Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12155
Tipo do documento: Tese
Título: Ambiente de trabalho de aprendizagem contínua em organizações de desenvolvimento de software: um estudo em empresas que implantaram o modelo Melhoria de Processos do Software Brasileiro (MPSBR)
Autor: Fonseca, Letícia Rodrigues da
Primeiro orientador: Bido, Diógenes de Souza
Primeiro membro da banca: Godoy, Arilda Schmidt
Segundo membro da banca: Brunstein, Janette
Terceiro membro da banca: Souza, Cesar Alexandre de
Quarto membro da banca: Barroso, Antonio Carlos de Oliveira
Resumo: O mercado brasileiro de software e serviços tem crescido consideravelmente nos últimos anos. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES, 2011), o Brasil ocupa a décima primeira posição no cenário mundial, movimentando 19,04 bilhões de dólares, o equivalente a 1,0% do produto interno bruto (PIB) brasileiro; desse total, 6,74 bilhões referem-se à produção de software, o que representa 2,2% do mercado mundial. Contudo, a concorrência acirrada manifesta-se na mesma proporção das oportunidades. Os softwares nacionais competem entre si e com aqueles provenientes de outros países, pelo fato de ainda não existirem muitas barreiras ou restrições legais contra a comercialização de produtos internacionais (TONINI et al, 2008). Esse setor é ainda caracterizado pela evolução em ritmo acelerado, o que ocasiona mudanças frequentes relacionadas aos produtos, serviços, processos e à própria tecnologia (MAURER et al, 2002; NIASI, 2009). Portanto, acredita-se que seja fundamental para as Organizações de Desenvolvimento de Software (ODSs) instituir um ambiente de trabalho que apóie o aprendizado contínuo, para lidar com os desafios da nova economia e manterem-se competitivas no mercado. Diante desse contexto o presente estudo propõe-se a compreender como ocorre a aprendizagem contínua no ambiente de trabalho de ODSs que implantaram o MPSBR e identificar quais de seus aspectos favorecem a aprendizagem individual e coletiva. Para isso, realizou-se uma pesquisa de abordagem qualitativa do tipo multicaso em quatro ODSs, sendo três classificadas no Nível C e uma no nível F. Utilizou-se como método de coleta de dados a entrevista semi-estruturada. Entrevistaram-se os indivíduos envolvidos no processo de desenvolvimento dos softwares e os representantes do grupo responsável pela implantação do MPSBR. As análises foram realizadas por meio do software para análises qualitativas Weft_QDA que permitiu, a partir da transcrição das entrevistas, o estabelecimento de categorias analíticas para os construtos e a verificação de relações entre as suas categorias. Ao final, foi possível compreender como o MPSBR pode contribuir para o estabelecimento de um processo de software de qualidade e a um custo acessível, compreender como o MPSBR pode incentivar a aprendizagem contínua por meio de suas premissas e entender como os desenvolvedores dessas empresas aprendem no nível individual e coletivo.
Abstract: The Brazilian market for software and services has grown considerably in recent years. According to the Brazilian Association of Software Companies (ABES, 2011), Brazil occupies the eleventh position on the world stage, moving 19.04 billion dollars, equivalent to 1.0% of gross domestic product (GDP), this total, 6.74 billion refer to software production, representing 2.2% of the world market. However, fierce competition manifests itself in the same proportion opportunities. The national software compete with themselves and with those from other countries, because there are not yet many barriers or legal restrictions against marketing of international products (TONINI et al, 2008). This sector is still characterized by evolving at a rapid pace, which causes frequent changes related to products, services, processes and technology itself (MAURER et al, 2002; NIASI, 2009). Therefore, it is believed to be fundamental for Software Development Organizations (ODSs) create a work environment that supports continuous learning to cope with the challenges of the new economy and remain competitive in the market. In this context, this study aims to understand how learning occurs continuously of ODSs that have deployed MPSBR and identify which of its aspects favor the individual and collective learning. By this, we carried out a qualitative study of type multicase in four ODSs three classified at Level C and a level F. It was used as a method of data collection to semi-structured interview. We interviewed individuals involved in software development and representatives of the group responsible for the implementation of MPSBR. The analyzes were performed using software for qualitative analyzes that allowed Weft_QDA from the transcript of the interviews, the establishment of analytical categories for the constructs and verifying relationships between their categories. By the results was possible to understand how MPSBR can contribute to the establishment of a software process quality and affordable, understand how MPSBR can encourage continuous learning through their assumptions and developers understand how these companies learn at level individual and collective.
Palavras-chave: ambientes de trabalho de aprendizagem contínua;  aprendizagem individual;  aprendizagem coletiva;  organizações de desenvolvimento de software;  modelo de Melhoria de Processos de Software Brasileiro (MPSBR);  work environments of continuous learning;  self learning;  collective learning;  software development organizations;  model of Process Improvement of Brazilian Software (MPSBR)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Citação: FONSECA, Letícia Rodrigues da. Ambiente de trabalho de aprendizagem contínua em organizações de desenvolvimento de software: um estudo em empresas que implantaram o modelo Melhoria de Processos do Software Brasileiro (MPSBR). 2013. 229 f. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/805
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12155
Data de defesa: 19-Fev-2013
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/805/1/Leticia%20Rodrigues%20da%20Fonseca.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Teses - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.