Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12246
Tipo do documento: Dissertação
Título: A relação entre gestão logística, Modal Shift e desempenho no mercado de fertilizantes brasileiro
Autor: Riquetti, Alessandro
Primeiro orientador: Moori, Roberto Giro
Primeiro membro da banca: Meirelles, Dimária Silva e
Segundo membro da banca: Reis, Manoel de Andrade e Silva
Resumo: O perfil da matriz brasileira de transportes, predominantemente rodoviário, tem causado diversos problemas à sociedade e às organizações. Dentre eles, destacam-se: o mau estado de conservação das rodovias, trazendo riscos de acidentes e elevando o custo do transporte; aumento dos níveis de congestionamento das regiões metropolitanas e portuárias, gerando mais poluição e; dificuldade de escoamento da safra, principalmente para exportação, devido à baixa produtividade do transporte rodoviário em longas distâncias. Uma solução possível em substituição ao uso do transporte rodoviário é o transporte intermodal (Modal Shift). Entretanto, existem gargalos que precisam ser superados de maneira a incentivar o uso do transporte intermodal pelos embarcadores. A velocidade das ferrovias ainda é baixa em comparação a outros países. Em algumas rotas, as tarifas ferroviárias são altas em comparação às rodovias e os terminais de transbordo têm baixa produtividade, tornando o tempo de trânsito elevado. Neste contexto, o presente estudo teve como objetivo identificar a influência do Modal Shift na relação entre Gestão Logística e Desempenho. Fundamentado nas teorias da logística empresarial, este estudo foi desenvolvido em duas etapas. Na primeira etapa, de natureza exploratória, teve por objetivo, conhecer com maior profundidade a gestão logística e os processos de transportes intermodais. Os dados coletados por meio de entrevistas em profundidade e tratadas pela análise de conteúdo revelaram fatores importantes para o prosseguimento da segunda etapa. Assim, de posse dos resultados da etapa anterior, realizou-se a pesquisa de natureza descritiva com o objetivo de identificar a influência do modal shift na relação entre a gestão logística e o desempenho. Para tanto, utilizou-se de questionários semi-estruturados e aplicados juntos aos gestores de empresas associadas á ANDA (Associação Nacional para a Difusão de Adubos). As respostas coletadas foram tratadas pelas estatísticas descritivas e multivariadas, e revelaram que: a) a intermodalidade (modal shift), embora tenha apresentado como variável mediadora entre a gestão logística e desempenho, ela está aquém de ser considerada influenciadora sobre o desempenho logístico e; b) o desempenho logístico para a indústria nacional de fertilizantes pode ser decorrente de ações como: reduzir o desperdício de produtos durante a troca de modais, aumentar a velocidade dos trens, aumentar a produtividade nos terminais de transbordo e armazéns e empregar com mais eficiência a tecnologia da informação. Por conta destes resultados, pode-se concluir que o Modal Shift é utilizado pelos gestores de logística como meio para buscar o equilíbrio entre as tarifas praticadas pelo transporte ferroviário e o rodoviário e, ainda, existe um longo percurso a ser caminhado para a vantagem competitiva, baseado na logística.
Abstract: The profile of the Brazilian transport mode, mainly roads, has caused many problems for society and organizations. Among them are: the poor condition of roads, bringing risks of accidents and the rising cost of transportation, increased levels of congestion in metropolitan areas and ports, generating more pollution and, difficulty in disposing of the crop, especially for export due to low productivity of road transport over long distances. One possible solution to replace the use of road transport is intermodal transport (Modal Shift). However, there are bottlenecks that need to be overcome in order to encourage the use of intermodal transport by shippers. The speed of the railroad is still low compared to other countries. On some routes, rail fares are high compared to highways and transhipment terminals have low productivity, making the transit time high. In this context, this study aimed to identify the influence of Modal Shift in the relationship between Performance Management and Logistics. Based on theories of business logistics, this study was conducted in two stages. In the first stage of exploratory nature, aimed at, to know more deeply the management of logistics and intermodal transport processes. The data collected through interviews and processed by content analysis revealed important factors for the continuation of the second step. Thus, with the results of the previous step, we carried out the research of a descriptive nature in order to identify the influence of modal shift in the relationship between performance and logistics management. To this end, we used semi-structured questionnaires and applied with the managers of member companies will ANDA (National Association for the Promotion of Fertilizers). The responses collected were processed by descriptive statistics and multivariate, and showed that: a) intermodal (modal shift), although presented as mediating variable between the logistics management and performance, it falls short of being considered influential on the performance and logistics; b) logistics performance for the domestic fertilizer industry may result from actions such as reducing waste products when changing modes, increase the speed of trains, increase productivity in transhipment terminals and warehouses and employ more efficiently the information technology. Because of these results, it can be concluded that the Modal Shift is used by logistics managers as a means to seek a balance between the rates charged by road and rail and also there is a long way to moving toward competitive advantage, based on logistics.
Palavras-chave: intermodalidade;  Modal Shift;  gestão logística;  intermodality;  Modal Shift;  logistics management
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/531
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12246
Data de defesa: 13-Set-2011
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/531/1/Alessandro%20Riquetti.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.