizam predominantemente uma classificação de empresas que as distingue por tipo de indústria as quais pertencem ou pelo tipo de produto que oferecem a determinados mercados (HANNAN; HSU, 2005). Isso não é surpreendente, visto que estes são critérios adotados pelas estatísticas oficiais nas classificações das atividades econômicas, tanto em nível nacional quanto internacional. A classificação por produto supõe que em um grupo existam empresas homogêneas e é comumente usada para segmentação de potenciais clientes nas áreas de marketing das empresas para criar ações mais efetivas de vendas, comunicação ou promoção, por exemplo. Esta classificação, entretanto, não é adequada, sobretudo do ponto de vista organizacional. Corre-se o risco de juntar empresas diferentes entre si dentro de um mesmo grupo: uma grande empresa multinacional pode compartilhar a mesma atividade econômica de uma microempresa e as duas, tão diferentes entre si, serem classificadas dentro de um grupo comum, pois oferecem os mesmos tipos de produtos ou serviços. O principal objetivo desta dissertação é, usando o conceito de forma organizacional proposto pela Ecologia Organizacional, identificar os segmentos de empresas de serviços de informática. Analogamente ao gene na biologia, a forma organizacional funciona como um conjunto de instruções para criação e condução das ações coletivas no âmbito da organização. O trabalho procurou mostrar que dentro de um grupo de empresas de software é possível classificá-las de acordo com a sua forma organizacional, levando em consideração não apenas suas atividades, mas outros atributos que dão forma a uma empresa. Para a identificação desses atributos foram utilizadas as definições de forma na Ecologia Organizacional em uma pesquisa em 100 empresas de Tecnologia da Informação, em que foram encontrados cinco grupos de empresas, usando características objetivas de forma organizacional.
Abstract: Classifying things in groups is basic to study differences between these things; it is a way to store data and retrieve information. This happens in biology, the area of study where the classification of organisms is unquestionable important. Inspired by biology, Organizational Ecology theory has been concerned with the classification of organizations too. Much of the organizational research relies primarily on a firm classification which separates them by type of industry they belong to or by the type of product they offer to certain markets (HANNAN, HSU, 2005). This is not a surprise, since these are the criteria adopted by the official statistics in the classifications of economic activities, both nationally and internationally. Grouping companies by products they offer is also a commonly used way to target potential customers in marketing strategies, to create more effective sales processes, communication or promotion actions, for example. This kind of classification, however, is not always adequate, especially from an organizational point of view. It brings the risk of putting together different companies within a group: a large multinational company could share the same economic activity of a small business and both, although so different, be classified into a common group, since they offer the same types of products or services. The main goal of this dissertation is, using the concept of organizational form proposed by the Organizational Ecology, identify different groups in the software market. Similarly to the gene in biology, the organizational form serves as a set of instructions for the creation and conduction of collective action within the organization. This paper sought to show that within a group of software companies it possible to classify them according to their organizational form, taking into consideration not only their activities, but other attributes that form a company. To identify those attributes, the definitions of the form in Organizational Ecology were used, with a survey of 100 Information Technology companies, which generated five groups of companies, using objective characteristics of the organizational forms.
Palavras-chave: forma organizacional;  classificação de empresas;  ecologia organizacional;  empresas de serviço de informática;  organizational form;  industry classification;  organizational ecology;  information technology sector
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/544
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12259
Data de defesa: 15-Fev-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/544/1/Ricardo%20Presz%20Palmaka.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.