Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12229
Tipo do documento: Dissertação
Título: Aprendizagem como estoques e fluxos de conhecimento em organizações que integram redes de informação e conhecimento científico em saúde
Autor: Valentim, Silvia Maria Fernandes Almeida de
Primeiro orientador: Bido, Diógenes de Souza
Resumo: A aprendizagem organizacional constitui um importante domínio na gestão das organizações a considerar a complexidade, dinamismo e competitividade crescente que caracteriza o cenário global contemporâneo. A criação, acesso, transferência e uso efetivo dos conhecimentos gerados em ambiente interno e externamente, por meio da relação das organizações com o seu entorno são importantes neste contexto. Para tanto se requer condições que facilitam e estimulam a utilização e exploração dos novos e já existentes conhecimentos nas diferentes fontes de aprendizagem e geração de conhecimentos na organização. O objetivo deste estudo foi verificar a influência dos estoques e fluxos de aprendizagem nos níveis do indivíduo, grupo, organização e interorganização (ou de redes) no desempenho das instituições brasileiras objeto deste estudo, que são predominantemente de caráter público, sem fins lucrativos, vinculadas aos sistemas nacionais de pesquisa, educação e atenção à saúde e que integram redes de conhecimento científico. Para a coleta de dados foi utilizado um questionário estruturado, buscando levantar a percepção dos profissionais nas instituições pesquisadas, sendo obtidos 110 questionários válidos. Por meio de método quantitativo, para a análise dos dados foi utilizada a análise fatorial confirmatória e a modelagem em equações estruturais com estimação PLS-PM (Partial Least Squares-Path Modeling). Destacam-se as seguintes contribuições da presente pesquisa: desenvolvimento e validação de uma escala para a mensuração do estoque de aprendizagem no nível de redes (interorganizacional), tradução e validação de escala para a mensuração dos estoques e fluxos de aprendizagem e modelagem dos estoques como uma variável latente de segunda ordem para eliminar problemas de multicolinearidade no modelo estrutural. As cinco hipóteses foram confirmadas sendo que o desalinhamento entre os estoques e os fluxos de aprendizagem prejudicam o desempenho das instituições e os estoques de aprendizagem impactam positivamente o desempenho, explicando 78% da variância do desempenho percebido. Estes resultados confirmam os resultados da pesquisa de referência na aplicação do modelo de Aprendizagem 4I e a matriz SLAM e a abordagem integrada de estoques e fluxos de conhecimento que ocorrem no interior das organizações e na relação com o seu entorno, e representa também uma contribuição à pesquisa, estudo e prática da aprendizagem organizacional no Brasil. Ainda apontam os resultados, que os fluxos de aprendizagem deveriam ocorrer de forma alinhada aos estoques de conhecimento existentes, buscando a renovação constante e organizada.
Abstract: Organizational learning is an important domain in the management of organizations given the growing complexity, dynamism and competitiveness of the current global scenario. The creation of, access to, transfer and effective use of knowledge created inside and outside organizations through the relationships established by organizations with their environs are important in this context. Conditions are required to facilitate and encourage the use and exploration of knowledge that already exists or that is new in different sources of learning and to generate knowledge within organizations. The purpose of this study was to verify the influence of learning stocks and flows at the individual, group, organizational and interorganizational levels (or at the network level) and the influence of such flows and stocks on the performance of the Brazilian institutions which are the object of this study. These organizations are predominantly public non-profit organizations linked to national institutions for research, education and healthcare which are part of scientific knowledge networks. A structured questionnaire was used to gather data on the perception of professionals in the institutions surveyed. One hundred and ten valid questionnaires were returned. A quantitative method was used to analyze the data employing confirmatory factor analysis and structural equation modeling with the estimation of PLS-PM (Partial Least Squares-Path Modeling). Among the contributions of this work the following stand out: development and validation of a scale to measure the learning stock at the network level (inter-organizational), translation and validation of a scale to measure learning stocks and flows and modeling of inventories as a second-order latent variable to eliminate multicolinearity problems in the structural model. The five hypotheses were confirmed in that the misalignment between learning stocks and flows have a negative impact in the performance of institutions, whereas the learning stocks have a positive impact on performance which explains 78% of the variance of the perceived performance. These results confirm the results of the original research into the application of the 4I Learning model and the Strategic Learning Assessment Map (SLAM) and of the integrated approach to learning stocks and flows which occur within the organizations and in their relationships with their environs. It is also a contribution to the research on, study and practice of organizational learning in Brazil. The results also indicate that there should be an alignment between learning flows and existing learning stocks in the pursuit of continuous and organized renewal.
Palavras-chave: aprendizagem organizacional;  níveis de aprendizagem;  estoques de conhecimento;  fluxos de conhecimento;  modelagem em equações estruturais;  organizational learning;  levels of learning;  knowledge stocks;  knowledge flows;  structural equation modeling
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/514
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12229
Data de defesa: 27-Ago-2010
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/514/1/Silvia%20Maria%20Fernandes%20Almeida%20de%20Valentin.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Dissertações - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.