Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12216
Tipo do documento: Tese
Título: Governança corporativa e desempenho : um estudo em cooperativas de crédito no Brasil
Autor: Silva, Anaor Donizetti Carneiro da
Primeiro orientador: Nakamura, Wilson Toshiro
Primeiro membro da banca: Basso, Leonardo Fernando da Cruz
Segundo membro da banca: Corrar, Luiz João
Terceiro membro da banca: Marçal, Emerson Fernandes
Quarto membro da banca: Kayo, Eduardo Kazuo
Resumo: Esta tese tem como objetivo verificar, se as boas práticas de governança corporativa influenciam no desempenho das Cooperativas de Crédito no Brasil, por meio da análise das demonstrações contábeis e de uma pesquisa estruturada. No decorrer da pesquisa, diante dos dados disponíveis nos limitamos, num primeiro momento, a estabelecer os fatores determinantes do desempenho das cooperativas de crédito analisadas utilizando como variável dependente as “sobras” e das variáveis independentes que apresentaram maior grau de significância como o patrimônio liquido, o ativo permanente, as operações de crédito e arrendamento mercantil, as receitas operacionais, as receitas de prestação de serviços e as despesas administrativas. Este segmento tem se caracterizado, nos últimos anos, pelo crescimento e pela mudança no seu perfil e estão entre as instituições financeiras menos estudadas. Além disso, vem sofrendo mudanças normativas importantes pelo Banco Central que objetiva evitar o conflito de agência e aumentar a participação das cooperativas de crédito no Sistema Financeiro Nacional. No cooperativismo de crédito os sócios são dispersos e têm pouco benefício em acompanhar de perto a atuação do gestor onde os gestores têm interesses diversos dos sócios, tais como propensão a risco e retorno esperado dispondo de mais informação sobre a organização. O cooperativismo de crédito tem sido um elemento propulsor da economia, preenchendo espaços não ocupados pelas instituições financeiras tradicionais em resposta ao fenômeno mundial da concentração promovendo o desenvolvimento econômico e social das comunidades onde atuam assegurando a manutenção de empregos nas comunidades e a oferta de produtos e serviços adequados às necessidades locais. Para a coleta das informações quanto ao porte e ao nível de governança utilizamos um questionário, cujas questões objetivaram verificar a existência dos itens estruturais que compõem uma base mínima para a existência da governança corporativa. A inspeção dos dados indicou um painel de dados dinâmico modelo Arellano-Bond, com estimação em dois passos, utilizando as variáveis independentes como instrumentos, com uma defasagem. Utilizamos uma amostra com 2.480 observações, para um intervalo de tempo de 5 anos, compreendendo o período de 2010 a 2014, num total de 742 cooperativas, com omissões de informações caracterizando um painel desbalanceado. Os dados das cooperativas foram segmentados para os testes de robustez do modelo considerando a amostra completa, as cooperativas com o PL menor que R$ 1 milhão; entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões; entre R$ 10 milhões e R$ 100 milhões; acima de R$ 100 milhões e com a amostra balanceada que se referiu somente às cooperativas com informações para todos os anos. O trabalho contribuiu para a aplicação de metodologia apoiada em painel dinâmico para análise possibilitando a identificação dos fatores determinantes do desempenho das cooperativas a partir das variáveis estabelecidas.
Abstract: This thesis aims to determine if the good corporate governance practices influence the performance of Credit Unions in Brazil, through the analysis of financial statements and a structured search. During the search, given the available data that limit ourselves, at first, to establish the determinants of performance of credit unions analyzed using as dependent variable the "leftovers" and the independent variables with greater degree of significance as equity the fixed assets, credit and leasing operations, operating revenues, revenues from services and administrative expenses. This segment has been characterized in recent years by growth and change in its profile and are among the least studied financial institutions. Moreover, it has undergone major regulatory changes by the Central Bank that aims to prevent the agency conflict and increase the participation of credit unions in the financial system. The credit union members are dispersed and have little benefit in closely monitor the manager's performance where managers have different interests of members, such as propensity to risk and expected return providing more information on the organization. The credit union has been an element driver of the economy, filling spaces not occupied by traditional financial institutions in response to the global concentration phenomenon promoting economic and social development of the communities where they operate ensuring the maintenance of jobs in the communities and the provision of goods and services tailored to local needs. To collect information on the size and the level of governance we used a questionnaire, whose questions aimed to verify the existence of structural items that make up a minimal basis for the existence of corporate governance. The inspection of the data indicated a dynamic panel data Arellano-Bond model estimated in two steps, using the independent variables as instruments, with a lag. We used a sample unbalanced panel of 2,480 observations from 2010 to 2014, a total of 742 cooperatives. Data from cooperatives were targeted for model robustness check considering the full sample, the co-operatives in PL less than R $ 1 million; between R $ 1 million and R $ 10 million; between R $ 10 million and R $ 100 million; above R $ 100 million and the balanced sample that referred only to cooperatives with information for each year. The work contributed to the literature by implementaring a specific methodology supported in dynamic panel for analysis and by identifying the factors determines the performance of cooperatives from the set of variables.
Palavras-chave: cooperativas de crédito;  governança corporativa;  conflito de agência;  risco;  desempenho
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA)
Programa: Administração de Empresas
Citação: Silva, Anaor Donizetti Carneiro da. Governança corporativa e desempenho : um estudo em cooperativas de crédito no Brasil. 2015. [169 f.]. Tese (Administração de Empresas) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, [São Paulo] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2804
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12216
Data de defesa: 9-Nov-2015
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2804/5/Anaor%20Donizetti%20Carneiro%20da%20Silva.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Teses - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.