Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12162
Tipo do documento: Tese
Título: A dignidade no trabalho como parte do processo humano de vir a ser o que se é
Autor: Adler, Claudia Segadilha
Primeiro orientador: Teixeira, Maria Luisa Mendes
Primeiro membro da banca: Brunstein, Janette
Segundo membro da banca: Dias, Sonia Maria Rodrigues Calado
Terceiro membro da banca: Saeta, Beatriz Regina Pereira
Quarto membro da banca: Araujo, Bruno Felix Von Borell de
Resumo: A pesquisa atual em dignidade trata de seus aspectos universais e particulares. Mais especificamente no contexto do trabalho, esses dois aspectos são abordados a partir de questões legais, das demandas de mercado, vicissitudes de certas carreiras e situações abusivas. Neste estudo, além de trazer essas duas facetas do conceito, levanta-se seu terceiro aspecto: o singular. A dignidade é tratada também como uma vivência, parte do processo humano fundamental de vir a ser. Por esse motivo, objetivo geral da pesquisa é compreender como a dignidade, enquanto processo de vir a ser o que se é, é vivenciada no ambiente de trabalho. Para alcançá-lo, foram entrevistados 20 professores universitários e empregada a fenomenologia compreensiva, abordagem que permite a compreensão de fenômenos humanos intersubjetivos. Pertinente a esse olhar, utilizou-se um método de análise emergente, que permitiu vislumbrar as relações entre os processos vivenciais a partir dos dados. Foi identificada uma profunda e imbricada relação entre o processo de vir a ser (tornar-se quem se é), a vivência da docência e a vivência da dignidade. Do processo de tornar-se foi compreendido que o tipo de pessoa manifesto relaciona-se com a finalidade de vida buscada.E esta com a escolha por, e forma de, praticar a docência, que leva a uma maneira personalizada de exercer a docência e à percepção de encontrar a si mesmo nessa atividade.Nessa experiência, realizadora de si a partir do trabalho docente, há a vivência de dignidade.Dignidade essa dotada de diversos sentidos. E toda essa experiência vivencial é situada, ou seja, aberta à realidade circundante. Com isso, diversas questões de gestão são discutidas,apontando-se para a construção de espaços de trabalho em sintonia com os elementos do processo de tornar-se quem se é de suas pessoas. É essa sintonia que viabiliza as experiências de realização e de dignidade, que podem gerar bons desempenhos, pois ali a pessoa pode concretizar sua finalidade de vida. Contudo, o respeito é parcela sine qua non de toda essa proposta.
Abstract: Current research about dignity deals with universal aspects and particular aspects. In the work environment, more specifically, theses two aspects are treated as legal issues, market demands, particularities of certain careers and abusive situations. In this study, along with these two aspects of dignity, a third aspect is brought up: the singular one. Dignity is also taken as an experience of life, part of the core human process of Becoming. Hence, the main objective of this research is to understand how dignity, as a process of Becoming, is lived in the work environment. The comprehensive phenomenology was used to achieve it, because this approach allows understanding inter subjective human phenomena, and 20 professors were interviewed. The methodology used is emergent, what is consonant with these approach.It began with the description of the phenomena brought up in the interviews, than identified meaning fragments, the relationship between these meaning fragments (polithetic synthesis),the relationship between the polithetic synthesis (superior polithetic synthesis) and got to identify typifications (monothetic synthesis). So, as a way to resume the relationships found the movement of continuous exchanges it entails, were drawn figures to show such a dynamic. The interviews showed a deep and imbricated relationship between the process of becoming , the lived experience of teaching and the lived experience of dignity. The data showed that in the process of Becoming, the life goal is oriented by the type of person. This goal relates to the choice of being a professor and the way a person teaches, what shows a personalized way of teaching and leads to the perception of finding herself in the academic career. In such a self achieving experience, dignity is also lived. Still, dignity has many meanings. And all of this lived experience is situated in a larger context and exchanges with it. So management issues are discussed, pointing out to the possibility of building workplaces linked to the elements of the workers' process of Becoming. This link allows the experience of self achievement and dignity, which brings good performance. Nonetheless, respect is a sine qua non part of this workplace building.
Palavras-chave: dignidade;  trabalho;  vir a ser.;  dignity;  work;  workplace;  becoming.
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/812
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12162
Data de defesa: 21-Nov-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/812/1/Claudia%20Segadilha%20Adler.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Teses - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.