Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12152
Tipo do documento: Tese
Título: A capacidade de absorção e as orientações associadas à exploração (exploration) e à explotação (exploitation) do conhecimento organizacional: uma análise em empresas de palmas/TO
Autor: Nunes, Suzana Gilioli da Costa
Primeiro orientador: Popadiuk, Silvio
Primeiro membro da banca: Bido, Diógenes de Souza
Segundo membro da banca: Sanchez, Otávio Próspero
Terceiro membro da banca: Marcondes, Reynaldo Cavalheiro
Quarto membro da banca: Stal, Eva
Resumo: Esta tese envolveu três construtos da área de estratégia organizacional: exploração, explotação e capacidade de absorção do conhecimento organizacional. O objetivo principal foi avaliar o grau de associação entre exploração e explotação e a capacidade absorção. Para atingir esse objetivo principal, foram formulados três outros, de caráter secundário, referentes aos três construtos envolvidos na pesquisa. A partir disso, doze objetivos específicos e duas hipóteses foram enunciadas. Para o atingimento dos objetivos gerais e específicos desta tese foi desenvolvida uma pesquisa de caráter quantitativo, tendo como nível de análise cem empresas pertencentes aos setores de comércio e de serviços, localizadas na cidade de Palmas, Estado do Tocantins. Os informantes consistiram em gestores que trabalhavam nessas empresas. O questionário aplicado envolveu a utilização de duas escalas. Uma para a mensuração das orientações para exploração e explotação, desenvolvido por Popadiuk (2012) e a outra escala foi referente à mensuração da capacidade de absorção do conhecimento, desenvolvida por Matusik e Heeley (2005). As análises estatísticas relativas aos objetivos foram de caráter descritivo. Para a verificação das duas hipóteses a técnica utilizada envolveu a Modelagem de Equações Estruturais, mediante o software PLS-PM. Como os conceitos de exploração e explotação foram baseados na proposta de Popadiuk (2012) que é traduzida por seis dimensões: práticas de conhecimento organizacional, práticas de inovação, foco estratégico, competição, parcerias e eficiência; daí, originaram-se seis objetivos específicos. Já o conceito de capacidade de absorção ficou traduzido por quatro objetivos específicos, tendo em vista que uma das dimensões envolvia duas outras, menores. Os resultados demonstraram que as empresas pesquisadas possuem orientação para explotação. Já em relação à capacidade de absorção, as empresas possuem alto grau de predominância de relacionamento com o ambiente, rotinas e procedimentos e conhecimento público. Entretanto, apresentaram baixo grau no que se refere às habilidades individuais. Quanto ao terceiro objetivo, que trata da associação entre os dois construtos, os resultados demonstraram que, pela análise, mediante a modelagem de equações estruturais, pode-se identificar que o modelo de mensuração adotado foi adequado em termos de sua validade convergente e validade discriminante. As duas hipóteses foram confirmadas. A capacidade de absorção do conhecimento apresentou um coeficiente de explicação para exploração e para explotação, caracterizados como significantes ao nível de 1%. A capacidade de absorção influencia mais a orientação para exploração do que para explotação dado que coeficiente entre exploração e capacidade de absorção foi maior do que o coeficiente identificado entre explotação e capacidade de absorção.
Abstract: This thesis involved three constructs in the area of organizational strategy, exploration, exploitation and carrying capacity of the organizational knowledge. The main objective was to evaluate the degree of association between exploration and exploitation and absorption capacity. To achieve this main objective, it was formulated three others, the secondary character, for the three constructs involved in the research. From this, twelve specific goals and two hypotheses were stated. For the achievement of general and specific objectives of this thesis it was developed a quantitative research study, with the level of analysis one hundred companies within the sectors of trade and services, located in the city of Palmas, Tocantins State. The respondents consisted of managers working at these companies. The questionnaire was developed using two scales. One for the measurement of the guidelines for exploration and exploitation, developed by Popadiuk (2012) and the other on the scale was measuring the absorption capacity of knowledge developed by Matusik and Heeley (2005). Statistical analyzes were related to the objectives of descriptive character. To verify the two hypotheses the technique involved the Structural Equation Modeling using software PLS-PM. As the concepts of exploration and exploitation were based on the proposed Popadiuk (2012) which is translated by six dimensions: practices of organizational knowledge, practices, innovation, strategic focus, competition, partnership and efficiency, hence originated six specific objectives. Since the concept of absorption capacity was translated by four specific objectives, in order that one of the dimensions involved two other smaller. The results showed that the companies surveyed have guidance for exploitation. In relation to absorptive capacity, firms have a high degree of predominance of relationship with the environment, routines and procedures and public awareness. However, showed low level in relation to individual abilities. The third goal, which is the association between the two constructs, the results showed that the analysis by structural equation modeling, we can identify the measurement model used was adequate in terms of its convergent validity and discriminant validity . Both hypotheses were confirmed. The absorption capacity knowledge showed a coefficient for explaining operation and exploitation, characterized as the significant level of 1%. The absorption capacity of more influence than the operation guidance for exploitation as ratio between operating and absorption capacity is greater than the coefficient of exploitation identified and absorption capacity.
Palavras-chave: exploração;  explotação;  capacidade de absorção do conhecimento;  PLS-PM;  exploration;  exploitation;  absorptive capacity of knowledge;  PLS-PM
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Sigla da instituição: UPM
Departamento: Administração
Programa: Administração de Empresas
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/802
http://dspace.mackenzie.br/handle/10899/12152
Data de defesa: 20-Set-2012
metadata.dc.bitstream.url: http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/802/1/Suzana%20Gilioli%20da%20Costa%20Nunes.pdf
Aparece nas coleções:Administração de Empresas - Teses - CCSA Higienópolis

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.